Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Informador

18
Ago20

Anonimato negativo

21563818_74fhF.jpeg.jpg

 

Vamos lá ver se os anónimos desta vida deixam de chatear com um chamamento mais alargado e exposto sobre um dos comentários que surgiram por estes dias e que passo a citar. 

"Se diz "gostava de voltar a viajar", é um assunto privado seu. O que faz na sua vida privada, é um assunto seu e assim não percebo porque devemos saber isto. Parece que agora devemos saber "tudo" o que não tem interesse, preocupante!", isto como comentário ao texto Gostava de voltar a viajar, que publiquei por estes dias. Respondi claro, e como podem ver, mas de facto fiquei sem perceber a razão deste anónimo sem rosto se querer manifestar com picardias deste estilo quando nem consegue dar a cara pelas suas palavras. 

Perante este comentário que me foi deixado no texto tenho a dizer e quero perceber até que ponto concordam comigo. O Informador é um blog pessoal, certo? Num espaço online que é meu e onde sempre mostrei partilhar o que quero e bem entendo tenho o direito de escrever e publicar o que bem me passa pela cabeça e acho razoável e aceitável, quando e como quero, certo? Posto isto, qual o motivo deste e de outros anónimos da vida aparecerem para criticarem quando somente podem não ler, deixar de seguir e desaparecerem das redondezas se não gostam do que lhes aparece pela frente?

Não entendo o quanto estes seres negativos tanto abundam pelas nossas páginas, nisto de blogs e redes sociais, somente para tentarem espalhar alguma da sua azia na vida com quem se sente bem com a sua. Os anos passam e os que têm problemas em assumir as suas palavras e pensamentos continuam a deambular por estes meios. 

Anónimos queridos, podem sempre responder a este texto onde vos deixo com várias questões de identidade. Qual a razão de se esconderem e nem se apelidarem para passarem de Anónimo a um nome que comece a ser conhecido pelos outros para vos identificarmos, mesmo que de forma negativa? O que vos leva a comentar de forma rancorosa e com sete pedras na mão constantemente? Sei que sem se identificarem tudo é mais fácil, mas por vezes existem formas de vos poder identificar, sabem disso, certo? Existem expressões muitas usadas por certos indivíduos, ou mesmos os seus IPs que acabam por vos associar a um nome ou local. Será que se ganharem rosto conseguem ser também tão desagradáveis? Pergunto-vos e gostaria de obter, mesmo que anonimamente, claro, as vossas respostas para tentar entender o que vai na mente de cada Anónimo neste momento.

Aos outros, os seres comuns e sociáveis, peço claro, um comentário sobre os Anónimos que vos têm aparecido pela frente ao longo dos anos. O que não devem faltar são histórias deste estilo por ai!

27 Comentários

Comentar post