Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Ai, que me custa!

16
Abr19

despertador.jpg

Uma verdade é esta! Ir trabalhar cedo é bom porque também mais cedo consigo regressar para casa, mas habituar-me a não entrar logo às 09h00 tem feito com que acorde sem despertador e muito mais bem disposto. Quando é necessário acordar cedo e com o telemóvel a servir de alarme, eis que a má disposição matinal ataca para ficar em modo Gru, o Maldisposto. 

Eu, que até gosto, de chegar cedo a casa, estou a ficar cada vez mais habituado a aproveitar a manhã, acordando sem horário certo, fazendo o que tenho a fazer com calma e depois seguir para o trabalho mas já bem acordado. Entro mais tarde mas saio também mais tarde, o que me prende a fazer alguma coisa ao serão, mas não se pode ter tudo não é?

Tenho mesmo notado que acordar pelas 08h00 com o despertador esquizofrénico a tocar deixa-me em estado «ok, lá me tenho de levantar», precisando nesses dias de ficar parado uns minutos, levantar com calma e a desejar que ninguém fale logo pelos primeiros minutos para me despachar mais rápido e seguir viagem. Depois pelo caminho acabo de acordar e o dia lá corre melhor com o pensamento do «cedo erguer dá saúde e faz crescer» a ser substituído pela ideia de que quanto mais cedo começo mais cedo fico livre. 

Acho que o meu mal está mesmo no despertador que acaba por atormentar o cérebro no momento em que começa a dar o seu alarme para me acordar de um sono, sem sonhos, mas de descanso! Maldito despertador!