Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

05
Mai13

Adoro quando me dão razão

É difícil um teimoso teimar sozinho, por isso são necessários pelo menos dois para uma teima ser bem constituída. Quando uns momentos depois me dão razão, fico todo contente, mas não o demonstro, acho eu...

Quando insisto em determinada coisa é porque sei que estou certo no que estou a dizer, mas depois como quem me mostra o contrário é tão insistente ou começo a ficar cansado do assunto, deixo que o tema desapareça e fica tudo por ali. Umas horas ou mesmo dias depois chegam-se ao pé de mim e dão-me os «Parabéns!» por ser eu o dono da teoria certa. 

Irra, que bom, finalmente perceberam que eu é que sabia como as coisas eram e não os outros. Fico contente, mas não o digo! Se eu vinco o que penso é porque estou convicto que a razão está do meu lado e não da dos outros, né? Pois, dêem-me logo razão e pronto, ficam os assuntos logo fechados!