Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

29.09.14

Adeus Seguro! Olá Costa!


O Informador

Terminaram as Primárias do PS e nenhuma surpresa aconteceu! António Seguro foi de vela pelos votos e acabou por se demitir da liderança do partido! Já Costa aparece com toda a força, aquela que os seus apoiantes demonstraram nos votos entre os dois candidatos para a liderança do partido socialista!

Não tenho nenhuma preferência partidária, tendo votado talvez umas três ou quatro vezes desde que passei para a fase adulta, no entanto sempre optei por partidos diferentes, apoiando mais as pessoas que o símbolo e o que acabam por defender historicamente. Não defendo nenhum grupo partidário mas nestas primárias estive sempre do lado de Costa! Primeiro porque desde a queda de José Sócrates, naquele serão de eleições em que Passos Coelho vence e Seguro desce do quarto de hotel para se afirmar como o futuro do PS, a sua atitude logo deixou muito a desejar. Depois porque ao longo deste tempo em que sempre se mostrou contra o Governo, nunca conseguiu mostrar opções e ser a própria opção! Conseguiu criticar, conseguiu dizer que não se devia fazer da forma como algo foi feito, só que alterações e sugestões nunca foram dadas, sendo um rosto nulo no combate ao partido que está no poder.

Seguro sempre foi fraco, nunca foi um rosto que cativasse e agora sai de cena, sem deixar qualquer saudade, para mais depois da cobardia dos últimos dias com os debates frente a António Costa onde o pessoal passou o rosto político e mais uma vez o passado contou mais para a sua segurança do que o futuro que mostra que por Seguro não podia passar por não existirem alternativas consistentes!

Costa é o futuro do partido, muito melhor preparado para ir a eleições pelo próximo ano, estando no poder com uma maior facilidade e agilidade que o seu até aqui adversário. Passos Coelho deverá ser o candidato PSD com a finalidade de dar continuidade ao trabalho feito até aqui, no entanto agora já não terá um nulo Seguro pela frente, tendo um Costa bem seguro de si e capaz de vencer com a facilidade com que antes o partido não conseguiria sequer sonhar!

As primárias do PS terminaram quase sem qualquer surpresa, não fosse a grande diferença percentual entre os dois candidatos destacar-se de forma tão clara! O futuro está aí e o passado já lá vai!