Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O que escrever nas férias?

Estar de férias também parece significar ficar com os pensamentos bloqueados para que o cérebro consiga descansar, tal como o corpo! Em férias a hora de deitar é livre e para levantar só mesmo quando a claridade do dia começa a incomodar a permanência na cama de olhos cerrados. Na escrita as coisas parecem semelhantes e no centro de uma aldeia alentejana, onde a internet não abunda como por casa, a vontade de partilhar novos e atualizados textos parece estar também «em modo (...)

Rótulos poéticos

Alguma vez haviam reparado nos rótulos das garrafas de vinho branco, tinto ou verde? Pois reparem e pensem em quantos poetas não existem espalhados por este país fora em busca da perfeição das palavras para que um simples rótulo de vinho fique tão inspirador como o líquido que é pretendido fornecer ao consumidor. Verdadeiros poetas do vinho que se inspiram em todo o mundo vinícola que os rodeia. O vinho com tão bom gosto, ácido ou doce, frutado ou seco, forte ou suave, é (...)

Sobe balão, sobe inspiração!

Neste serão sinto-me ligeiramente inspirado! Talvez precisasse de um descanso, de uma pausa só para mim! Depois de um dia bem cansativo e pesado de trabalho, descansei nas últimas horas e acredito que as baterias estão recarregadas. O «Sobe, sobe, balão sobe» da Manuela Bravo foi simplesmente a música que me surgiu na cabeça, sabe-se lá por que carga de água! ( Ver mais... )

Sem inspiração!

Será do tempo que se tem feito sentir?? Será da falta de horas vagas para me poder dedicar com maior abundância? Será de mim ou de tudo? Falo da falta de inspiração que tenho sentido pelos últimos dias para partilhar textos mais virados para os pensamentos e opiniões de vida! Chego a casa meio cansado, ando mais molenga e somente com vontade de deitar-me e cochilar por umas boas horas seguidas sem ter de pensar em nada, muito menos tentar criar um texto pormenorizado contra a (...)