Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

24
Abr14

O ressuscitar de Leonor Poeiras

| O Informador

Leonor Poeiras já foi um dos rostos de destaque da TVI, no entanto ao longo dos últimos anos a apresentadora foi relegada para segundo plano por decisões da direcção e talvez também por alguma vontade própria. Agora, e desde o último trimestre de 2013, o canal tem feito de tudo para ressuscitar a sua apresentadora e o trabalho de casa tem sido visível!

Com o regresso a acontecer através da apresentação do Extra de Casa dos Segredos nos últimos meses do ano, a apresentadora prepara-se agora para a partir de Maio ser a apresentadora, ao lado de Pedro Teixeira, da grande aposta de Domingo à noite da TVI, Rising Star. Como tal e porque é necessário mostrar Leonor ao público para que este volte a estar do seu lado, a sua presença tem sido cada vez mais constante nos programas que vão para o ar diariamente. Ora apresenta as tardes de Domingo, ora é entrevistada por Cristina Ferreira, aparece em reportagens informativas, faz provas culinárias pelo MasterChef, mostrando trabalho e serviço a pensar no que está a ser preparado para os próximos tempos.

A atual direcção da TVI percebeu a tempo que a Leonor é uma das melhores apresentadoras nacionais e tem conseguido ressuscitar o seu sucesso junto dos telespectadores que aos poucos foram deixando de ver o seu rosto no ecrã do canal. A Poeiras não pode estar afastada da caixinha mágica assim por tanto tempo como aconteceu e agora tem mostrado que é em televisão que sabe bem trabalhar e onde todos a querem ver!

Espero que este regresso seja para valer e não marcado como um evento especial de poucos meses porque a lourinha é gira, tem talento, espontaneidade e mostra o seu profissionalismo em tudo o que apresenta. É das melhores e não pode ser relegada para segundo plano em detrimento de quem sonha e não consegue ser uma mais valia!

Um ressuscitar televisivo à muito esperado e que vale bem a pena! Eu gosto!

30
Mar14

A casa de Marisa

| O Informador

Marisa Cruz2Existem frases de gente famosa que deixam qualquer um com vontade de rir e a Marisa Cruz é um dos casos vip que por vezes deixa escapar palavras que se tornam alvo de comentários que podem gerar risota, como é este o caso.

Ao folhear uma revista semanal com citações deparei-me com esta «A TVI é a minha casa», proclamada numa entrevista a uma outra publicação por Marisa Cruz, o antigo rosto do Euromilhões. A questão que me apareceu desde logo foi... Mas será que se a TVI é a casa profissional da ex-mulher de João Pinto, esta só vai à sua moradia de longe a longe como se fosse uma visita ou um familiar mais próximo?

A Marisa não tem acordo contratual que a segura à estação por tempo definido, trabalhando pelos produtos que apresenta, só é chamada esporadicamente para ir liderando alguns programas onde os apresentadores vão rodando e não estão definidos, não tem sido uma aposta segura da direcção e somente serve como uma beldade que tapa buracos quando as outras apresentadoras estão ocupadas, estando assim no ar uma ou duas vezes por mês. É certo que Marisa Cruz está há anos na TVI e já é um rosto do canal, mas daí a dizer que o mesmo é a sua casa, vai uma grande diferença! Ela pode sentir-se bem onde está e com as pessoas com quem trabalha, mas não tem um vínculo que a una à estação, a não ser os anos de ligação que têm sido mantidos entre ambos.

Marisa, uma casa é onde as pessoas habitam e são vistas praticamente todos os dias, e neste caso parece-me mais que a TVI é para a apresentadora como uma moradia de férias ou onde são passados alguns fins-de-semana de longe a longe!

Uma frase pode ter mil significados e esta é uma delas, pelo menos dois teve, o de quem a proferiu e o meu!

28
Fev14

Mais Vistos de Fevereiro

| O Informador

Fevereiro, um mês que ficou marcado pelo mau tempo que se fez sentir em todo o país, tendo provocado estragos de Norte a Sul, pelo Dia dos Namorados, a minha viagem em trabalho à zona do Porto, a fraca leitura de bons livros d' O Informador, e também o melhor do blogue, em termos de visitantes e de reacções! Nestes 28 dias muita coisa boa e assim-assim aconteceu pela minha vida, mas aqui por esta casa online tudo continuou de forma ascendente e até os textos mais vistos continuaram na luta por um lugar no top final que agora revelo!

  1. O Beijo do Escorpião – Estreia TVI
  2. Passatempo – Vénus de Vison
  3. Passatempo – Uma Noite em Casa de Amália
  4. Passatempo – Numa Folha Leve e Livre
  5. Passatempo – Grande Revista à Portuguesa [14ªEdição]
  6. Passatempo – Grande Revista à Portuguesa [13ªEdição]
  7. Vencedor do Passatempo – Numa Folha Leve e Livre
  8. A vida de Dora
  9. Grande Aventura dos Livros Grátis da Presença!
  10. As críticas ao Somos Portugal

Antes de mais não posso deixar escapar o primeiríssimo lugar com o texto onde dei primazia à estreia da mais recente novela da noite da TVI, O Beijo do Escorpião. Comentei o primeiro episódio da trama e tal opinião tem conquistado os leitores que dia após dia têm colocado este texto pelo top dos mais vistos, tendo-o elegido assim como o mais lido em Fevereiro. Depois, os passatempos que em Fevereiro andaram entre o teatro e os livros e que continuam a ser um dos destaques d' O Informador! Do estrelado ao McDonald's deu o mote para comentar a recente vida da cantora Dora, tendo ainda tempo para falar das críticas que tenho visto ao programa Somos Portugal que tal como acontece com os reality shows, todos falam e afirmam não ver mas o que é certo é que o popularucho formato pimba continua a reinar nas tardes televisivas de Domingo. Um top dez um pouco fora do comum, já que todos os textos foram publicados ao longo do mês de Fevereiro, deixando as velhas glórias que costumam constar na lista para trás!

Obrigado pela subida de visitantes e cliques e espero que quem conheceu O Informador ao longo deste mês continue a marcar presença neste meu blogue! Até já!

17
Fev14

As críticas ao Somos Portugal

| O Informador

A TVI começou há quase dois anos a transmitir aos Domingos o programa Somos Portugal, tendo rapidamente conseguido alcançar a liderança nas tardes da televisão generalista nacional, fazendo até com que a RTP cria-se um programa semelhante para o Sábado e a SIC ataca-se também com uma cópia imperfeita como concorrência direta ao formato do canal de Queluz. Desde o arranque do Somos Portugal que muitas criticas pelas redes sociais e fóruns têm surgido acerca do mesmo ser opção por parte da direcção do canal por ter sido retirado do ar o cinema que transmitia para colocar festas pimba. A questão que lanço aqui é... Se este produto é líder e quem gosta de bons filmes e séries opta pelos canais de cabo, qual a razão de tanta crítica a um formato vencedor?

O Somos Portugal é líder absoluto, sem oscilações e sem concorrência à altura desde as primeiras emissões, tornou-se um produto bem rentável no que toca aos valores que o canal alcança também a nível financeiro pelos valores avultados que as chamadas de participação no passatempo lhe dão, relançou novos rostos na apresentação que agora são acarinhados pelo público, tem apoiado a música nacional. Então o que fazer? Quando um formato não resulta mais cedo ou mais tarde o mesmo é retirado da grelha do canal onde é aposta, mas se isto é sucesso, já se tornou num hábito do público, soma bons resultados dentro e fora do ecrã, então qual a razão que levaria a optarem por o tirarem do ar para recolarem cinema que muitas vezes perdia audiências para os outros canais e que não lhes dava assim tanto lucro directo? Nenhuma mesmo!

O Somos Portugal começou bem, continua bem e pelo que sei tem estadia marcada nas tardes dominicais da TVI até pelo menos ao final de 2015, como tal, não vale a pena continuarem a criticar por este programa ser uma má aposta porque o mesmo irá continuar no ar e enquanto for líder e rentável não sairá tão cedo de antena nem mudará o estilo com que habitou os seus espetadores ao longo dos dois anos de emissões. Quem quer ver outras coisas tem os canais alternativos, a internet cada vez mais competitiva para com a caixinha mágica, bons livros para ler e mil e uma coisas para fazer!

O Somos Portugal é o programa do povo e tem sido isso que lhe tem garantido o sucesso, confirmando a ideia que defendo sobre o motivo que leva muitos a dizerem raios e coriscos sobre um formato que dizem não ver e depois o mesmo ter altos valores e essas mesmas pessoas saberem o que por lá aconteceu! Todos o vêem, mas poucos o admitem... Os portugueses são assim, um povo que adora esconder a sua realidade!

25
Jun13

Portugal em Festa, um erro!

| O Informador

Eu já tinha avisado antes da estreia de Portugal em Festa ter acontecido que esta aposta não era nada boa ideia e agora, após dois programas terem ido para o ar chega a confirmação de que a direcção da SIC deu um tiro no pé em ter retirado o programa Fama Show, as séries e o cinema das tardes de Domingo. Rita Ferro Rodrigues e José Figueiras não têm culpa, mas neste momento apresentam uma aposta flop nas tardes dominicais do canal.

A direcção do canal de Carnaxide quis apresentar nas suas tardes de Domingo um programa semelhante ao sucesso da TVI, Somos Portugal, no entanto é claramente visível que o seu público não é o mesmo do canal concorrente e que se por um lado os telespetadores da quatro gostam deste tipo de formatos em directo com animação, música e prémios, quem sintoniza habitualmente a três não vai na mesma onda e prefere ver ao fim-de-semana um bom filme ou um formato mais internacional.

É certo que na SIC luta-se para se conseguir roubar público à TVI, mas o que está a acabar por acontecer com este tipo de estratégia é que não rouba quem vê o Somos Portugal e ainda perde o público que tinha com as séries e cinema.

O Portugal em Festa teve a sua primeira emissão a 16 de Junho e perdeu para o concorrente mais directo, tendo até ficado atrás da oferta da RTP, agora e com a segunda edição do programa a ser transmitido os valores foram ainda piores e nem metade do resultado do programa apresentado por Iva Domingues e Nuno Eiró a Rita e o José conseguiram fazer.

E agora? Será que esta aposta furada vai mesmo continuar no ar até ao final de Agosto? É que os valores só estão a ficar piores do que um bom filme andava a fazer. Será mesmo necessário ser tão casmurro e continuar a querer dar festa aos portugueses quando estes não a querem ver?

A SIC tem um público que não gosta da cópia do Somos Portugal, eu percebi isso logo quando soube que este programa ia arrancar, mas quem gere a programação do canal só quer derrubar os outros e não pensa em quem está em casa diariamente a sintonizar a sua estação. Depois dá asneira!

19
Mai13

SIC erra com apostas pimba

| O Informador

A guerra pelas audiências televisivas não pára nem nunca parará, mas existem coisas que se têm que perceber pelas direcções que vão saltando pelos canais generalistas... O que resulta de um lado não tem obrigatoriamente que resultar no outro!

O caso que agora detecto é o da tentativa de Júlia Pinheiro e companhia quererem fazer da sua SIC uma TVI2. Não é que façam mal, uma vez que caminham atrás do adversário, que por sinal está em primeiro lugar há anos. O que está mal é a direcção da SIC, onde se encaixam Júlia e Gabriela Sobral, que saltaram de um canal para o outro há uns anos, não perceberem que o público alvo do seu atual canal não é o mesmo do da TVI. Se por Queluz as festas com música e palhaçadas resulta, já por Carnaxide isso não acontece e depois de várias tentativas, onde todas têm corrido mal, qual a razão de agora irem insistir mais uma vez com um programa semelhante ao Somos Portugal das tardes da concorrência para substituir as séries que são transmitidas ao Domingo à tarde no canal do grupo Impresa?!

A TVI é um canal que tem, desde que foi comandado por José Eduardo Moniz, um perfil mais popular, o que na SIC isso não acontece, sendo o público central desta estação o mais exigente. Existem apostas que podem ser praticamente iguais nos dois canais, mas os seus públicos por não serem os mesmos não aceitam comer também a mesma coisa. O que a SIC está a tentar fazer é ficar mais próxima do público da TVI, mas isso têm-lhe custado melhores números e o que é um facto é que se vão tirar as séries internacionais das tardes de fim-de-semana para as substituírem por um programa popular, então só vão piorar os resultados que têm feito. Não têm liderado, mas quando o novo programa começar a ir para o ar, os resultados vão ser ainda piores. Se os testes não correm bem, qual o pensamento de se apostar num formato próprio para um público que não gosta de ver cantores e palhaçada no seu canal de eleição?

Júlia tem um perfil popular e tinha óptimos resultados na TVI por este ser um canal mais popular também, mudou-se para a SIC, e os seus resultados caíram. Por ver o que lhe aconteceu com a mudança de canal já devia ter percebido que o que funciona de um lado, como ela própria, não tem obrigatoriamente que funcionar do outro.

Mais um tiro no pé que vai ser dado pelos lados de Carnaxide por se querer andar atrás de um canal do povo quando se tem um público mais de elite! A MediaCapital deve agradecer estas decisões estratégicas dos seus rivais!

Mais sobre mim

foto do autor

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Pesquisar

Redes Sociais | Segue-me

Instagram Facebook Twitter Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. Goodreads

Última Leituras

Aconteceu em Paris
liked it
O título demonstra desde logo que o leitor irá visitar Paris. Amy acompanhou a sua amiga Kat até aos seus últimos dias de vida, mas as duas tinham um objetivo, viajar até à cidade do amor em segredo. Kat não conseguiu resistir mas Amy le...
O Pecado da Gueixa
liked it
A cultura japonesa está em grande destaque em O Pecado da Gueixa, através da perceção das regras comportamentais de um ninja, Hiro, protetor de um padre português, Mateus, que juntos irão investigar a morte de um samurai, Akechi-san, num...
O Silêncio da Cidade Branca
it was amazing
Nem sempre uma capa consegue representar o que está no seu interior, mas com O Silêncio da Cidade Branca primeiramente fui conquistado pela imagem que me remeteu para uma sinopse que conquistou. Já com esta obra em espera na mesa-de-cabe...

goodreads.com
BlogsPortugal
Bloglovin Follow

 Subscreve O Informador