Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

maria-duenas-billboard

Tarifários erráticos

05
Set19

tarifário.jpg

 

Há uns anos que usufruo do tarifário móvel da Vodafone Yorn X 5GB +25, no entanto deteto que existem ocasiões, em determinados meses, em que os pacotes de internet geral se gastam e são cobrados como o sistema de água pública no município de Alenquer, caro como tudo.

Mal começa o mês, o consumo de internet do telemóvel é somente feito fora de casa, já que no seu interior existe Wi-fi de outra rede, e no entanto aparece aquele mês em que o pacote se desvanece em menos de nada. Como pode? Ainda há uns dias, foi-me atribuído através de um jogo que a rede disponibiliza na sua aplicação, o Yorn Shake It, 5GB extra para poder usufrui ao longo de trinta dias. Aceitei, claro, mas posso afirmar que este bombom durou somente três dias com um consumo normal. Ou seja, supostamente deram o dobro do que tinha por direito mas esse mesmo extra foi tirado de forma tão rápida que arrisco a dizer que de cada vez que abria uma rede social lá se iam uns bons megas para ficarem livres daquele engano.

Sei que não sou o único a queixar-me destas situações de fraude da Vodafone porque as redes sociais estão cheias sobre esta questão. No entanto quando ligamos para o Apoio ao Cliente o que fazem é simplesmente dar conversa de tanga, assumem o erro, mas não repõem o que não consumimos e que o contador, a favor da rede, afirma que sim. No mínimo e uma vez que sabem que é erro deles, deviam creditar o consumidor recolocando os 5GB que são pagos para o mês.

Voltei! Voltei! Voltei!

04
Set19

voltei.jpg

 

Foram duas semanas de pausa e que boa pausa. Desta vez descansei e fiquei quase, mas não consegui ficar totalmente, longe do computador, o que já não acontecia há bastante tempo. Este sim é o caminho a seguir com o pensamento de que férias são férias, podemos pensar, mas convém fazer a pausa total de tudo para depois voltarmos com energia, novas ideias e totalmente frescos para mais uns meses de trabalho. 

Férias no trabalho e fora de casa significaram também desta vez ficar quase totalmente com o computador desligado para não criar conteúdos para o blog. Liguei somente um dia, fiz dois textos a nível literário e posso dizer que o que fiz chegou porque além de ter feito todos os preparativos para não vos deixar a zeros durante duas semanas consegui deitar e acordar sem qualquer obrigação de que devia procurar internet para ligar o computador, uma vez que não gosto de entrar no blog via telemóvel. Descansei, não pensei em escrever rigorosamente nada, lá surgiram alguns, mas poucos, temas para desenvolver pelos próximos dias, mas pelo menos nestas férias fiquei ausente deste mundo, ligado às redes sociais sim, mas deixei de lado tudo o resto e como foi bom!

As melhores novidades online para os amantes da música, filmes, jogos e livros

03
Set19

 

 

Na atualidade são muitas as pessoas que gostam de se divertir sem sair de casa quando não estão a trabalhar. São vários os fatores que influenciam tais como o calor, os deslocamentos, os preços das coisas cada vez maiores... É por isto que cada vez mais pessoas tomaram esta decisão. E não somente estão os fatores negativos, mas também outros positivos que promovem esta forma de se divertir. Refiro-me às novas tecnologias, que tem sido o fator mais influenciador porque hoje em dia praticamente toda a gente tem um smartphone, um tablet ou um computador com acesso à internet, facilitando que isto seja possível.

 

Quais são os melhores passatempos online

Os aficionados de séries e filmes já podem ver quase qualquer género destas nos portais de vídeo em streaming como os conhecidos Netflix ou HBO, entre outros, que já são uma realidade para ver na televisão ou com a app para Android ou IOS. E não só se trata das últimas estreias e novidades, também é possível voltar a ver séries ou filmes de anos atrás e relembrar épocas passadas. Para isto, é preciso criar uma conta no seus portais e pagar uma taxa fixa por mês, tendo possibilidades de personalizar com os gostos de cada membro da família, sejam adultos ou crianças.

Outra revolução que surgiu no ano 2005 na cidade de San Francisco, é o conhecido portal youtube, o site para partilhar vídeos, que atualmente conta com milhões de visitantes ao redor do mundo por minuto. Ver o vídeo do seu cantor favorito, um tutorial para aprender bricolagem, uma língua ou maquilhagem, são uma pequena parte do que pode encontrar nele. Atualmente pertence à gigante Google.

 

 

Sim, tenho um blog!

01
Set19

blog.jpg

 

Há uns anos, quando lancei o blog e nos tempos seguintes, tentei evitar ao máximo revelar a quem conhecia este espaço. Sempre gostei de ter visualizações, claro, mas optava por conquistar os desconhecidos, escondendo o blog de familiares, amigos, colegas e conhecidos. Não sei, tinha vergonha de revelar que era blogger e achava que os próximos não tinham nada de ler o que ia partilhando. Hoje, as coisas mudaram e com as redes sociais a serem cada vez mais fortes para quem tem um blog, a situação foi ficando conhecida e atualmente já não escondo o espaço online que tenho, onde partilho o que bem me apetece e como quero.

Na verdade não há que ter vergonha do que gostam de fazer. Certo que se evitam partilhar certos comentários que por vezes surgem para se falar de determinado tema com receio de ferir suscetibilidades de quem conhecemos e sabemos que volta e meia passa por aqui. Existe assim a necessidade de colocar os pontos na balança mas com meias medidas, no entanto as coisas continuam a ser ditas como apetece, mostradas como são, por vezes contornando as palavras e situações, aqui e nas redes sociais e quem me conhece e não quer saber a opinião ou o que tenho a dizer sobre certos temas paciência. 

A sesta não é normal

30
Ago19

sesta.jpg

 

Sempre me habituei a não dormir a sesta e foi sendo muito raro deitar ao longo do dia e acabar por adormecer. Ultimamente isso não tem acontecido bem dessa forma e percebo assim que os sinais da idade também surgem através do cansaço, mesmo que durma as horas aconselhadas de noite e consiga descansar para me sentir bem.

Não sei o que se passará mas pelas últimas semanas, se durante as tardes de folga me deixo ficar em casa encostado a olhar para a televisão ou a ler, as pálpebras começam a dar aqueles sinais bem notórios de que mais vale desligar tudo, descer a almofada e deixar que o corpo descanse e os olhos se fechem. Começa a ser um ciclo que num dos dois dias de pausa, que geralmente são seguidos, me deixe levar por umas horas pelo sono ao longo da tarde, fazendo com que depois ao deitar no horário noturno leve mais tempo a adormecer, mas chego lá.