Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Greve dos motoristas vs. Ganhos extras

12
Ago19

greve motorista.jpg

 

A greve dos motoristas de matérias perigosas, e não só, começa hoje e é por isso que tenho somente um ponto a destacar contra os senhores que tanto protestam pelos seus direitos e por melhores ordenados. Vamos lá ser sinceros, uma coisa é o que se queixam de ganhar ao final do mês de forma leal, com direito a descontos e afins como todos os trabalhadores dos mais diversos setores. Outra diferente e que ninguém comenta vai de encontro aos rendimentos que são obtidos por fora, como um saco azul, amarelo ou da cor que lhe quiserem dar, por muitos destes mesmos motoristas. Isto existe e somente quem não quer ver acredita no mundo mágico de que tudo no setor dos transportes é feito de forma legal, seja nos pagamentos, horas de trabalho, contratos e afins. 

Será que nos querem mesmo fazer crer que os ordenados, subsídios e horas que são apontados na folha de ordenado a cada mês mostra os verdadeiros pagamentos recebidos? Claro que não e todos sabemos que os extras que vão em direção a cada carteira existem nas mais diversas empresas do sector, tal como em outros. Percebo esta greve com tanto desabafo e boas intenções no futuro, mas tudo não passa de uma preparação para as reformas da maioria das pessoas que andam dia após dia a conduzir transportes pesados de mercadorias. Sim é um esforço, sim é uma responsabilidade, mas também é sim o facto de ganharem bem só que nem tudo entrar nos descontos que são revelados aos serviços financeiros do país. Agora que os anos para a paragem aproximam-se, muitos começam a perceber que aqueles extras que lhes foram atribuídos durante anos não irão contar em nada no que irão receber enquanto reformados.

Existem manhãs difíceis...

ou se existe!

11
Ago19

manhã preguiça.jpg

 

Aparentemente todas as manhãs são complicadas, no entanto existem dias que custam bem mais a arrancar que outros porque simplesmente acordamos com aquela ideia de que no exato dia se devia ficar mais tempo pela cama. Quando é fim-de-semana e a necessidade de ir trabalhar é lembrada com bastante regularidade por um despertador irritante então é mesmo de louvar aos céus e pedir por necessidade máxima para que tudo não passe de um pesadelo que só pode ser resolvido com a procura de outro caminho no futuro. 

24h de má indisposição

10
Ago19

indisposição.jpeg

 

Passei todo o dia com uma certa moleza que até me fez adormecer ao longo da tarde, no entanto foi a noite que me custou mais a ultrapassar por diversos motivos.

Má indisposição, calor, sede e aparentemente falta de sono, tudo aconteceu numa só noite em que só desejei dormir descansado e não o consegui fazer. Na manhã seguinte além de acordar mais cedo que o desejado e imposto pelo despertador, não apetecia levantar, ao tomar banho os músculos pareciam tão vulneráveis que só pensava em me sentar. Mal comi por falta de vontade e segui para o trabalho, mal do estômago, sem força e com a certeza que o dia não iria ser fácil. E assim foi. A manhã foi horrível, entre a barriga vazia, a falta de apetite e as idas ao wc. Depois lá consegui comer uma sandes acompanhada pelo chá de camomila, ao almoço fiquei por meia posta de peixe cozido, o que não é nada para o que costumo comer, e o lanche neste dia não existiu. Ao longo da tarde a situação foi melhorando e a má disposição parece ter ficado para trás. Passei fome mas na verdade também não tive apetite e optei por não forçar o que podia cair mal. 

Estive cerca de vinte e quatro horas indisposto e tentei logo manter alguns cuidados na alimentação ao mesmo tempo que segui a minha vida, sem me deixar ficar só porque estava com o estômago meio transtornado pelas falhas dos últimos dias, o que também fez com que todo o corpo se sentisse perante a situação.

Cumprir horários é bom!

09
Ago19

tempo medidor.png

 

Odeio chegar atrasado onde quer que vá e perante qualquer combinação. Se existem compromissos e horários a cumprir então há que os levar a sério. Com isto e porque se sou exigente comigo também o tenho que ser para com os outros. Quem falha uma vez e duas vezes e o contínua a fazer porque não consegue cumprir e sabe que só perde com isso, somente prova que não pretende mesmo mostrar ambição para ser uma pessoa cumpridora. Se não conseguem ter horários quando os combinam com outros então o respeito por quem fica em espera onde está?

Não têm de seguir as regras exatas dos relógios, mas tentem mostrar a mínima capacidade para saírem de casa com tempo, não precisando de andar a correr, para se chegar a horas. Se começarem a fazer as coisas mais cedo conseguirão ter organização para não se atrasarem depois. Tenham ritmo, percebam que se têm de chegar agora e se aparecem sempre com uns minutos de atraso, então terão de sair mais cedo, usando a diferença desses minutos, para não se atrasarem.

2019 sem praia!

08
Ago19

praia nazaré.jpg

 

Entramos em Agosto, num Verão instável entre o tempo quente, os ventos e a aragem. Eu, que estou cada vez com maior preguiça para ir até à praia, posso revelar que este ano ainda não apanhei os primeiros banhos solares nos areais deste país de temperaturas viradas do avesso e confesso que bem me parece que não o vou fazer.

As férias irão chegar no final deste mês mas os planos indicam que terei piscina ao longo das duas semanas de pausa. A praia não tem sido atração nas duas folgas semanais que tenho e pela vontade que não existe, parece mesmo que ao longo das férias também não a irei visitar, optando pelo sossego da piscina, sem areia, com possível vento mas sem me chatear e com a água bem mais amena que as marés frias do Oceano Atlântico. 

A beleza dos sexos

07
Ago19

unhas.jpg

 

Século XXI com o culto da beleza a ganhar novamente destaque, tal como por outras épocas em que homens e mulheres se embelezavam de forma igual para bem parecerem numa sociedade que sempre ligou às aparências. Nos dias que correm o ser, poder e mostrar volta a ser comum entre ambos os sexos e a igualdade com os produtos de beleza é cada vez mais comum, com os produtos de estética a ganharem uma maior variedade de artigos dentro das mais diversas gamas disponíveis para mulher, homem e ambos os sexos. 

Olhamos para os cabelos onde as modas surgem e desaparecem em pouco tempo. Ora o penteado em modo surfista, ora o cabelo rapado, lá surge um visual de cabelo mais comprido para logo o apanhar. Com tudo isto e com homens e mulheres a olharem para o cabelo como um adereço de moda físico, é necessário saber cuidar do cabelo para que o mesmo não comece a enfraquecer pelos maus tratos rotineiros. Todos os dias perdemos longos minutos por vezes a olharmos para o espelho para colocar o penteado no modo certo, com a curva virada à direita ou para a esquerda, acentuando determinado ponto para mostrar diferença em relação ao dia anterior. É necessário ter cuidado e ser diferente e os cabelos, tal como as unhas, pele e tudo o que fica à vista de uma sociedade consumível e concorrente são fundamentais para provar que chegamos vivos e bem cuidados. 

As unhas, como acima referi, são outro ponto de destaque no embelezamento da mulher e cada vez mais do homem. Quantas colegas não vão uma ou duas vezes cuidar das unhas para a manutenção do verniz gel que vão alterando de cor consoante a vontade e os eventos que irão ter pelos próximos dias. Nós homens não andamos muito distantes, não usamos verniz gel nem gelinho, mas os cuidados com as peles e o tamanho das unhas é fundamental em termos de higiene e bem-parecer. 

Comer bananas faz bem

06
Ago19

banana.jpg

 

Nas últimas semanas tenho comido bananas ao longo das pausas no trabalho e os colegas começaram em modo de brincadeira a gozar com a situação, por sempre comer após o pão, as bolachas ou a refeição, uma banana. Agora, e através de um texto publicado no Notícias ao Minuto, fiquei a saber que comer duas bananas por dia ao longo de um mês tem os seus benefícios em diversas frentes na saúde. 

Segundo o estudo pela qual o texto se baseia, comer bananas maduras tem os seus benefícios. Além dos nutrientes, minerais e vitaminas que ajudam a restabelecer energias, a banana ajuda a bloquear a propagação das células de um tumor. Combatendo a azia, regulando o intestino, ajudando a evitar cãibras, controlando a pressão sanguínea, o potássio da banana tem também o poder de combater as úlceras. E os estudos vão mais longe e mostram também que o consumo de banana apoia o controlo da temperatura corporal, combatendo a anemia através do ferro. Além disto e em termos depressivos, a banana alivia os sintomas e acalma o sistema nervoso contra o stress.