Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

10
Mar19

Vou Ficar | Sara Carreira

Sapo Mag

Já venho um pouco fora de tempo, eu sei, mas achei por bem comentar o primeiro single de Sara Carreira, a filha de Tony, que como esperado segue as pisadas pelos palcos como o pai e os irmãos. 

A menina dos Carreira lançou há pouco mais de duas semanas o tema Vou Ficar, que escreveu com Nuno Ribeiro e como seria de esperar serviu aos seus fãs, que já o eram por pertencer ao clã Carreira, um tema que é mais do mesmo e muito dentro do que o pai faz e os irmãos fizeram com os seus primeiros trabalhos. David conseguiu depois seguir o seu caminho e distanciou-se do romantismo de alguidar, mas Mickael por lá continua com os seus temas parados e muito românticos para ficar aos poucos com as loucas fãs de Tony. 

Agora Sara, a menina da família, dá os primeiros passos, após ter feito umas aparições com os irmãos e pai, e vai conquistar, não existindo qualquer dúvida que esta moça vai vingar. Pode ter muito ensaio e mexidas na voz nas gravações, mas o que querem mesmo fazer? Ela é a filha de Tony Carreira, logo já tem um lugar de destaque pelas próximos anos no panorama musical nacional e francês.

01
Dez18

Eu Avisei | Blaya ft. Deejay Telio

Acabou de ser lançado um novo single da Blaya. Eu Avisei, com participação de Deejay Telio, este novo tema promete colocar, mais uma vez, e como já vendo hábito com o trabalho da Blaya, meio Portugal a dançar. Em Eu Avisei a intenção é mexer o bumbum quando se está no topo a arrasar com quem quer e não consegue!

Deixo-vos com a letra de Eu Avisei para que além de dançarem a aprendam a cantar!

29
Out18

Augusta | Matias Damásio

matias damásio - augusta.jpg

Matias Damásio lança o novo disco, Augusta, dedicado à sua avó. Num momento em que o cantor deu uma entrevista a Daniel Oliveira no programa Alta Definição onde revelou vários factos marcantes da sua vida, entre eles o abuso sexual de que foi alvo quando tinha 12 anos de idade por uma mulher mais velha e o que enfrentou até o seu talento ser reconhecido, o artista tem sido assim presença assídua nos últimos dias pelos vários canais de televisão e rádio para dar a conhecer este seu novo lançamento e falar do seu percurso de vida, do passado ao que está para acontecer. 

Augusta é o nome deste novo trabalho onde o tema Voltei com Ela e Teu Olhar assumem lugares de destaque. Letras super bem escritas, trabalhadas e interpretadas, mostrando que o valor que Matias Damásio tem assumido no panorama musical não é mesmo em vão. Dedicado à avó e às mulheres da sua vida e do mundo, este novo disco é assim uma homenagem aos afetos perante quem passa na sua vida e vai ganhando um lugar especial. Para marcar ainda mais a posição que as mulheres têm na sua vida, o cantor convidou Aurea, Pérola e Claudia Leitte para participarem no disco Augusta, celebrando assim a amizade e o talento em língua portuguesa. 

Para quem acreditava que não era possível Matias Damásio continuar a surpreender, fiquem aqui com os seus novos sucessos!

24
Out18

Sofro de Acrofobia

acrofobia.jpg

É um facto que nem sempre fez parte de mim mas que ao longo dos últimos anos surgiu para não mais me deixar. Sofro de acrofobia, que é como quem diz, medo das alturas. Mas o meu medo nem sempre surge, dependendo muito do local e do que poderá estar por baixo da plataforma que me suspende. 

Geralmente é a partir de uma altura correspondente mais ou menos a um terceiro andar de um prédio que sinto a tremura com a ansiedade ao estar, por exemplo, numa varanda. Ao ficar numa varanda de imediato o cérebro começa a elaborar situações possíveis de acidente. Ou que a estrutura não aguente e exista uma queda total do espaço ou começo a olhar para as barras e pensar que podem estar mal pressas e se alguém se encostar poderá cair e ir desta para melhor. Outro dos locais onde geralmente sinto algum atrofio é junto ao mar, numa encosta rochosa que geralmente serve de miradouro que fica suspenso numa rocha onde nem se consegue ver nada em baixo a não ser água. Não dá, porque assim que me aproximo da ponta para espreitar, logo tenho de recuar por sentir que perco o controlo sobre os pensamentos que voltam a caminhar num sentido sobre o que pode acontecer de mal. Imaginemos uma plataforma que tenha de passar mas toda em vidro. Não, não, não! Posso passar mas não olho para baixo e caminho o mais rapidamente possível. Claro que se a distância entre o piso onde estou e o chão for curta não me causa problema algum, mas acima de um certo número de metros já surge um problema. 

Assistir a vídeos sobre alturas é daquelas coisas que me irritam, por exemplo, especialmente por não perceber qual o receio que sinto ao ver uma imagem. Começo a torcer-me todo e a encher-me de calores ao ver imagens de alguém a enfrentar pontes loucas em vidro, varandas bem altas, etc. Não sou eu que estou naqueles vídeos, mas mesmo assim tenho receio que alguma coisa descambe, tal é o meu medo sobre a queda de uma certa altura. 

10
Out18

Vamos Fugir | Djodje x Cuca Roseta

Djodje x Cuca Roseta.jpg

Pára tudo! Acabei de descobrir um novo tema que mistura Kizomba com Fado e se existem casos em que não gostei do que foi apresentado, este Vamos Fugir merece o meu aval positivo. 

Djodje convidou Cuca Roseta para que juntos, tal como tem acontecido com outros artistas, fundissem estilos musicais e unissem assim gostos e públicos. Esta kizomba com toques lusitanos funciona na perfeição num tema forte e com alma. Existem por aí muitas músicas, mesmo em termos de fado, que pouco nos tocam, mas este Vamos Fugir tem força, fica no ouvido e ainda conseguiu juntar duas vozes que se completam e ficam perfeitas quando cantam ao mesmo tempo.