Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Férias terminadas

unnamed-2.jpg

Já se passaram duas semanas perante o início das férias em terras alentejanas e hoje é dia de regressar a casa. Descansei, consegui desfrutar de bons dias de calor na piscina e em passeio e agora está na hora de regressar para mais uma temporada de trabalho e rotina diária dentro do mais do mesmo.

Os horários voltam a existir, embora mesmo em férias tenha mantido diversos hábitos que nunca vou perder, o vai e vem regressa, os rostos habituais avizinham-se e a necessidade de recomeçar após o período de férias existe para que a sociedade funcione e todos tenhamos o seu lugar definido com rotinas enquanto não nos calha na sorte aquele prémio tão desejado do grande sorteio semanal dos milhões. 

 

 

Ir e Vir e nada Mudar

Questão

Os meses vão passando e vais percebendo que com o passar do tempo precisas de férias, de sair, deixar a rotina diária para trás e quem sabe quando tiveres para regressar mudar. Quando o período de pausa desejada surge tentas desaparecer e consegues deslocar, não desligas por completo, mas aproveitas os dias fora, só que esqueces que tens em mente procurar algo diferente. O pior é quando dás por isso e metade dos dias de férias já passaram e logo estás de regresso para nova temporada de trabalho. Não te apetece voltar, pensaste antes da pausa em reorganizar e atualizar o teu curriculum para acreditares que vais pensar em mudar, alterar o rumo, poder afirmar que o próximo período de férias já vai ser atribuído por outra empresa empregadora. Com os dias de férias a passarem percebes então que estás mesmo a voltar, não pegaste sequer no documento e muito menos procuraste ofertas de emprego que te atraem para pensares concorrer com a ideia de alterares o teu futuro. No final, pensaste, foste e vieste, e nada fizeste sobre a ideia que tinhas para colocar sequer a hipótese de tentar mudar. Assim não te consegues sentir válido! 

Férias à vista!

férias.jpeg

Arranco a última semana de Junho de folga mas já a pensar que daqui a uns dias, mais precisamente no Sábado ao final da tarde, arranco para duas semanas de férias. A contagem começa em dia de pausa para que tudo corra pelo melhor nos próximos dias de trabalho onde cada dia contará com uma aproximação desejada para o período de descanso.

Pausas silenciosas

silêncio.jpg

Momentos existem em que cada um necessita de fazer a sua pausa, procurar o silêncio que ajude a refletir, repensar o vivido, o presente e o que está para acontecer. Aquela solidão que pode servir de combustível para reforçar um amanhã com bases sólidas para se seguir em frente. Todos, em certos momentos da vida, já tivemos as nossas necessidades de procurar os silêncios em pausas forçadas pelo confronto pessoal. Este texto é assim como que a memória de todos os momentos em que cada um necessitou de seguir a regra dos três p's - parar, pensar e proteger - para se conseguir seguir com a vida em frente. 

E terminaram...

CGD-seguranca-ferias-covid-1600x500.jpg

Hoje, terça-feira, 11 de Maio, terminam as minhas primeiras férias de 2021. Se passou rápido? Claro que sim, mas quais são as férias que não passam num ápice que mal as iniciámos e já estamos a sentir os últimos cartuchos a baterem à porta com uma total pressa que não acontece em períodos laborais.

Hoje as duas semanas completas, de Quarta a Quarta, terminam e deixam para trás dias de descanso, alguma praia fluvial, boa comida, horas de dormida acima do normal, convívio com os amigos, compras inesperadas e espontâneas, inspeção da viatura, e por aí fora, numa quantidade de acontecimentos que agora ficam para trás porque a necessidade de voltar ao dia-a-dia rotineiro surge e o regresso ao trabalho tem de acontecer. 

Regressos

regressar férias.jpg

É bom ir e voltar de férias bem, mas sabes um pequeno pormenor que me irrita no regresso? Conduzir durante horas, mesmo com paragens, de regresso a casa e sabendo que novo período de férias só daqui a uns meses.

Para lá tudo vai bem, mesmo que o cansaço apareça, o caminho parece fazer-se porque a vontade de chegar ao destino surge e o tempo percorrido acaba por ser compensado por se saber que se irá usufruir de uns dias de pausa, descanso e sossego longe do dia-a-dia. Para cá, quando as últimas horas de férias se aproximam, a vontade nunca é a mesma. O caminho parece longo e cansativo, as paragens servem para reforçar o café para que se siga em frente e mesmo assim a moleza surge a certo ponto do trajeto e o corpo só parece querer descansar e deixar-se levar para um sofá ou cama. 

Sim, já de férias!

pausa férias.jpg

Parece-me que ainda não te disse, mas estou neste momento a gozar os primeiros dias de férias de 2021. Após trabalhar a primeira quinzena do ano, ter estado três meses em lay-off por obrigação governamental, lá regressei ao trabalho e semana e meia depois, eis que venho de férias, como se tivesse muito cansado em meia dúzia de dias. 

Claro que já recebi por parte da família, de amigos e conhecidos aquelas mensagens do género, mal foste trabalhar e já estás de férias. Filhos tem que ser, a equipa tem que tirar férias de forma única sem existirem cruzamentos, como tal, todos estamos desde já a tirar uns quantos dias para ir despachando, já que depois existem meses bloqueados pela empresa.

Momentos de pausa

pausa.jpg

 

A necessidade de existir é uma constante, no entanto nem sempre corpo e mente estão em sintonia para arrancarem numa atividade constante, como tal e porque a existência implica o recarregar de energias ao longo do dia, as paragens momentâneas têm de existir perante o pretexto de não fazer nada para se conseguir seguir em frente logo depois. 

Em momentos do dia a necessidade física e psicológica tem de ser reforçada com pequenas pausas em silêncio e num recanto para que nada seja feito de forma corrida, sem reflexão e ambição. Sempre devemos criar aqueles momentos de silêncio em determinadas horas do dia, sendo como uma paragem para nos alimentarmos, tal qual o cérebro necessita para voltar a recuperar as forças para se rentabilizar ao longo das horas em que estamos acordados. 

Restabelecendo energias a bem da nossa saúde e para o bem-estar para com os outros é fundamental numa vida social corrida, onde convivemos e sentimos a necessidade de dar e receber o melhor de cada um, como tal viver em constante corrida, sem pausas e dias de descanso não transmite nada de bom para quem se quer manter pela tona das águas profundas para as quais os oceanos por vezes nos tentem puxar. 

Vivam as férias de Outubro!

AlentejoStarHotel_amb11.jpg

 

Hoje, 01 de Outubro de 2020, será o meu último dia de trabalho antes do também último período de férias do ano. Sei que estive meses em casa pela quarentena forçada que o comércio e outras áreas profissionais tiveram de enfrentar com o encerramento temporário de meio Portugal. Regressei em Julho ao trabalho mas agora ao pensar nos meses natalícios que se aproximam, o momento para descansar e recarregar energias vem mesmo a calhar para parar, descansar e regressar para vender, aturar clientes menos fáceis, pessoas que não gostam de respeitar as novas regras de segurança para com a saúde de todos e que se esquecem que não têm de ter cuidado somente consigo mas sim com todos os outros.

Neste momento é necessário que tenhamos os maiores cuidados do mundo e que a força de cada um esteja reforçada para não se vacilar em circunstância alguma, quer seja pelo cansaço, ausência de paciência ou capacidade de reação para com o psicológico próprio para lidar com quem não respeita espaços e tempos e entende ser o detentor da razão.

Estas férias de pouco mais de uma semana surgem no momento ideal para regressar depois de baterias carregadas para a confusão dos centros comerciais que se começa a prever com o aproximar dos meses e posteriormente das semanas de maior consumo natalício. Não vai ser fácil enfrentar filas, acalmar pessoas que se acham incompreendidas, atender e estar sempre em vigia e cumprir horários para com todo o stress que nós, enquanto funcionários, iremos enfrentar ainda mais, perante os pontos de experiência negativa que temos sofrido com os meses de estágio para a preparação do primeiro, e espero único, Natal com Covid19 à mistura.

guias-billboard