Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25.04.18

O gajo dos Rs


O Informador

falar.jpg

Quem não me conhece pessoalmente ou não tenha visto alguns vídeos partilhados pelas redes sociais onde falo um pouco, não sabe, mas durante anos tenho mantido o meu complexo com os Rs. Melhor explicar para ficarem a perceber este título e a razão de tudo acontecer. 

Em pequeno, numa queda quando estava ainda a iniciar a fala, cortei a língua, tendo sido cozido a sangue frio na altura, há trinta anos, e desde aí que a aprendizagem oral correu bem mas sempre fiquei a arranhar com os Rs a meio das palavras, mesmo tendo terapia da fala nos primeiros anos de ensino primário. A situação foi melhorando com o ensino especifico e com os anos, mas para mim, embora me digam que não, ficou sempre um vestígio que se faz notar em certas palavras, mais até quando falo de forma rápida e me esqueço da precaução que fui adquirindo, fruto da aprendizagem ao longo do tempo, de escolher certas palavras em substituição de outras para fugir ao que sei que existe. 

Arranho um pouco quando encontro um R a meio de uma palavra, por exemplo em «carta», «Marta», «cortei», «partido» e palavras do género, onde geralmente o R surge após uma vogal. Tenho um complexo com esta falha que não consigo controlar. Sei que por vezes não se nota tanto, mas para mim, quando vejo um vídeo próprio onde falo, deteto logo que determinada palavra não devia ser dita, repetindo por vezes até conseguir disfarçar ou optando por retirar mesmo a palavra que me deixa constrangido por não ser pronunciada de forma totalmente correta, existindo uma falha que não quero e nem gosto de mostrar aos outros assim de forma tão direta. Podendo trocar palavras por outras que soletre de forma correta e sem qualquer R que me faça mostrar a fragilidade que não me incomoda nem me causa dissabores, mas que não me agrada, para mais quando sei que a tenho e que até a consigo deixar para trás através da auto aprendizagem que fui tendo para esconder este pequeno problema que não incomoda mas que também não me é indiferente, caso contrário nem falava nele e até me expunha um pouco mais através de vídeos falados pelas redes sociais.