Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

03.04.18

Convites Duplos | Um Futuro Brilhante | 08.04.2018


O Informador

um futuro brilhante.jpg

E se, repentinamente, alguém te oferecesse Um Futuro Brilhante?
Encontrarias, dentro de ti, a coragem suficiente para o abraçares?
“Um Futuro Brilhante” é a história de Will, um rapaz comum com capacidades extraordinárias e Geraldine, uma professora universitária, que acredita na capacidade transformadora dos sonhos; mas é também a história de cada um de nós e das lutas travadas contra os fantasmas que nos assolam diariamente: medos, ansiedades, amores e desamores.
“Um Futuro Brilhante” é uma obra inspirada em alguns best-sellers do mundo da literatura, do teatro e do cinema, que pretende, em conformidade com a estrutura do teatro épico, proporcionar uma reflexão acerca de alguns dos temas mais marcantes da condição humana.
Conta-se a história de Will Hunting, um jovem com um passado atribulado, que vê as suas capacidades matemáticas reconhecidas e que é levado num percurso de autoconhecimento, com a ajuda de uma professora universitária e de um psicólogo, rumo a um futuro, talvez, diferente.

No mês das comemorações do 25 de Abril, vários são os eventos a decorrerem pelo país para relembrar o dia em que Portugal gritou Liberdade. Pelo Teatro Armando Cortez este ano também existem memórias para apresentar ao público que ao longo dos últimos quarenta anos tem vivido sem medos. Em estreia pelos palcos estará Um Futuro Brilhante, que no próximo dia 07 de Abril será apresentado na sala lisboeta, prolongando depois a sua exibição também por Domingo, 08, com sessão pelas 18h00. 

E é exatamente para esse Domingo que tenho um convite duplo para sortear. Este passatempo irá estar disponível até às 12h00 de dia 07 de Abril, Sábado, e nesse mesmo dia será publicado o nome do vencedor aqui pelo blog, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. O premiado será contactado via email com as recomendações para o levantamento do convite duplo acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem...

03.04.18

Vencedores dos Convites Duplos | Balas e Purpurinas - O Lado B da Eurovisão | 05.04.2018


O Informador

balas e purpurinas.jpg

A pouco tempo de Portugal receber o Festival Eurovisão, Henrique Feist, cantor, actor e encenador, desvenda o outro lado do festival que poucos conhecem. Num espectáculo original, Henrique Feist, após o sucesso de bilheteira do seu último espectáculo sobre os anos 60, promete levar novamente o público numa viagem ao passado. Uma viagem pela história da Eurovisão, focada também muito no aspecto histórico e político porque, para além da componente de espectáculo e entretenimento, o festival tem uma grande carga política. A partir do dia 29 de Março, no Auditório do Casino Estoril, a história, factos, acontecimentos, o lado B do Festival Eurovisão será desvendado, num espectáculo maravilhoso, cantado e tocado ao vivo.

A  Artfeist estreia este fim-de-semana o novo musical Balas e Purpurinas, O Lado B da Eurovisão, numa celebração à história do Eurovisão e ao mesmo tempo recordando as últimas décadas de Portugal e da Europa. 

Interpretado por Henrique Feist, Dora, Valter Mira, Catarina Pereira e Augusto Gonçalves, com o apoio do maestro Nuno Feist, os grandes temas do festival serão interpretados ao vivo enquanto se desfiam factos históricos de cada ano. Pretendendo puxar pela lembrança do público através de um ambiente de boa disposição, Balas e Purpurinas pretende acima de tudo homenagear os nomes mais marcantes que passaram pelo Eurovisão, de Portugal para a Europa, abrindo o baú das memórias perante a plateia do Auditório do Casino Estoril.

Dez foram os convites que estiveram disponíveis em passatempo destinados à sessão de Quinta-feira, 05 de Abril, pelas 21h30, e como o dia e hora aproximam-se, eis o momento de revelar os dez vencedores que foram sorteados através do sistema automático random.org. 

03.04.18

Solteiros Incorrigíveis | Danielle Steel


O Informador

solteiros incorrigíveis.jpg

Autor: Danielle Steel

Título original: Toxic Bahelors

Editora: Bertrand Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Fevereiro de 2018

Páginas: 384

ISBN: 978-972-25-350-7

Classificação: 3 em 5

 

Sinopse: Eles eram melhores amigos e solteiros convictos. Charlie Harrington, um belo filantropo, tem expectativas tão elevadas para a noiva ideal que nenhuma mulher de carne e osso as pode atingir. Adam Weiss, um célebre advogado quarentão, prefere as mulheres bem jovens e sensuais e as relações breves… Quanto a Gray Hawk, um talentoso artista com queda para relações complicadas, não tem problema nenhum com as mulheres, é a ideia de ter uma família que ele não consegue conceber (especialmente tratando-se da família da mulher com quem namora…) Agora, os três amigos, que passam as férias de verão num cruzeiro pelo Mediterrâneo a bordo do esplêndido iate de Charlie, estão prestes a ver suas convicções abaladas. Chegado o outono, todos eles entram em relações que nenhum antecipara. À medida que mais um verão se aproxima e, com ele, mais um ponto de viragem na vida de cada um, terão de enfrentar aquilo que mais os assusta: o amor.

 

Opinião: Danielle Steel é a minha autora top de romances, no entanto com Solteiros Incorrigíveis não me conseguiu conquistar tanto como nas obras que já li e que contam com o seu punho pessoal. Retratando a vida de três amigos de meia idade, neste romance a amizade é a prioridade de Charlie, Gray e Adam. De início o leitor é convidado a conhecer os três amigos através de umas férias que se tornaram rotina com o tempo e onde os três desfrutam de uns dias a bordo de um iate de luxo e com todas as mordomias. 

A amizade reina entre o trio que não dispensa por nada estas semanas de descanso e comunhão. Vidas diferentes, formas de pensar distantes, sonhos dispares e vontades por vezes contraditórias são o truque para que estes três homens se gostem como verdadeiros irmãos de viagem que se foram encontrando ao longo do tempo. Os três têm algo em comum para além da amizade, é que estão solteiros e não pensam em refazer a sua vida amorosa de forma permanente.