Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

22.02.18

Vencedores dos Convites Duplos | Um Dia Uma Vida | 23.02.2018


O Informador

um dia uma vida teatro aberto.jpg

O Teatro Aberto acabou de estrear pela Sala Vermelha um novo espetáculo da autoria de Ruy Belo. Um Dia Uma Vida une quatro personagens em palco numa interpretação poética que convida o público a viajar por diferentes situações do quotidiano de todos nós. 

Com interpretação de Ana Brandão, Madalena Almeida, Miguel Lopes Rodrigues e Rui Melo, vídeo a cargo de Eduardo Breda e luz da responsabilidade de Alberto Carvalho e Marta Dias, esta produção desafia o público a saborear as palavras de Ruy Belo ao longo de cada sessão. 

Com sessões de Quarta a Sábado pelas 21h30 e aos Domingos às 16h00, Um Dia Uma Vida convida o público a visitar o Teatro Aberto pelas próximas semanas para que vejam este texto poético a ser representado pelo talento em palco.

Para que todos possam assistir a Um Dia Uma Vida, foram dez os convites duplos que estiveram em sorteio aqui pelo blog para que os seus vencedores se sentem pela sala do Teatro Aberto na Sexta-feira, 23 de Fevereiro. Eis os sorteados através do sistema random.org que irão receber email com a indicação sobre o processo correto de levantamento dos convites. Inês Lopes, Maria Rosalina Casinhas, João Paulo Valente, Idália Guerreiro, Ivo Saavedra, Cristina Gaspar, Ana Maria Morais, Roberto Moreno, Ricardo Moreira e Júlio Ferreira são os dez vencedores dos convites duplos destinados à sessão já mencionada. 

22.02.18

Mijar sentado


O Informador

xixi.png

O título poderá cair mal, mas existe tanto pingo a cair mal por aí, que acredito que ao lerem o atual texto acabarão por perceber que mijar sentado faz todo o sentido para distinguir esta de outras publicações sobre xixi. 

Homens deste Mundo, sim não digo deste país porque existem várias nações a passarem aqui pelo blog, qual de vocês nunca ouviu o refilar das Mulheres sobre o levantar da tampa da sanita ou os pingos que saltam fora do recipiente indicado e ficam, sem querer, no chão, nos tapetes e afins após o ato de urinar? Desde pequeno que em casa sempre ouvi a velha história dos pingos, de que é necessário limpar os vestígios que ficam pelas redondezas, e acabei por me cansar ao longo da adolescência desse mesmo texto, como se uma cassete pirata e riscada rodasse sempre que ia ao wc. Optei por em casa me sentar para fazer o meu xixi, seja a que horas for.

É verdade, muitos Homens, cansados do burburinho dos restantes membros de casa, optam cada vez mais por se sentarem para descarregarem a sua bexiga e é esse o caminho a seguir. Poupa-se o trabalho de limpar, não se ouvem as velhas frases mais que usadas e as discussões sobre o assunto não acontecem. Não custa nada e ainda conseguem ficar sentados por um bocado a refletir sobre a vida e sem a necessidade de concentração para terem a pontaria certa. 

Em locais públicos o sentar não existe, mas em casa própria ou de outra pessoa a opção mais correta e social é a de evitar os pingos espalhados por tampos e chão, poupando tempo, chatices e marcas indesejadas.