Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

18
Dez16

Ganha... Raptos Políticos e Tomada de Reféns

| O Informador

Raptos Políticos e Tomada de Reféns.jpg

Rui Neumann é o autor de Raptos Políticos e Tomada de Reféns, a obra que se insere na coleção Compendium da Chiado Editora e cujo um exemplar poderá ser teu. Para poderes vencer o livro que retrata o flagelo da captura e retenção de milhares de reféns em todo o Mundo basta ler o que se segue, participar no desafio e esperar que a sorte esteja do teu lado. 

Empresários, turistas, filantropos, voluntários, missionários, militares, jornalistas… qualquer um é potencialmente um refém aos olhos de muitos movimentos. Como refém deixará de ser um ser humano para tornar-se numa “mercadoria”.

Entre 1970 e 2013 ocorreram no mundo 7.679 raptos, sequestros e tomadas de reféns com motivações políticas que resultaram na captura e retenção de 72.204 reféns. De 2003 e 2013 num total de 26.425 reféns, 378 eram estrangeiros.

Os estrangeiros, e especialmente os Ocidentais, tornaram-se alvos preferenciais devido à forte rentabilidade que geram e, contra seu grado, contribuem ativamente como um dos mecanismos de financiamento do terrorismo e sua promoção. Um refém estrangeiro é uma “mercadoria” que tem um valor exponencialmente superior a um refém doméstico.

Esta ameaça global também atingiu Portugal, sendo que as crises foram quase sempre geridas de forma improvisada, mas eficaz. As negociações para as libertações de reféns portugueses estiveram, todavia, sempre envoltas por uma omerta apenas decriptada em parte quando ouvidos os responsáveis dos raptos, tal como demonstraram, por exemplo, os episódios ocorridos no enclave de Cabinda. Para além da Venezuela, Moçambique entre outros, a vaga de raptos em Cabinda é desenvolvido neste livro que apresenta revelações inéditas.

Para uma melhor compreensão do fenómeno foram entrevistados raptores, negociadores e vítimas, mas também especialistas na formação das medidas e construção dos mecanismos legais contra os raptos.

18
Dez16

MEO ou Vodafone? Ajudem-me!

| O Informador

Faço pressão com a MEO para me baixarem o preço do pacote ou mudo para tudo para a Vodafone. Vou passar a explicar a situação...

Televisão, internet e telefone fixo sou cliente MEO Satélite e ASDL respetivamente. Telemóvel sou cliente Vodafone. Pelo serviço MEO pago na totalidade 48,98€ e na Vodafone 3,99€ por semana com chamadas e mensagens grátis para todas as redes, 5Gb de internet e outros 5Gb de Youtube, não descontando pelas redes sociais. Agora a Vodafone Fibra chegou à aldeia e poderei pagar 28,90€ por televisão, internet e telefone ou 56,90€ se juntar o telemóvel.

O que devo fazer? Mudar totalmente e tudo para a Vodafone ou fazer pressão com o MEO, já que agora existe uma opção mais barata na zona, para me baixarem os preços do pacote que tenho e que até me agrada e ainda talvez migrar também o telemóvel? Estou tentado a questionar o grupo MEO para me manter cliente com novos preços dentro do que a concorrência pratica e só caso não consiga entrar em acordo saltar e mudar para a Vodafone.

Não falo aqui da NOS porque os preços praticados são praticamente os mesmos com a MEO, como tal não entra neste questão porque a mudar para igual não vale a pena. 

Mais sobre mim

foto do autor

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Consegues ter as duas coisas juntas. Agora não con...

  • Sofia

    Para quem quer lucrar com o blog é realmente é dif...

  • omeucaotinho

    Obrigada!!! 🙏 eu também! 😊 ❤

  • O Informador

    E depois existe outro ponto além de não conseguir ...

  • Sofia

    O email é anónimo, mas há pessoas que assim o pref...

Mensagens

Pesquisar

Redes Sociais | Segue-me

Instagram Facebook Twitter Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. Goodreads

Última Leituras

Aconteceu em Paris
liked it
O título demonstra desde logo que o leitor irá visitar Paris. Amy acompanhou a sua amiga Kat até aos seus últimos dias de vida, mas as duas tinham um objetivo, viajar até à cidade do amor em segredo. Kat não conseguiu resistir mas Amy le...
O Pecado da Gueixa
liked it
A cultura japonesa está em grande destaque em O Pecado da Gueixa, através da perceção das regras comportamentais de um ninja, Hiro, protetor de um padre português, Mateus, que juntos irão investigar a morte de um samurai, Akechi-san, num...
O Silêncio da Cidade Branca
it was amazing
Nem sempre uma capa consegue representar o que está no seu interior, mas com O Silêncio da Cidade Branca primeiramente fui conquistado pela imagem que me remeteu para uma sinopse que conquistou. Já com esta obra em espera na mesa-de-cabe...

goodreads.com
BlogsPortugal
Bloglovin Follow

 Subscreve O Informador