Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

31
Dez16

Aumentos para 2017

| O Informador

E não é que vamos iniciar 2017 com vários aumentos? Como se isto fosse alguma novidade!

São os combustíveis, são os transportes públicos, as portagens, os refrigerantes e o tabaco, mas este último não importa. 

Iniciamos o ano com a subida dos preços do que ajuda a fazer girar o mundo, consequentemente levaremos também com subidas no supermercado porque, segundo as constantes explicações para tais aumentos, existem mais gastos com o transporte da mercadoria. 

31
Dez16

Adeus 2016!

| O Informador

Chega agora ao fim um ano de instabilidade onde poucos desafios me foram colocados pela frente. A nível pessoal e profissional as ideias de ordem foram manter, sobreviver e circular com calma, já pelo blog a escadaria voltou a surpreender e novos degraus foram atingidos, pretendendo não voltar atrás em recuos não desejados. 

De Janeiro a Dezembro os dias de blogger contaram sempre com novos textos, partilhas e comentários dos mais variados estilos e nem sempre de acordo com o que os leitores pensam, mas não irei mudar a forma de ser e estar na vida por ninguém, tal como não acho aceitável o fazerem por mim para que me agradem. Cada qual tem a sua forma de sentir as coisas e é com as diferenças que vamos crescendo. O blog tem feito o seu caminho diariamente, com leitores que acabam por ser visitas diárias onde os destaques nos blogs Sapo e mesmo no portal universal Sapo fizeram-se sentir. As parcerias literárias e teatrais que já existiam mantiveram-se e ainda foram acrescentados nomes nesse tipo de iniciativas que têm vindo a fortalecer o caminho junto dos leitores do blog também. Para além dos livros, do teatro e dos espetáculos também a descoberta pelo universo Odisseias foi conquistado pelos últimos meses do ano, numa ideia que ajudou também a aproximar o blog de novos seguidores, quer diretamente na página como também pelas redes sociais associadas ao mesmo. 

O Informador tem caminhado ao seu ritmo, o ritmo que um trabalhador dependente também consegue fazer as coisas sem descurar a sua vida privada e onde o tempo sempre é um bem necessário também. Quem tem seguido o blog percebe que o faço por gosto e dedicação ao longo de todos os dias do ano onde tento sempre por aqui passar com alguma coisa de novo, partilhando, comentando, mostrando, ridicularizando, patrocinando, destacando e tanta coisa que poderia por aqui agora acrescentar terminando em «ando». 

30
Dez16

Tosse e Receitas Caseiras

| O Informador

Já é sabido que ando há dias engripado, no entanto agora só me resta a tosse seca, principalmente ao longo da noite. O que suscitou duas mensagens de seguidores do blog via Facebook com receitas caseiras que já adotei.

Uma colher de mel e uma colher de café, das pequenas, de orégãos, junta-se tudo e leva-se ao microondas para ferver, deixando depois arrefecer para tomar frio é uma das receitas que já coloquei em prática e embora o sabor não seja o mais agradável talvez tenha feito alguma coisa pelas horas seguintes, embora tenha de continuar a tomar este doce aromático. A outra, que já conhecia desde pequeno, é o xarope de cenoura e cebola. Já ando também a tomar, uma vez que os comprimidos e xaropes da farmácia não têm feito nada e foram até substituídos pelo farmacêutico que é praticamente médico aqui na zona.

Agora além das receitas caseiras sugeridas tenho um vaporizador bocal com sabor a tomilho para colocar duas vezes ao dia e uns outros comprimidos mais forte que os anteriores. Vamos lá ver se é desta que a tosse me deixa dormir uma noite em paz sem ter de acordar!

30
Dez16

Andei à caçador!

| O Informador

Dizem que andar sem roupa interior é andar à caçador, não é? Pois, há umas semanas, quando ainda andava no ginásio, deixei boxers e meias em casa para trocar após o banho! Não dei por isso e o que aconteceu? Tive de me vestir com tudo à solta!

Pior que isto é que tudo aconteceu após o jantar e ainda tive um serão num arraial pela vila e depois disso ainda fomos a um outro evento. Andei em modo caçador um serão inteiro porque não quis vestir a roupa já suada, o que acho uma nojice! Ninguém deve ter dado por isso, claro! E quando cheguei a casa nem eu próprio já me lembrava que tirando as calças tudo andava à solta!

O esquecimento da minha mente acontece tanta vez! Volta não volta lá me esquecia de alguma coisa quando ia ao ginásio, mas da roupa interior já começava a ser rotina com probabilidades de uma vez por semana!

Pág. 1/12

Mais sobre mim

foto do autor

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Consegues ter as duas coisas juntas. Agora não con...

  • Sofia

    Para quem quer lucrar com o blog é realmente é dif...

  • omeucaotinho

    Obrigada!!! 🙏 eu também! 😊 ❤

  • O Informador

    E depois existe outro ponto além de não conseguir ...

  • Sofia

    O email é anónimo, mas há pessoas que assim o pref...

Mensagens

Pesquisar

Redes Sociais | Segue-me

Instagram Facebook Twitter Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. Goodreads

Última Leituras

Aconteceu em Paris
liked it
O título demonstra desde logo que o leitor irá visitar Paris. Amy acompanhou a sua amiga Kat até aos seus últimos dias de vida, mas as duas tinham um objetivo, viajar até à cidade do amor em segredo. Kat não conseguiu resistir mas Amy le...
O Pecado da Gueixa
liked it
A cultura japonesa está em grande destaque em O Pecado da Gueixa, através da perceção das regras comportamentais de um ninja, Hiro, protetor de um padre português, Mateus, que juntos irão investigar a morte de um samurai, Akechi-san, num...
O Silêncio da Cidade Branca
it was amazing
Nem sempre uma capa consegue representar o que está no seu interior, mas com O Silêncio da Cidade Branca primeiramente fui conquistado pela imagem que me remeteu para uma sinopse que conquistou. Já com esta obra em espera na mesa-de-cabe...

goodreads.com
BlogsPortugal
Bloglovin Follow

 Subscreve O Informador