Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

13.04.16

O salto da Primark


O Informador

primark.jpg

Chegou de mansinho e logo na primeira abertura causou impacto junto dos consumidores. Os anos passaram e a Primark tem invadido o país e já conta com nove lojas abertas e uma a ser preparada para ser inaugurada brevemente. Sabe-se agora que a Primark ultrapassou o número de vendas da Zara em Portugal, destronando assim a marca de roupa espanhola.

Segundo Breege O'Donoghue, do concelho de administração da Primark, em declarações ao jornal Público, «No ano passado vendemos 405 milhões de pares de meias e mais de 260 milhões de t-shirts». Breege vai mais longe e revela que «Não gastamos dinheiro em patrocínios, fazemos publicidade apenas quando temos abertura de lojas, temos um sistema eficiente de apoio às lojas, [relações de] longevidade com os nossos 700 fornecedores, pagamos a tempo, compramos em volume e com o maior tempo de antecedência possível para dar tempo aos fornecedores de planearem a produção. Compramos o tecido o mais perto possível da fábrica e temos uma margem mais pequena do que a nossa concorrência. Temos auditorias, em 2015 fizemos 2412 auditorias nas fábricas. Verificamos se os salários são pagos, se as horas de trabalho são contabilizadas, se estão a ser cumpridas todas as condições de segurança laboral e se os trabalhadores têm a idade legal.»

Ou seja, a Primark tem os preços mais baixos dentro do género de lojas espalhadas pelas grandes superfícies comerciais, vende milhões de peças por ano, causa mossa na concorrência e veste os portugueses com artigos iguais e semelhantes a tantos outros apelidados por terem boa qualidade.