Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

02
Fev16

Bilhetes para A República das Bananas [11/02/2016]

| O Informador

a república das bananas.jpg

As Produções Filipe La Féria enchem ano após ano a sala do Teatro Politeama e em 2016 a continuação dos sucessos em palco está para continuar pela mão do encenador dos grandes musicais e revistas à portuguesa. Em cena estão atualmente Tarzan e A República das Bananas há alguns meses, estando o público a aderir em massa aos dois espetáculos. Para que os leitores do blog possam ficar satisfeitos e possam assistir a um bom espetáculo, eis um passatempo que vos irá deixar com as bananas no pensamento durante uns dias! Quem quiser candidatar-se a um dos bilhetes duplos que tenho para oferecer da sessão de Quinta-feira, 11 de Fevereiro, pelas 21h30, para a produção que conta com Rita Ribeiro, José Raposo, Anabela, Ricardo Castro, Paula Sá, Ricardo Soler, Bruna Andrade, João Duarte Costa, Patrícia Resende, Paulo Miguel e David Mesquita no elenco, só tem de continuar a ler o que se segue...

É uma crítica mordaz e divertida ao Portugal de hoje. Pelo palco do Politeama serão passados em revista todos os acontecimentos deste ano, as figuras políticas e públicas mais engraçadas e controversas interpretadas por um elenco de estrelas onde La Féria junta actores consagrados à mais jovem e talentosa geração do novo teatro e musical português.

Este passatempo decorrerá até às 19h00 de 10 de Fevereiro, Quarta-feira, e para se habilitarem a um dos bilhetes duplos que tenho para sortear só têm de:

  • Fazer Gosto na página de Facebook d' O Informador.
  • Partilhar este post, mencionando dois amigos nessa mesma partilha.
  • Preencher o formulário que se segue onde só é permitida uma participação por endereço de e-mail.

02
Fev16

Novos e maus funcionários

| O Informador

Uma pessoa há anos numa empresa chega a horas, organiza a sua vida dentro dos dias de folga e das horas após o horário laboral e depois percebe que os recrutas mais novos do patrão querem trabalhar mas não sabem o que é organização entre a vida pessoal e o campo profissional. 

Os mais velhos dão a volta às situações para deixarem os seus compromissos pessoais para os dias livres ou dentro das horas disponíveis do dia. Os mais novos marcam tudo e mais alguma coisa para os dias onde não têm direito a folga. Os mais velhos chegam a tempo e horas para cumprirem horários. Os mais novos esquecem-se que chegar um minuto mais cedo do horário de entrada é bem melhor que um minuto de atraso dia após dia. Os mais velhos trocam e lembram-se das questões com as horas de almoço para não ficar nenhum horário com um número reduzido de pessoal. Os mais novos não querem ouvir falar de trocas de horários com as refeições. Os mais velhos quando não recebem ao primeiro dia do mês sabem que no dia seguinte o seu ordenado está na conta e não agem. Os mais novos ao não terem o salário ao dia um por calhar ao fim-de-semana logo ameaçam que vão faltar no dia seguinte. Os mais velhos sabem que trabalho é trabalho, festa é festa. Os mais novos acreditam que no trabalho têm de andar sempre em festa.

Mais sobre mim

foto do autor

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Infelizmente, reflecte a sociedade de hoje!

  • O Informador

    Isso mesmo! “Vamos fazer para mostrar que não vale...

  • Sofia

    Um género de" políticamente correcto"! Mas ao cont...

  • O Informador

    sabemos bem que estes lançamentos são ainda fogo d...

  • Sofia

    Esse é o meu lado sonhador a falar... Mas, sou mui...

Mensagens

Pesquisar

Redes Sociais | Segue-me

Instagram Facebook Twitter Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. Goodreads

Última Leituras

Aconteceu em Paris
liked it
O título demonstra desde logo que o leitor irá visitar Paris. Amy acompanhou a sua amiga Kat até aos seus últimos dias de vida, mas as duas tinham um objetivo, viajar até à cidade do amor em segredo. Kat não conseguiu resistir mas Amy le...
O Pecado da Gueixa
liked it
A cultura japonesa está em grande destaque em O Pecado da Gueixa, através da perceção das regras comportamentais de um ninja, Hiro, protetor de um padre português, Mateus, que juntos irão investigar a morte de um samurai, Akechi-san, num...
O Silêncio da Cidade Branca
it was amazing
Nem sempre uma capa consegue representar o que está no seu interior, mas com O Silêncio da Cidade Branca primeiramente fui conquistado pela imagem que me remeteu para uma sinopse que conquistou. Já com esta obra em espera na mesa-de-cabe...

goodreads.com
BlogsPortugal
Bloglovin Follow

 Subscreve O Informador