Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

27
Out15

Melhor de Mim

O Informador

Tenho a confessar que estou a ficar viciado neste tema! O rádio do carro está praticamente sempre pela Rádio Comercial que passa cada vez mais fado. Embora não considere Melhor de Mim, da Mariza, um típico fado, é bom ouvir de manhã, mesmo antes de ir trabalhar, este tema como companheiro de viagem... Adoro!

27
Out15

Habemus Governo

O Informador

Uns dias após o Cavacão der indigitado Pedro Passos Coelho como Primeiro-Ministro, eis agora a constituição do Governo que pretende, talvez em vão, governar Portugal pelos próximos quatro anos. 

 

Dr. Paulo de Sacadura Cabral Portas – Vice-Primeiro-Ministro; 

Mestre Maria Luís Casanova Morgado Dias de Albuquerque – Ministra de Estado e das Finanças; 

Dr. Rui Manuel Parente Chancerelle de Machete – Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros; 

Dr. José Pedro Correia de Aguiar-Branco – Ministro da Defesa Nacional; 

Dr. Luís Maria de Barros Marques Guedes – Ministro da Presidência e do Desenvolvimento Regional; 

Prof. Doutor João Calvão da Silva – Ministro da Administração Interna; 

27
Out15

Bilhetes para Nome Próprio (05-11-2015)

O Informador

Através de um texto de Matthieu Delaporte e Alexandre de La Patellière e com tradução de Ana Sampaio, encenação de Fernando Gomes, o palco do Auditório dos Oceanos no Casino Lisboa enche-se de gargalhada e boa disposição num prolongamento do sucesso que tem sido Nome Próprio, o espetáculo que em 2016 entrará em digressão por todo o país, como tem sido hábito para com os trabalhos da responsabilidade da Força de Produção. Para quem ainda não assistiu a Nome Próprio tem aqui agora a sua oportunidade de ganhar um dos bilhetes duplos que tenho para oferecer da sessão do próximo dia 5 de Novembro, pelas 21h30. Basta seguir a leitura deste texto para perceber como é fácil sair vencedor e acompanhar as aventuras das personagens de José Pedro Gomes, Aldo Lima, Ana Brito e Cunha, Francisco Menezes e Joana Brandão pelo palco do Casino Lisboa. 

Press_Mailling_3_Nome_Proprio.png 

Um simples jantar entre amigos pode tornar-se numa guerra desenfreada de palavras? Pode. Nome Próprio é uma comédia sobre a amizade, mas também sobre a hipocrisia, a mesquinhez e os não-ditos. Estreada em Paris, Nome Próprio (com o título original Le Prenom) teve um enorme sucesso na Europa e na América Latina e chega agora pela primeira vez a Portugal. A qualidade do texto e das personagens é de tal ordem que rapidamente foi adaptada ao cinema, onde obteve excelentes críticas e enorme afluência de público. Nome Próprio é um belíssimo exercício sobre a complexidade das relações humanas. Pontuada por um elegante sentido de humor, a acção desenrola-se durante uma noite, em que um grupo de amigos se reúne para mais um momento de convívio. Mas o conflito começa quando uma das personagens revela o nome que quer dar ao filho. É este o pretexto para descobrimos que, afinal, todos têm muito que dizer sobre as suas vidas e as relações que mantêm uns com os outros. Pode o simples nome de um bébé por termo a décadas de amizades inabaláveis? Talvez não. Mas pode provocar muitas gargalhadas e fazer-nos refletir sobre os nossos próprios preconceitos. 

Este passatempo decorrerá até às 19h00 de 04 de Novembro, Quarta-feira, e para se habilitarem a um dos bilhetes duplos que tenho para sortear só têm de:

  • Fazer Gosto na página de Facebook d' O Informador.
  • Partilhar este post. 
  • Preencher o formulário que se segue onde só é permitida uma participação por endereço de e-mail.

27
Out15

Abaixo o Halloween

O Informador

A noite de Halloween este ano calha precisamente de Sábado para Domingo, aquele dia em que me posso esticar até mais tarde ao serão por no dia seguinte ser tempo de descanso fixo do trabalho. Poderia pedir agora todos os aplausos do mundo, mas isso é tecnicamente impossível para a minha pessoa!

A sério que a noite em que todas as verdadeiras bruxas saem à rua fixa-se em 2015 mesmo pelo fim-de-semana para me colocarem em risco de chegar a casa sujo pelas bodegas com que tantos adoram brincar por aquela noite?

Odeio o Halloween, tal como odeio o Carnaval e trapel a sete! Poderemos dar um salto por aquela data para me poder divertir sem andar com mil olhos para onde quer que vá? Abaixo o dia das bruxas, ataque aos vampiros e fortes ventos contra os esqueletos humanos de uma só noite!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook