Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Sim, já percebi!

08
Set15

Obrigado a todos os cuidadores por onde tenho passado e que me alertam sobre o facto de estar engripado! A sério que não tinha reparado que andava de lenço na mão e comprimidos com hora marcada para serem tomados com a esperança que esta gripe passe?

As pessoas por vezes podem ficar caladas com determinados assuntos que são bem visíveis para os seus protagonistas, não? Uma pessoa que está constipada nota o que tem, não sendo necessário que estejam sempre a referir o assunto porque acaba por cansar. Entramos no café e revelam a verdade, vamos colocar gasolina e comentam o assunto, entramos num supermercado e na caixa fazem a mesma observação. Ora bolas, será mesmo necessário usar o facto de estar engripado para fazerem conversa de circunstância? Fiquem calados, ponto!

Desafio L de Livros

08
Set15

l de livros.jpeg

O Homem Certo desafiou-me e como não posso ficar para trás, cá vai o texto que revelará como andam as minhas leituras...

 

Estou a ler: Se Isto É Um Homem, de Primo Levi. Pequeno livro mas que tem estado difícil de ler pelos últimos dias, talvez por andar meio engripado, não sei...

se isto é um homem.jpg

 

O meu livro favorito quando era pequeno: Poderei dizer que tentei completar a colecção O Clube das Chaves de Maria Teresa Maia Gonzalez e Maria do Rosário Pedreira, tendo lido quase todos os livros. Uma das primeiras leituras juvenis e de que gostei.

clube-das-chaves.jpg

  

Estou ansioso por ler: O Pintassilgo, de Donna Tartt. Este é aquele livro que tem vindo mês após mês a ser adiado em espera por umas férias para me conseguir dedicar por inteiro a tanta página. Quero acreditar, pelo que me foi contado, que vou gostar. 

o pintassilgo.jpg

 

 

Um livro que mudou a minha vida: O Mundo de Sofia, da autoria de Jostein Gaarder. A leitura desta excelente obra aconteceu justamente na passagem da fase de leitor adolescente para jovem adulto, tendo sido o primeiro livro de adultos que li. Adorei e fiquei sempre com aquela história na cabeça!