Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Só penso...

08
Jul15

O meu atual pensamento é simples!

Amanhã estou de folga, a semana no trabalho tem corrido melhor do que habitualmente e ainda tenho este extra a meio da semana para descansar. 

Bom! Bom! Bom! Amanhã é para tentar dormir um pouco de manhã e aproveitar da melhor maneira sem fazer grande coisa! 

Só comigo... Chocolates derretidos

08
Jul15

Pronto! Pronto! Pronto! Eu sei e até pensei que a situação podia correr tal e como como aconteceu posteriormente, no entanto optei por seguir em frente e tudo ficou lixado, ou melhor, derretido!

Supermercado, corredor das guloseimas, dois chocolates da marca Continente na mão, uns que foram lançados há pouco tempo, baratinhos e bem saborosos! O tempo a meio da tarde não estava somente quente, estava sim em brasa! Antes de pagar pensei que não iria logo para casa e que aqueles dois produtos poderiam acabar em estado líquido, mas também pensei que poderia correr bem!

Chegado a casa, talvez duas horas depois da saída do supermercado, e quando pego nas compras logo percebo que a rigidez dos dois chocolates já tinha sido transformada em moleza! Sorte foi o chocolate líquido e quente não ter saído pelos cantos da embalagem e encharcado tudo o que estava em seu redor!

Ainda o Sushi Fest

08
Jul15

Só um comentário cor-de-rosa!

A tia Maya e o Nuno Graciano no seu programa matinal no CMTV não comentaram toda a bronca do Sushi Fest que o apresentador organizou? A dupla que gosta tanto de colocar os dentes afiados pela vida e azares dos outros desta vez teve de ficar calada porque o mal foi feito e com a prata da casa.

Coitados, que tiveram de arranjar outro tema de conversa logo no assunto que teria dado tanta conversa da treta, como é hábito por aqueles lados, sobre as horas de espera para se poder comer, as longas filas...

O engraçado é que Nuno Graciano ainda revelou em pleno evento que «houve muitas pessoas que me vieram dar um abraço», de judas, muito certamente. «Quem não gosta de mimos?» quando tudo corre mal e os maiores críticos foram os principais culpados?