Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

02
Jul15

Touradas cruéis

O Informador

Na sala os meus pais insistem em continuar a ver touradas e mais touradas como se aquele espetáculo degradante tivesse bons momentos para aplaudir.

Enfim, nem sempre os gostos familiares são passados de geração em geração. Embora em criança tenha adorado o mundo tauromáquico, hoje abomino completamente e continuo sem perceber quem defende esta prática matadora de animais indefesos num completo show da vida sanguinária ao vivo. 

Vejam as farpas a serem espetadas num touro e imaginem que é em vós, público que venera uma arte histórica tão miserável, que tal crueldade é imposta!

02
Jul15

Durmo sentado

O Informador

Neste preciso momento sinto-me a dormir sentado! Estou à secretária, com o computador ligado à minha frente, a televisão atrás e com o som no volume normal e mesmo assim parece que estou nem aí para tudo o que está à minha volta!

Não sei o que escrever, o que pensar, que série ver, se é que me apetece ver alguma coisa... Estou em estado dorminhoco há alguns minutos e com plena percepção disso!

O que deverei fazer para não me deitar já?

02
Jul15

Roupa de baú

O Informador

Quando os eventos aparecem as pessoas continuam com os pensamentos de que têm de ir todas emproadas e com as suas melhores indumentárias para conseguirem estar bem apresentáveis e ainda serem o centro das atenções. O pior desses momentos é que muitos se esquecessem que o traje escolhido para o dito evento não vê a luz do sol há algum tempo e o cheiro a naftalina que tantas teimam em usar é insuportável.

A roupa saída do baú onde o cheiro é insuportável é desagradável e ponto! Primeiro porque geralmente esse tipo de vestuário já é antigo e não usado nos dias que correm! Em segundo porque os cheiros que tanto adoram colocar dentro dos móveis para proteger de traças e seus primos não ajudam à festa! Em terceiro, será que o ser que se sente bem vestido não percebe o desagrado que o seu lindo conjunto espalha para si e perante os outros?

02
Jul15

Ronco noturno

O Informador

Estaciona-se o carro perto de casa, percorre-se um pouco de rua até chegar ao portão e ouve-se a meio do percurso aquele barulho ronco que vem de algum lado. Rapidamente se percebe que mesmo com o calor todas as janelas da rua estão fechadas mas mesmo assim o som noturno de alguém que dorme consegue chegar junto dos ouvidos de quem passa.

Sério! Fiquei a pensar naquele momento pelos minutos seguintes mesmo quando já estava em casa e deitado a ler! Agora mesmo voltei a lembrar-me de tal momento sonoro porque acabei por perceber que o comboio buzinador é tão rotineiro que já o tinha ouvido anteriormente. 

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook