Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Cenas de pancadaria

04
Abr15

Cenas de pancadaria de borla é qualquer coisa que mistura curiosidade alheia com medo! Sim foi isso que senti ainda há pouco, vendo toda uma cena esperada há algum tempo a acontecer ali ao vivo e em direto e com direito a som e buzinadelas de quem ia passando. Por vezes existem coisas que não imaginamos acontecerem na vida real ou se tal acontece fica-se pela vida ou proximidades dos outros, mas afinal não, todos conseguimos num momento certo assistir a agressões verbais e psicológicas onde ninguém se mete com medo de acabar por levar sem ter culpa alguma!

O que senti ao chegar ao local e perto de pessoas conhecidas? Pensei logo que nada podia fazer, que muito menos me ia colocar no meio da situação porque nem somos próximos, acabando por esperar que as correrias do gato e do rato acabassem, isto porque já cheguei depois dos primeiros momentos, aqueles em que murros e pontapés tiveram destaque, estando já só previsto para mim poder ver o corre atrás do outro, chamando-o e perguntando se quem fugia era «homem» ou não, existindo a mesma questão inversa também. 

No final da história e já com vários mirones por perto, os que fizeram a espera desapareceram deixando uma ameaça ao apanhado de surpresa. Sim, tive algum receio por estar perto de uma situação destas e tenho também algum receio do que poderá acontecer pelos próximos dias com os protagonistas desta história.

Leitura para as férias

04
Abr15

Livros férias.JPG

Embora ainda esteja a ler O Bicho da Seda de Robert Galbraith, ou melhor, de J. K. Rowling, já começo a pensar qual ou quais os livros que levarei comigo para a semana de férias alentejanas que já está a bater à porta!

Confesso que quando comprei O Pintassilgo pensei que iria passar uns meses em trabalho pela zona algarvia, algo que acabou por não acontecer por motivos internos da empresa que decidiu ainda não arriscar no alargamento para sul. Como não fui e não devo ir pelos próximos meses para longe de casa em trabalho tenho andado a guardar esta obra de Donna Tartt para umas férias mais alargadas, o que não será o caso desta vez. Como tal talvez deixe este livro para trás por mais umas semanas!

Agora a dúvida está entre todos os outros com autores como Haruki Murakami, Daniel Silva e Domingos Amaral bem conhecidos e que dão vontade de voltar a pegar nas suas escritas a combaterem com as novidades pessoais de Pedro Chagas Freitas, Lisa Genova e Henning Mankell. Entre isto existe A misteriosa Mulher da Ópera, um romance escrito a sete mãos nacionais e que também poderá ser uma das opções literárias da próxima semana. 

Não ficou na foto mas existe ainda a hipótese de ler A Chave de Salomão de José Rodrigues dos Santos, A Mansão Thurston de Danielle Stell, Cem Anos de Solidão de Gabriel Garcia Márquez, E Depois do Amor de Ray Kluun e A Minha Vida com George de Judith Summers.