Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

02
Abr15

Nô e Eu em Passatempo

O Informador

Nô e Eu.jpg

Há dias chegou a Portugal um dos livros que tem feito algum sucesso a nível europeu! Nô e Eu, da autoria de Delphine de Vigan, aterrou por terras lusas através da editora Guerra e Paz e agora um exemplar do mesmo poderá estar a caminho de casa de um dos participantes deste passatempo.

Lou, uma adolescente sobredotada, e Nô, uma sem-abrigo de 18 anos, nada têm em comum. Conhecem-se e começa uma viagem que mudará as suas vidas para sempre. Doce e amarga, narrada por uma adolescente de 13 anos, esta é a história de amizade que comoveu e conquistou milhões de leitores em todo o mundo.

Lou tem 13 anos, um Q.I. de 160 e muitas perguntas na cabeça. Filha única de uma família à beira da separação, a tímida Lou inventa teorias para se apro­priar do mundo e combater a solidão. Na Gare de Austerlitz, em Paris, conhece Nô, uma adolescente sem-abrigo, com 18 anos, cujo rosto cansado, as roupas sujas, o silêncio, a errância e solidão questionam o mundo.

Enquanto centenas de pessoas dormem na rua, sem ter o que comer, e caminham para não morrerem de frio, nós dizemos «As coisas são como são» – eis o que nos basta para explicar e aceitar a violência que nos rodeia. Mas Lou quer que as coisas sejam diferentes, que a Terra gire ao contrário, que cada um encontre o seu lugar. Decide salvar Nô, dar-lhe um tecto, uma família, lan­çando-se numa enorme aventura contra o destino. Contra tudo e contra todos.

Romance de aprendizagem, Nô e Eu é um sonho de adolescência submetido ao duro teste da realidade. Um olhar de criança precoce, naïf e lúcido, sobre a miséria do mundo. Um olhar de menina que cresceu demasiado rápido, melancólico e pleno de imaginação. Um olhar sobre o que nunca nos abandona, aconteça o que acontecer.

Este passatempo vai decorrer até ao dia 12 de Abril e para se habilitarem a um exemplar do livro só têm de:

  • Fazer Gosto nas páginas de Facebook d' O Informador e da Guerra e Paz.
  • Preencher o formulário que se segue onde só é permitida apenas uma participação por endereço de e-mail.

Após o final do prazo de participação publicarei o nome do vencedor que será seleccionado através do sistema random.org.

02
Abr15

As mentiras...

O Informador

Ups! Já passou o Dia das Mentiras e não elaborei aquela peta que ninguém consegue apanhar! Este ano não menti, não pensei sequer em mentir mas tentaram que caísse em algumas mentirinhas daquelas sobre as quais logo se dá conta só de lembrar em que dia anual estamos!

Da gravidez ao auto despedimento, houve mentiras para todos os gostos, não esquecendo separações e ruturas. Não acreditei na maioria e só agora ao escrever este texto é que penso se a compra que uma certa pessoa diz ter feito não será também mentira. Na realidade vi a dita aquisição e nem pensei que fosse mentira por ter visto, no entanto e agora que estou a pensar melhor, será que o que vi não seria de outra pessoa ou simplesmente um empréstimo? Pelos próximos dias, assim como quem não quer a coisa para não dar nas vistas, tenho então de perceber se aquela que julguei ser uma verdade também não será uma mentira de 1 de Abril! 

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook