Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Estreia de A Única Mulher

15
Mar15

A nova novela da autoria de Maria João Mira e André Ramalho para a TVI foi preparada com uma grande produção e anunciada com toda a pompa e circunstância de uma grande obra de ficção. Agora que estreou não defradou em nada as expetativas no seu primeiro episódio e conseguiu até surpreender depois de tanto mistério e curiosidade!

Uma imagem excelente, um elenco acima do bom, a banda sonora desejada e capaz de chamar um outro tipo de público que não é habitual e uma forte história de amor, não fosse a autora uma romântica quando escreve, são os pratos fortes desta trama que envolve Portugal com Angola num clima bem hostil de preconceitos, amores e poder. 

Gostei da primeira impressão de A Única Mulher! Aqui está a prova que quando antes as coisas correm mal depois aparece um novo produto com um outro cuidado e rigor, não querendo deixar a herança de boa ficção nacional de anos que o canal tem para trás assim de mão beijada. Esta novela tem qualidade, agora é não deixar que as coisas descambem, continuando a apostar no que foi feito com este episódio de estreia que acabou por surpreender e colocou as redes sociais em polvorosa com comentários e opiniões bem risonhos com poucos a afirmarem o contrário, o que não é muito comum neste tipo de coisas.

O Alf na minha infância!

15
Mar15

As recordações aparecem em qualquer ponto e através de um dos episódios da terceira temporada da série A Teoria do Big Bang voltei à minha infância, quando todos os Sábados ia para casa dos meus avós, onde a minha madrinha ainda vivia na altura, e brincava com o seu Alf, o pequeno peluche que se agarrava aos cortinados graças às suas mãos em mola!

O boneco era pequeno, talvez do tamanho de um telemóvel e como a conhecida série televisiva tinha estado em altas por esses anos, lá estava esta representação da personagem pendurada pelo cortinado do quarto da minha tia/madrinha. Eu, criança que era e curioso, todos os Sábados lá tinha que ia mexer no boneco, mudá-lo de sítio e posição, coisa que se mantinha por uma semana até voltar a poder fazer o mesmo.

A série começou a ser transmitida em 1986, ano em que nasci, pela NBC, mas rapidamente conquistou o mundo, incluindo o nosso país, por onde passou através da RTP, na altura apelidada de Canal 1.