Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

05
Mar15

Simone no Festival. Sério?

O Informador

Todos me irão cair em cima mas gostaria muito de perceber qual o motivo de ver Simone de Oliveira na corrida para representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção deste ano.

Primeiro quero afirmar que gosto bastante do trabalho da cantora, compositora, atriz e um sem fim de profissões. Mas agora não percebo qual o motivo para ver a senhora como uma das concorrentes ao primeiro lugar para representar o nosso país ao lado da maioria dos europeus. 

Simone já cantou muito, já deu também muito ao som nacional, no entanto o seu tempo já passou! Nota-se na sua voz que já não está para estas altas cantorias, tendo todo um arsenal do passado bem visto por todos, não necessitando de festivais para se fazer notar nos dias que correm.

Simone de Oliveira não deveria entrar nesta competição por já não ter voz para o fazer, dando lugar a alguém que pudesse representar o nosso país da melhor maneira, de forma cantada e não falada com um sonzito por trás.

05
Mar15

Margarida Rebelo Pinto, palavra política!

O Informador

Este vídeo remete-nos para 2013, no entanto só agora tive conhecimento sobre o mesmo através das redes sociais! A autora de romances cheios de preliminares e tias mostrou-se na altura do lado do governo de Passos Coelho, defendendo a forte austeridade que foi implementada no país há uns anos, criticando ainda a pouca inteligência da civilização por não compreender tais decisões. 

Sim, também defendo que era necessário apertar o cinto e que várias das medidas implementadas tinham que aparecer mais cedo ou mais tarde, isto porque estávamos e continuamos mal, só que se nada fosse feito acabariamos por ficar ainda numa pior situação com um retorno à normalidade bem mais complicado.

Agora continuamos mal, não tanto como há uns tempos, a economia começa a mexer de forma muito lenta e os comentários sobre a opinião de Margarida continuam a surgir deitando abaixo estas declarações de forma rude. Será que a autora não tinha mesmo razão no que disse? Eu vejo que sim e sei de muita boa gente que afirma publicamente que todas as medidas são exageradas mas que no fundo percebem que as mesmas tinham de ser feitas para um futuro talvez mais sólido. Mal já estávamos, continuariamos a piorar e o mal estava feito, tentou-se dar uma mãozinha à crise a médio prazo e as coisas parecem ter resultado. 

05
Mar15

Teremos de ter aulas?

O Informador

Tomé Março 2015.jpg

Tem menos de um ano, um garoto ainda, e se entende praticamente tudo, sendo até obdiente quando quer algo em troca, no que toca ao resto por vezes esquece-se da hierarquia que existe por aqui!

Então não é que num passeio matinal, quando ia solto ao meu lado ou um pouco à larga sem fugir muito do radar, e quando começa a aparecer um carro ao longe o começo a chamar, ele, o Tomé, me começa a correr no sentido inverso ao meu? Chamei ainda mais e comecei a apressar o passo para corrida o que acabou por ainda piorar a situação com o menino a achar que estávamos na brincadeira e tinha de fugir para se tornar ainda mais divertido. No final quando o alcancei e agarrei, voltou para a trela e pelo caminho até casa ficamos em modo «zanga» sem brincadeiras e à-vontades. 

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook