Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

As 50 Sombras delas!

12
Fev15

Sim, quero ir ver o filme inspirado no livro 50 Sombras de Grey por querer compreender o que leva tantas mulheres à loucura por este romance recheado de sexo e pornografia pura e dura!

Elas sonham muitas vezes com o que não têm em casa e ao que parece, não posso ter a certeza, porque falo simplesmente pelo que ouvi sobre os livros, E. L. James elaborou de forma exemplar o que qualquer mulher gostaria de ter românticamente e na maior parte dos casos não se consegue aproximar. O amor, a dedicação e vontade do outro pela felicidade fazem parte da vida conjugal, mas em 50 Sombras além da perfeição o envolvimento vai mais longe, acabando por cair em cenas de sadomasoquismo.

Quererá o sexo feminino também mostrar que com o fanatismo nesta história a violência e forma de estar das suas personagens deveriam ser a lei da vida em geral?

Aguardo as boas-vindas ao Sapo!

12
Fev15

Upa! Upa! Agora sim, posso afirmar que estou no universo dos blogues Sapo, aquele onde muitos mas não todos estão inseridos. Andei quase dois anos e meio por aí a vaguear sozinho, num espaço que não estava sincronizado com os seus semelhantes. No entanto, ao fim deste tempo pensei que tudo poderá ser melhor se pertencer ao núcleo dos outros, aqueles que também partilham o mesmo gosto pela escrita e partilha social!

O Informador aproximou-se assim dos seus semelhantes pelas últimas horas e esta entrada no mundo da sapiência só poderá correr bem! Aguardo agora as boas-vindas da vossa parte! Até já!

Peso da idade

12
Fev15

A idade, aquele tormento sobre o qual todos avisam e de que ninguém faz caso. Hoje, aos 28, afirmo que a energia e vontade de há anos atrás já não existe. A genica e flexibilidade de que outrora nem sentia falta agora ficam meio empenadas, não percebendo onde ficaram as vontades e forças no tempo.

Aproveitem a vida a cada momento enquanto jovens, sem problemas e contas para pagar. Sigam os percursos desejados, roubando a boa disposição que o mundo espalha e a sociedade manipula. O tempo passa num instante e quando se dá por isso já os anos ficaram para trás, o peso da idade começa a aparecer e o amanhã já existe só por si, sem ideias e ansiedades prematuras.

Hoje não me sinto de todo com as capacidades de há uns anos atrás, olhando para os mais novos com a frescura que já me caracterizou e que agora já não consigo sentir. Não me queixo porque estou bem como estou, com as capacidades que fui construindo e conquistando, tendo deixando as garras rebeldes para trás e procurando o meu rumo, cada vez mais caseiro e calmo. No entanto sinto a diferença, aquela que sempre achei que não iria aparecer, aquela que só atacava os outros!

Pessoal mais novo, aproveitem ao máximo enquanto a energia reina nas vossas vidas porque por muito que queiram contrariar, daqui a uns aninhos já não conseguem ter a mesma pedalada do presente! Fiquem bem, fiquem com moderação e boa disposição!