Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

30.11.13

Mais vistos de Novembro


O Informador

O mês de Novembro chega agora ao fim e com ele, tal como eu quero que seja habitual no final de cada mês, vou revelar os textos mais vistos ao longo dos últimos trinta dias aqui pelo blogue. Se por um lado tenho os residentes que continuaram a ocupar lugares de destaque de Outubro para cá, por outro existem os mais recentes que também conseguiram chegar ao pódio dos mais vistos!

  1. O Informador [Página Principal] - http://oinformador.com/
  2. O carro do filho de Cristiano Ronaldo - http://oinformador.com/o-carro-do-filho-de-cristiano-ronaldo/
  3. Ups! O Coelho é uma Ave - http://oinformador.com/ups-o-coelho-e-uma-ave/
  4. Cristina Ferreira, a diretora - http://oinformador.com/cristina-ferreira-a-diretora/
  5. Pepsi vs. Ronaldo - http://oinformador.com/pepsi-vs-ronaldo/
  6. Passatempo – A Culpa - http://oinformador.com/passatempo-a-culpa/
  7. Novo café Nespresso no Continente - http://oinformador.com/novo-cafe-nespresso-no-continente/
  8. Cristina Ferreira soma e segue - http://oinformador.com/cristina-ferreira-soma-e-segue/
  9. Passatempo - Mary Poppins, a Mulher que Salvou o Mundo - http://oinformador.com/passatempo-mary-poppins-a-mulher-que-salvou-o-mundo/
  10. Primark invade o Colombo - http://oinformador.com/primark-invade-o-colombo/

É bom continuar mês após mês a partilhar com todos esta minha casa e poder ver que o que escrevo e mostro é visto cada vez por mais pessoas! Aos poucos o crescimento sustentado acontece! Obrigado!

30.11.13

Blogue do Mês - Devaneios de um Adolescente


O Informador

Devaneios de um Adolescente

«Um blog de um adolescente de 17 anos que escreve bastante... mas ainda há muito para escrever.»

Tudo começa com a frase de apresentação que o Alexandre Fernandes escolheu para dar as boas-vindas aos leitores que aparecem pela sua casa virtual por hábito e gosto ou porque lá foram parar por algum motivo. Devaneios de um Adolescente foi a escolha d' O Informador para o Blogue do Mês de Novembro!

Tenho que revelar que em tempos pertenci a um grupo de jovens com a mania que tinham o poder de fazerem notícias sobre o mundo televisivo em alguns sites e blogues dedicados ao tema e foi aí que comecei a conhecer, online, este adolescente cheio de devaneios. Ele aparecia pelos fóruns com os seus comentários e depois ingressou na equipa que liderava. Comecei a visitar o seu blogue a partir desse momento e agora, mesmo já não estando em contacto tão direto consigo, visito-o e sigo as suas aventuras e ideias que são partilhadas com o mundo.

Eu adoro o modo como o Alexandre tem desenvolvido o seu Devaneios de um Adolescente, onde ao longo do tempo tem mostrado que está a crescer no mundo da escrita, colocando muitos senhores das letras de lado através da sua forma de ver e mostrar a sociedade com palavras proferidas com vontade e sentimento.

O Alexandre tem crescido e o seu blogue tem vindo a acompanhar o percurso para a fase adulta e espero que quem lhe tem piscado o olho na imprensa, através das entrevistas e comentários que já deu para fazerem notícias consigo, sejam só o principio de algo que tem potencial para crescer dentro do mundo da comunicação. A dedicação, o desempenho e os pés assentes na terra estão consigo, falta agora manter o nível e não deixar que o comboio desalinhe!

Ele é um adolescente com alma de gente grande!

29.11.13

Uma Noite em Nova Iorque


O Informador

Uma noite em nova iorqueUma Noite em Nova Iorque revelou-se o romance esperado... Calmo, preenchido, simples e, embora com uma curta história, agradável para qualquer leitor que procure sentimentos fortes sem grandes complicações na escrita e palavras!

Tiago Rebelo é um dos romancistas nacionais que mais me tem conquistado, tendo já lido vários dos seus livros, no entanto e porque nos últimos tempos tenho andado meio ausente dos lançamentos que tem feito, agora chegou a vez de recuperar o tempo perdido e com a escrita deste homem é sempre bom aproveitar para descansar das elaboradas histórias complexas e que me deixam de cabeça à roda. Com as obras de Rebelo é fácil descomprimir de um mau livro lido anteriormente porque através dos seus romances tudo se torna descomplexado.

Uma Noite em Nova Iorque cruza dois trios amorosos numa única história onde tudo aponta para verdadeiros desgostos de amor em que todos parecem prontos para enfrentarem a solidão só que o final surpreende. Mais de seis vidas são levadas ao longo de quase duzentas páginas com os cruzamentos e desafios que lhes vão sendo impostos, deixando corações despedaçados em detrimento de outros. No final, o casal protagonista, que só se cruza em breves momentos sem nenhuma intenção, percebe que afinal também pode ter «a nossa vida»!

Um romance inspirador que mostra que nunca é tarde para voltar a amar, nem que para isso se tenha que sofrer, errar e viajar para encontrar finalmente um porto seguro que também andou a deambular em busca do verdadeiro amor!

Sinopse: Uma Noite em Nova Iorque é uma complexa história de encontros e desencontros, promessas e desilusões; mas também uma história de descoberta e de esperança, que reflecte o dilema dos protagonistas divididos entre duas forças poderosas: a obrigação de perpetuar uma união que já não lhes traz alegria e a urgência de correr atrás de uma enorme paixão que mais não é do que uma carta fechada. Com uma década de produção literária recheada de êxitos, Tiago Rebelo é um dos escritores portugueses mais lidos e preferidos pelo público, sendo os seus livros presença habitual nos lugares cimeiros das principais tabelas de vendas nacionais. Com títulos disponíveis em diversos países, desde o Brasil a Angola e Moçambique, foi igualmente editado Itália e Argentina. A par da actividade literária, Tiago Rebelo tem já uma longa carreira de jornalista, sendo actualmente editor executivo na TVI, e escrevendo regularmente para a revista do Correio da Manhã. Depois de enormes sucessos como O Último Ano em Luanda e O Tempo dos Amores Perfeitos, Tiago Rebelo regressa com um novo romance de enorme envolvência psicológica. Em Uma Noite em Nova Iorque, o autor descreve com um realismo surpreendente e sem concessões a falsas emoções a complexidade de vidas que se cruzam.

29.11.13

Pinipons na cadeira do Pai Natal


O Informador

piniponsO Natal chegou e com ele as famosas casas do Pai mais conhecido do mundo começaram a aparecer pelos mais diversos locais do nosso país, de centros comerciais a movimentados espaços públicos ao ar livre, todos têm um cantinho para a moradia natalícia. Nós, invadimos um dos tronos e deu nisto!

Sempre sentimos que aquela cadeira um dia iria ser nossa por uns momentos e aqui está a prova que existem locais que ficam bem com todos, desde que o poder esteja presente. Oh para o trio de Pinipons tão bem sentado na poltrona do famoso Pai que consegue estar à mesma hora em vários locais do mundo.

Um pormenor, aquela cadeira revelou-me que antes e depois de mim se sentaram duas pessoas que adoro!

28.11.13

Mais perfumes


O Informador

PerfumesNas últimas semanas têm-me aparecido perfumes por todos os lados... Ofertas, presentes, compras! E agora e porque já os tinha encomendado antes de todos os outros que me apareceram, eis que chegaram os primeiros perfumes que uso da marca Yves Rocher!

Nature Pour Homme e o Evidence fazem a partir de agora parte da minha prateleira de perfumes, uns mais adocicados, outros mais ácidos e os mais suaves. Agora «há de tudo como na farmácia», isto falando de aromas, marcas e preços!

28.11.13

Promoções literárias


O Informador

Assim de um momento para o outro comecei a ver que várias livrarias começaram a fazer promoções nos seus sites dia sim, dia sim! Será que a indústria dos livros anda em baixo ou é o contrário a acontecer e com isto dá-se o fenómeno do aumento das vendas, fazendo com que os leitores se entusiasmem e no lugar de um comprem dois ou mais livros de uma só vez?!

É que desde o Verão que parece que todas as livrarias e locais que vendem livros online começaram a espoletar com promoções e ofertas por todos os lados. Existem as que oferecem 20%, 30%, 50% ou mesmo 70% de desconto numa vasta gama de livros, outras que oferecem a totalidade do valor da fatura para uma próxima compra, os que dão vales de oferta por uma compra para uma posterior e os livros que trazem outro como acompanhante sem valores acrescentados. Agora os livros estão mais caros porque o seu imposto aumentou a desfavor da cultura do país, mas os seus vendedores tornaram-se mais competitivos e oferecem por outros meios descontos para atraírem o público.

Como gosto de ler, não resisto a estas promoções e tenho que me controlar para não gastar dinheiro a mais. Hoje tento fazer o racionamento das compras literárias porque já percebi que as promoções e descontos não aparecem de longe a longe como antes, estando elas presentes agora praticamente todas as semanas pelos sites dos principais vendedores de livros do país.

27.11.13

Missão Sorriso


O Informador
http://www.youtube.com/watch?v=8JXPuoivRRg

A Missão Sorriso está de volta para poder alimentar o futuro de várias crianças e adultos. Pessoas que precisam da ajuda de todos nós para uma vida melhor, através de cuidados de saúde continuados pelos hospitais do nosso país. 

Os supermercados Continente aliaram-se em mais um ano à TVI e são os rostos do canal a fazerem passar a mensagem de que a Missão Sorriso é de todos!

É bom poder ajudar através de um gesto tão fácil porque hoje são eles, amanhã nunca se sabe quem poderá estar do lado de lá. Eu ainda não fiz a minha contribuição, mas nos próximos dias farei a boa acção que se transforma num dever social.

Um gesto para ajudar a criar sorrisos! É bom partilhar!

27.11.13

Banho de água fria


O Informador

Final de tarde, na rua um frio de rachar qualquer corpo e em casa prepara-se o banho! Tudo preparado, entra-se na banheira e os primeiros minutos acontecem com toda a normalidade, até que a água quente, que vinha a correr do chuveiro, dá lugar à fria e corpo e cabelo estão com gel e shampoo respetivamente. O desejo de qualquer um acaba de acontecer!

Sem ninguém em casa para mudar a bilha de gás e com o corpo ensaboado o que poderia fazer então? Render-me aos factos e não criar argumentos desnecessários para estar na banheira, com frio e com a água desligada à espera que um milagre acontecesse. Pois, a opção só poderia mesmo ser, voltar a ligar a torneira, deixar que a água gelada percorresse o meu corpo e tentar despachar o final do banho o mais rapidamente possível.

Foi um verdadeiro banho de água fria!

26.11.13

Jantar de Natal... Não, Obrigado!


O Informador

Já o ano passado avisei que não contassem comigo para o jantar de Natal da empresa e este ano já o voltei a fazer para que não me voltem a chatear sobre o assunto porque nem quero saber quem come, se comem ou se deixam de comer!

Não estou interessado na integração num possível jantar de Natal da empresa porque neste momento vejo tudo de pernas para o ar, com cada um a puxar para o seu lado, com palavras ditas e pensadas e sem necessidade alguma de se criarem confrontos desnecessários. Sinto-me no meio de uma batedeira que roda e roda e torna a dar frutos podres que aparecem no meu dia-a-dia. Começo a perceber que é um sacrifício diário ter de conviver num mau ambiente onde não me quero encaixar e que só me faz pensar em como as pessoas são más umas para as outras!

Quem quiser que se junte e finja uma bela amizade laboral porque eu não entro no filme para ficar bem na fotografia que andam a pintar de várias cores e onde os burrões aparecerem!

26.11.13

Bons estudantes vs. Bons profissionais


O Informador

Os tempos não estão fáceis e a falta de emprego é muita! Os jovens que terminam os seus cursos não se conseguem encaixar nas áreas para as quais andaram a estudar ao longo de vários anos. No entanto os que têm a sorte de conseguirem logo um lugar nem sempre têm capacidades para assumirem tais funções. Podem ter tido boas notas ao longo dos anos em que foram estudantes, mas é na prática que se percebem os bons profissionais que acabaram de sair das faculdades. Contratar pelas boas notas mesmo que a pessoa venha a revelar-se um mau profissional ou encontrar um aluno razoável, que sempre se mostrou empenhado e que sabe bem o que está a fazer? Bons alunos e bons profissionais nem sempre andam de maus dadas!

É cada vez mais notório o facto das grandes empresas resgatarem das portas das salas de aulas bons alunos para serem encaixados nos seus escritórios e locais para os quais são necessários só porque estes se mostraram os melhores estudantes ao longo dos seus percursos pelos exames e teses. A questão que se coloca é que por se terem boas notas, ao longo de três ou quatro anos, isso não quer dizer que essa pessoa seja um bom administrador ou um bom médico, capaz de lidar com o dia-a-dia das pessoas que estão à sua volta, uma vez que as relações pessoais que têm de ser mantidas ao longo do percurso profissional não é uma matéria de estudo mas sim um comportamento que se vai adquirindo através do convívio e da educação que a pessoa foi tendo ao longo da sua vida. Ser um bom estudante nem sempre quer dizer que essa pessoa esteja preparada para lidar com os problemas profissionais com que não se deparou enquanto andava a marrar com os livros para se mostrar o melhor e o mais empenhado.

Não aceito a ideia de ter que ser atendido por uma pessoa que está sentada a uma secretária a fazer o seu serviço sem ter a noção do que é a relação com o outro, sem perceber que não está ali como um robô que tem de mostrar as suas capacidades como foi mostrando ao longo dos seus anos de estudante. Por se terem boas notas isso não significa em nada que se será um bom profissional, capaz de enfrentar os desafios que lhe são colocados pela frente. Aliás, na maioria dos casos a que já tive acesso, os supostos bons revelam-se os piores profissionais no futuro por acharem que aprenderam tudo e que não têm nada a provar à sociedade, estando a ocupar determinado cargo porque o merecem. Isso não é assim e prefiro ver o crescimento da humildade de quem mostra ter muito para aprender depois de ter sido um aluno razoável, a deparar-me com os senhores todo-poderosos das suas funções que mais não sabem além daquilo que aprenderam através das resmas que foram adquirindo ao longo dos anos.

Os bons profissionais tornam-se assim pela prática que não se adquire somente nos estudos e os supostos bons estudantes revelam-se profissionais de palmo e meio com muito para aprender! Se tiver de escolher no campo profissional um bom estudante, que terminou o seu curso com boas notas e que supostamente sabe tudo o que está a fazer ou uma pessoa que se mostra empenhada para crescer e continuar a aprender, a minha opção é fácil de ser tomada!

Existem por aí muitos trabalhadores a desempenharem as suas funções sem uma ponta de crença e vontade no que estão a fazer! A vida é assim e determinados lugares seriam tão bem ocupados por quem os merece! Injustiças!

Pág. 1/6