Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Banner billboard da campanha 50 livros com 50% desconto
30.09.13

Férias à vista


O Informador

O final de Setembro acontece e com ele chegam os primeiros dias de Outubro, ficando assim bem mais próximo dos meus últimos dias de férias deste ano. A partir de dia 6 estou oficialmente de férias e embora me pareça que o Alentejo me espera, ainda penso que irei para outro local, não sei é bem qual!

Não foi pensado nada e tudo indica que o destino será mesmo a zona alentejana, entre Évora e Alcácer do Sal, no entanto os planos poderão mudar se os preços andarem convidativos e o local for bom para descansar e aproveitar bem estes dias de descanso, pelos quais tanto anseio, e que terão de ser bem aproveitados.

Aceitam-se sugestões para uma semana de férias por uma boa zona e com o tempo outonal já a fazer companhia!

30.09.13

Casa dos Segredos [Estreia]


O Informador

Teresa Guilherme abriu as portas da quarta edição de Secret Story - Casa dos Segredos e ao lado da Voz deu as boas vindas aos novos moradores da casa da Venda do Pinheiro. A estreia, segundo O Informador!

Uma apresentadora livre e espontânea, embora sempre com os velhos trocadilhos que acabam por cansar, uma produção que não passa de mais do mesmo e uns concorrentes que prometem mais polémica que os anteriores. Poderia a primeira gala correr melhor? Podia e devia, porque tudo me pareceu feito sem grande brilho, revelando-se um serão em que está no ar mais uma noite normal do programa já habitual dos serões de Domingo nesta altura do ano, na TVI. Os concorrentes entraram com a chuva a dar sinais do mau tempo que se tem feito sentir pelo país nos últimos dias e isso para a apresentadora é sinal de bons resultados porque tudo fica abençoado, mas os valores não surgem por si só e a produção poderia estar bem mais aprumada para mostrar os primeiros momentos de todos os jogadores de outra forma, dando-lhes entradas diferentes e criando uma verdadeira estreia, com direito a brindes e novidades.

Além dos segredos, alguns mais polémicos do que o habitual e outros que não passam de mais do mesmo, tudo nesta estreia não passou de uma continuação do que foi feito o ano passado, com uma diferença, a forma de estar destes novos rostos é a polémica e isso notou-se logo através das suas entradas e das histórias que os envolvem no passado e que se irão transportar para dentro da casa.

Aguardo a continuação dos próximos episódios porque tudo indica que, desta vez, as bombas vão rebentar bem cedo e os concorrentes ainda não estão todos dentro da casa, sendo que alguns entram uma semana depois. Uma edição que promete muita polémica, com os seus diários a serem mostrados em horários diferentes do habitual e com rostos diferentes na condução dos mesmos. Vamos lá ver como corre esta continuação da novela da vida real...

29.09.13

Vou ler... Ilha Teresa


O Informador

Ilha TeresaRichard Zimler é uma estreia para mim, no entanto já é uma vontade de há algum tempo e devido a Ilha Teresa, o livro que irei começar agora a ler.

Desde que foi lançado, em 2011, que este romance do autor, que trocou a América por Portugal, me tem atraído. Primeiramente a sua capa chamou-me a atenção e depois a sua história, que pode representar bem a realidade de uma jovem que de um momento para o outro vê a sua vida transformada pelos pais que decidem mudar de país sem pensarem que não vivem só os dois e que existem paixões e raízes já criadas por um ser com quinze anos que acaba por sofrer com toda a mudança.

Comprei o Ilha Teresa em segunda mão, algo raro em mim, mas o bom estado em que as suas páginas e capa se encontram e a vontade de o ler falaram mais alto. Assim, por cinco euros, consigo ter esta boa literatura, pelo menos assim o espero, como companhia!

O Informador em busca da Ilha da Teresa! Aí vou eu!

Sinopse: A vida de Teresa muda radicalmente quando os pais deixam Lisboa para irem viver em Nova Iorque. Não estando preparada para a vida na América, com dificuldade para se exprimir em inglês, Teresa encontra refúgio no seu particular sentido de humor e no único amigo, Angel, um rapaz brasileiro de 16 anos, bonito, mas desastrado, que adora John Lennon e a sua música. Mas o mundo de Teresa desmorona-se completamente quando o pai morre e a deixa, a ela e ao irmão mais novo, com uma mãe negligente e consumista.Os problemas de Teresa confluem para um clímax de desespero no dia 8 de Dezembro de 2009 - aniversário da morte de John Lennon - quando ela e Angel fazem uma peregrinação ao Memorial Strawberry Fields Forever em Central Park. Aí, um terrível acontecimento que nunca poderia ter previsto devolve-a à vida e ao amor.Em Ilha Teresa, Richard Zimler conta-nos num estilo inteligente, irreverente e com uma certa dose de humor negro a história de Teresa, uma rapariga de 15 anos, sensível e espirituosa, cujo equilíbrio e sentido de identidade se vêem ameaçados quando a sua família deixa Lisboa para ir viver nos subúrbios de Nova Iorque.Num registo um pouco diferente do habitual, mas igualmente brilhante, Richard Zimler continua a maravilhar-nos pela forma convincente como nos transporta para o admirável mundo das suas personagens.

29.09.13

Casa dos Segredos [Expectativas]


O Informador

Três edições do Secret Story - Casa dos Segredos já lá vão e hoje estreia a sua quarta temporada, quatro anos depois de Júlia Pinheiro ter dado as boas vindas, ao lado da famosa Voz, aos primeiros concorrentes. Agora e depois das duas anteriores edições deste reality show terem sido apresentadas por Teresa Guilherme, a mestre está de volta, poucos meses depois de ter estado à frente da condução de Big Brother Vip. As minhas expetativas quanto a esta nova temporada do SS? Vai ser mais polémica que as anteriores!

A primeira edição foi a mais calma e a que envolveu mais o jogo que era pretendido neste programa, a da descoberta dos segredos dos vários concorrentes que se tinham que enfrentar para um lugar na final através das suas histórias dentro e fora do programa. Após os primeiros concorrentes, que foram conduzidos por Júlia, Teresa pegou no formato e apresentou a segunda edição e aí surgiu um outro tipo de jogo, o do amor, o da discussão e a polémica aumentou, mas não como aconteceu com a terceira, e até aqui, a última versão do reality show. O terceiro grupo de concorrentes tornou a Casa dos Segredos num jogo recheado de polémica, do início ao fim! Eles amaram-se e odiaram-se, discutiram e brigaram, envolveram-se e beijaram-se e a produção conseguiu mudar o jogo a favor das boas audiências e foi criando jogos que só serviram para apimentar os sentimentos dos jogadores. O SS3 foi ao rubro e como correu bem, agora espera-se algo do género e ainda mais polémico!

A quarta edição do programa está prestes a começar, os concorrentes escolhidos, a casa pronta, apresentadores e equipa preparados e os espetadores à espera! O que falta agora? A hora H acontecer e tudo recomeçar! Eu vou ver esta estreia e acredito que o formato vai ser bem mais puxado que o do ano passado, e se a discussão e não só aconteciam quase diariamente, desta vez os concorrentes foram minuciosamente escolhidos para não terem complexos em criar «barraco» porque é isso que chama o público e traz bons valores ao canal, neste caso à TVI. O SS4 vai subir a fasquia das edições anteriores e agora sim tudo será feito para todos falaram e comentarem o que aqueles concorrentes andam a fazer dentro de quatro paredes... Se a casa não for abaixo, claro está!

28.09.13

40 horas da Função Pública


O Informador

Percebo todos os protestos que os funcionários públicos têm feito contra a alteração da lei que os irá fazer trabalharem 40 horas por semana porque se tivesse na mesma situação também não gostaria de ser obrigado a aceitar tal medida. Mas por outro lado, concordo com a decisão dos nossos governantes porque se quem trabalha no privado tem que as fazer, porque os outros não? Ora bolas!

A economia vai mal, e embora existam sinais de melhoramento, não se podem atirar os festejos ao ar e esta decisão já andava a ser tomada há algum tempo só que os adiamentos foram acontecendo porque os públicos são muitos e têm sempre feito pressão para não trabalharem mais que as 35 horas a que estão habituados.

Antes era um privilégio trabalhar para o Estado, mas nos dias que correm tudo é igual e as outroras regalias já não existem, estando tudo mais unânime. Podem-me atirar pedras e basucas porque eu não estou do lado dos funcionários públicos, muito menos daqueles que tratam os cidadãos que lhes pagam o ordenado como ralé quando se está perante um balcão de atendimento e parece que tudo está a ser feito como um frete!

Eu, que trabalho num sistema privado, tenho que trabalhar 40 horas por semana para trazer o meu ordenado completo para casa. Os públicos agora também o terão que fazer porque não são nem mais nem menos que eu! Temos pena!

28.09.13

Rato novo


O Informador

RatoUm computador praticamente como novo, depois de uns dias com pancadas devido à minha grande habilidade a instalar e desinstalar anti vírus, e um rato avariado... Agora tudo mudou e já tenho o novo acessório!

Foi na Fnac que, por 9,99€, comprei este novo rato, da Targus. Pequeno como o que tinha anteriormente, com duas teclas e uma roda e já está! Não sou dado a jogos para ter um rato todo elaborado e cheio de botões, luzes e com um tamanho enorme, por isso ter feito esta escolha!

Um bom preço e que dá perfeitamente para o que quero, ainda para mais é pequeno, tem o pormenor de poder regular o fio, se quiser estar mais perto ou longe do computador, e assim está o meu stress resolvido, porque ter de usar o rectângulo que vem incluído no portátil não dá mesmo para mim!

27.09.13

O Fim da Inocência


O Informador

O fim da inocênciaO Fim da Inocência não é um livro para mentes fechadas e que não estão preparadas para enfrentarem a realidade sobre os jovens. No entanto, é um bom diário de bordo sobre uma adolescente que viveu a vida no limite desde cedo e que cresceu com as consequências que todas as suas acções lhe provocaram por querer ser uma mulher quando ainda não passava de uma menina.

Com uma escrita simples, real e sem cortes, Francisco Salgueiro, consegue com este livro retratar na perfeição um diário que poderia ser o de uma jovem qualquer dos nossos dias, neste caso a Inês. Embora acredite que este retrato de diário é muito levado ao extremo porque o que é contado, capítulo após capítulo, torna-se quase irreal de tão forte que é, O Fim da Inocência relata as vivências dos jovens de hoje.

Droga, sexo, risco, confronto, mentira... Nos dias que correm tudo começa a acontecer de forma bem precoce na vida dos miúdos e as descobertas acontecem quando e onde menos se espera e se por um lado uns podem descobrir e ficar-se por aí, existe sempre quem queira mais, influenciados ou não pelas companhias que procuram as mesmas experiências, querendo crescer e viver como adultos despreocupados. Neste diário secreto de uma adolescente portuguesa, o autor transforma-se na jovem e conta como tudo aconteceu, desde a sua primeira vez sexual, com rapazes e raparigas, a dois e em grupo, com drogas ou sem as mesmas, com e sem preservativo. O limite é a palavra que melhor descreve a vida desta Inês e que me levou várias vezes a pensar, isto não é real porque é para lá da realidade, mas pelos vistos acontece!

Este bom livro de Salgueiro consegue prender o leitor que fica página a página à espera dos novos pormenores, em busca do que irá acontecer e do que esta menina rebelde vai viver nos próximos momentos. E embora eu acredite que as coisas não se passaram como são contadas, mostrando esta obra várias vivências e não só a de uma jovem, a forma como tudo é contado cria um enlace, com quem está a descobrir esta Inês e os seus amigos, que não se consegue parar de ler, querendo sempre mais.

Eu, que já tinha confessado ter gozado com os meus colegas de trabalho que andaram a ler O Fim da Inocência, fiquei rendido não só ao livro, mas também à forma prática, leve e despreocupada do autor que se colocou na pele de uma jovem e relatou o que esta lhe foi contado via email, telefone e cara-a-cara, usando e abusando de todos os pormenores e artimanhas das palavras para retratar tal e qual o que lhe foi contado.

A Inês percebeu que os limites com que viveu ao longo de vários anos tinham de parar e só existiu um caminho a seguir para tudo acalmar e se poder recomeçar uma nova vida! Quantos não conseguem fazer o mesmo?

Um diário real e chocante da geração de facilidades que os pais desconhecem! Aconselho!

Sinopse: Aos olhos do mundo, Inês é a menina perfeita. Frequenta um dos melhores colégios nos arredores de Lisboa e relaciona-se com filhos de embaixadores e presidentes de grandes empresas. Por detrás das aparências, a realidade é outra, e bem distinta. Inês e os seus amigos são consumidores regulares de drogas, participam em arriscados jogos sexuais e utilizam desregradamente a internet, transformando as suas vidas numa espiral marcada pelo descontrolo físico e emocional. Francisco Salgueiro dá voz à história real e chocante de uma adolescente portuguesa, contada na primeira pessoa. Um aviso para os pais estarem mais atentos ao que se passa nas suas casas.

27.09.13

4,27g/l de Sónia Brazão


O Informador

Um bom tempo depois e na véspera de Sónia Brazão começar a ser julgada devido à explosão que aconteceu no seu apartamento, surge a notícia que as análises feitas à atriz após o acidente, revelaram que a mesma tinha 4,27g/l de álcool no sangue. Isto não será algo estranho?

Primeiro por tal notícia só aparecer agora, à porta do início do julgamento, e depois porque 4,27g/l não é assim um peso tão leve e com esta percentagem a Sónia já deveria estar em coma. Existem bons motivos dos vizinhos e, por acréscimo, dos advogados de acusação para a Sónia ser revelada culpada deste acidente e tudo leva a crer tal desfecho, sendo titular de um aparente crime, mas será que esta alta taxa de alcoolemia aconteceu mesmo? É que é bem elevada para uma pessoa só, para mais e se bem me lembro, a atriz estava naquele momento acompanhada pela mãe, o que não me parece que seja um motivo para a bebida em demasia aparecer assim do nada.

Um caso que sempre foi estranho, através das suas verdades e mentiras e que talvez, mesmo após o julgamento, nunca se saberá a verdade, tal e qual como aconteceu. A Sónia conta a sua versão e os vizinhos a outra realidade, quem mente e quem omite mais pormenores? Uma incógnita que nem o tribunal conseguirá resolver porque as dúvidas ficarão para sempre no ar, seja qual for o desfecho deste caso!

26.09.13

Cacto mexicano


O Informador

Cacto mexicanoUma oferta inesperada! Um cacto mexicano chegou até mim como um presente amoroso e a ideia é engraçada!

Eu, que nunca fui de gostar de cactos por ter uma relação algo complicada com os mesmos, agora terei de cuidar deste pequeno e com o pormenor de estar equipado como se fosse um autêntico mexicano. Já me piquei, claro está e quando o mudar de vaso mais picadelas irei levar.

Agora uma questão, será que o chapéu, bigode e olhos vão continuar a sobreviver por entre tanto pico ou é melhor retirá-los?

26.09.13

Vendedor na Fnac


O Informador

Não, eu não estou a trabalhar na Fnac, e o que quero dizer com o título que escolhi para este texto é que a partir de agora todos podemos ser Vendedores em www.fnac.pt.

Isto foi uma coisa que descobri ao ir consultar o saldo do meu cartão Fnac, quando me apareceu na minha conta uma área denominada de A minha conta de Vendedor - Gerir a minha conta Vendedor. Oh, o que é isto? Pois, pelo que me dá a entender pela explicação que me foi apresentada, parece-me algo do género dos sites de vendas em segunda mão...

Vender os seus CDs, DVDs, jogos, livros ... ? É possível na Fnac.pt!

A partir de hoje poderá vender os seus produtos novos ou usados na Fnac.pt

  • Pode colocar facilmente os seus produtos online decidindo qual o preço de venda. Não existe sistema de leilão.
  • Colocar à venda os seus produtos é gratuito! Apenas paga uma comissão sobre a venda do artigo.
  • Ser-lhe-á imediatamente enviado um email quando existir uma encomenda de um dos seus produtos.
  • Escolha o modo de pagamento que mais lhe convém: ou imediatamente através de cheque oferta virtual e-Tanto, ou por transferências bancárias automáticas a cada 10 dias.

O Informador ainda não fez a sua conta de vendedor no portal da Fnac, mas existem por aqui alguns videojogos, e não só, com vontade de terem novos donos! Quem sabe...

Pág. 1/6