Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Vou ler... O Homem de Constantinopla

07.10.13Publicado por O Informador

O Homem deAno após ano tenho lido os romances ficcionais e inspirados na vida real da autoria de José Rodrigues dos Santos e este ano não será excepção!

Com a Gradiva como editora, como é habitual, o jornalista e pivô da RTP volta a lançar uma nova obra ficcional inspirada em factos reais. Através de Kaloust, um homem que ajudou a mudar o mundo das artes, José Rodrigues dos Santos apresenta a história aos seus leitores e mais um sucesso da literatura parece estar feito.

Vamos a ele...

Sinopse: O Império Otomano desmorona-se e a minoria arménia é perseguida. Apanhada na voragem dos acontecimentos, a família Sarkisian refugia-se em Constantinopla. Apesar da tragédia que o rodeia, o pequeno Kaloust deixa-se encantar pela grande capital imperial e é ao atravessar o Bósforo que pela primeira vez formula a pergunta que havia de o perseguir a vida inteira:

“O que é a beleza?”

Cruzou-se com a mesma interrogação no rosto níveo da tímida Nunuphar, nos traços coloridos e vigorosos das telas de Rembrandt e na arquitectura complexa do traiçoeiro mundo dos negócios, arrastando-o para uma busca que fez dele o maior coleccionador de arte do seu tempo.Mas Kaloust foi mais longe do que isso:

Tornou-se o homem mais rico do planeta.

Inspirado em factos reais, O Homem de Constantinopla reproduz a extraordinária vida do misterioso arménio que mudou o mundo – e consagra definitivamente José Rodrigues dos Santos como autor maior das letras portuguesas e um dos grandes escritores contemporâneos.

Para os interessados e mais distraídos, como eu, é bom salientar que este livro, O Homen de Constantinopla terá continuação através de um outro, Um Milionário em Lisboa.