Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Verão estranho em Agosto

Agosto de 2017 não está a começar da melhor maneira como o mês mais quente e que a todos convida para assentarem arraiais pelas praias deste país. Várias horas em que o sol fica tapado pelas nuvens, um vento desagradável para quem gosta de desfrutar da praia em sossego e sem levar com areia a todo o momento e as ameaças esporádicas de chuva não ajudam nada os fãs deste mês para tirarem umas ricas férias onde sonham atingir um bronze perfeito para regressarem ao dia-a-dia com um vigor reforçado graças ao sol e ao descanso que obtiveram. Parece-me que o querido mês de Agosto este ano não está de modas e deixou-se influenciar por um tempo mais virado para o Outono.

Nunca fui fã de tirar férias nestas semanas supostamente mais quentes e com as multidões a invadirem as praias, os estabelecimentos comerciais em zonas tradicionalmente mais movimentadas neste período e os preços a serem inflacionados a pensar no consumismo desenfreado a que os dias de pausa como que obrigam por existirem subsídios para gastar. Mas é certo que a maioria dos portugueses continua a apostar nas semanas de Agosto para tirarem férias, mas este ano parece que tiveram azar se o tempo continuar frouxo e a fazer caretas ao longo dos dias. Não está um calor constante, não existe um céu limpo de manhã à noite, existindo sim a presença de vento que arrasta areias movediças pela praia fora e um nevoeiro por vezes desmoralizador, deixando aquela ideia de um Verão com altas temperaturas de lado.

Praia? Nem pensar!

2017 é aquele ano em que férias de Verão não existem por aqui e sabem que mais? Não sinto falta alguma de ter uma ou duas semanas de pausa para viajar até uma vila algarvia e poder usufruir de uns dias de tempo quente na praia, a estorricar ou a fugir do sol. 

Na verdade pensei que não seria tão fácil de ultrapassar esta altura do ano sem usufruir de férias e poder ganhar uma cor morena com idas à praia e piscina. Além de não ter férias em tempo quente este ano, não gosto de ir aos fins-de-semana para a praia, com enchentes por todo o lado. Fui habituado de pequeno a ir para a praia de semana e utilizar os Sábados e Domingos para descansar e hoje, aos 30 anos, continuo a ter os mesmos hábitos que outrora. 

Ora se este ano não posso ir de semana porque optei por arranjar emprego antes do previsto após mês e meio desempregado, e se só quero utilizar os dias a que já tenho direito no Outono, então o que me resta fazer? Nada! É trabalhar e descansar ao fim-de-semana, aproveitando para dar umas voltas pela zona sem colocar o pé na areia. 

Preciso de uns óculos de sol

Só para vos informar, assim como quem não quer a coisa, que preciso de uns óculos de sol novos porque os dois que tenho aguentaram os meses chuvosos e quando o bom tempo aparecia quando lhe apetecia, mas agora que o Verão está praticamente ai já não dá. Existe até um dos pares, por sinal o que mais gosto, que ao ter lentes azuis espelhadas, bastou um risco para logo ficarem marcados e aos poucos o risco parece estar em fase de crescimento.

No Verão uns bons óculos de sol são necessários e pelas próximas semanas terei de pensar num passeio por lojas especializadas para ver quais as novidades que estão na berra este ano porque aquelas lentes já não estão em condições para os meses que se aproximam. 

O calor não me conquista

Ainda agora começou a sério e já estou farto de tanto calor! A maioria da população portuguesa adora o tempo quente para se atirarem para as praias, já eu este ano parece que nem vontade tenho de me ir banhar pelas águas salgadas.

As altas temperaturas que se têm feito sentir esta semana já me deixam zonzo. De ar condicionado ligado todo o dia e a sentir que estou com um calor horrível enquanto trabalho. Bebo água até mais não, fico sem fome e a roupa parece pegar-se ao corpo a toda a hora.

O Verão é uma época pesada para ser ultrapassada, para mais junto de quem nem faz tenção de ir até à praia muitas vezes pelos próximos meses. Só de pensar que não tenho férias no Verão este ano porque mal entrei para a empresa e de também não ter vontade de ir aos fins-de-semana para a praia só para não me cansar da viagem logo dá vontade de dar um salto temporal de três meses e aparecer em Setembro com o tempo a começar a refrescar. 

Se umas certas pessoas abrirem este texto logo me vão enviar mensagens escritas por não querer ir até à praia nos dias livres mas nem todos gostamos das mesmas coisas, felizmente, e a cada ano que passa a vontade de meter os pés na areia parece que vai diminuindo. 

Tendências Primavera/Verão

As temperaturas sobem e as marcas já apostaram nas suas novas coleções de Primavera/Verão 2017 e existem corta-ventos e sapatos/ténis bem coloridos e agradáveis prontos para serem comprados na tentativa de ajudarem a alegrar os meses que se aproximam. 

Dos sapatos da Nobrand, que tanto conseguem ter um estilo clássico como descontraído, aos corta-vento que sempre nos devem acompanhar porque os serões por vezes convidam a vestir uma manga comprida só por precaução da Caiágua. As novas coleção de ambas as marcas agradam-me bastante e acredito que não serei o único a espreitar os catálogos que já se encontram disponíveis.

Férias a caminho!

férias setembro.jpg

Deixem-me dizer-vos que daqui a uns dias estou oficialmente de férias por duas semanas seguidas! Não sei para onde vamos porque não existe nada marcado nem combinado oficialmente, mas até lá as coisas resolvem-se e existirá um destino a chamar pelo nosso nome a partir do dia 17 de Setembro.

Quando todos já estiverem a trabalhar, muitos já cansados das semanas após as férias, lá vou eu descansar, apanhar ainda algum sol - sim, porque o ano passado em Outubro ainda fui uma semana para a praia sem problemas temporais - e desfrutar da segunda fase de descanso deste ano. Ainda ficarão a faltar uns dias de pausa, mas primeiro é gozar o que já aí vem!

As noites já não são o que eram!

De há uns dias para cá que os serões já não estão como estavam há umas semanas atrás! O tempo quente continua a fazer-se sentir ao longo do dia e o sol a convidar para umas belas horas de praia ou piscina, no entanto quando o final de tarde começa a surgir e o crepúsculo aos poucos se vai aproximando as temperaturas começam a alterar-se e mostram que esta segunda quinze de Agosto já não faz parte da época alta que decorria ao longo de vinte e quatro horas sempre com temperaturas altas, seja dia ou noite. 

As noites já não são o que eram há uns dias atrás e quanto a isso não nos podemos opor porque quando nos deitávamos só surgiam queixas sobre o calor, agora que chegou o fresco ao serão aguentamos e não resmungamos. 

Ginásio com horário de Verão

Ao longo do ano o ginásio tem um horário, em Julho reduzem horas matinais por questões de férias e em Agosto deixam a redução feita em Julho a decorrer e ainda cortam ao final do dia uma hora! Ou seja, quem não vai de férias tem de alterar a sua vida se quiser continuar a ir ao ginásio durante o Verão porque a direção opta por pensar que a maioria não estará presente e os que estão que se amanhem!

Na verdade não gostei lá muito desta redução de horários porque não tenho culpa que os funcionários, que até são alguns, vão de férias ao mesmo tempo e que a maioria dos clientes também parta para outras paragens por esta altura! Eu estou presente e só voltarei a ter férias no final de Setembro! Nessa altura reduzirão o horário do estabelecimento porque não estarei presente?

Os calções!

Confesso ao Mundo que não gosto de vestir calções para andar no dia-a-dia! Na praia, piscina ou para fazer exercício tem de ser e nunca questionei, mas para sair ou andar por aí não gosto de circular com calções! Ontem resolvi deixar as calças em casa e deixar a perna ao léu... Só que se de manhã o tempo parecia que iríamos ter um dia cheio de calor bem perto dos quarenta graus, rapidamente percebi antes de almoço que a ideia dos calções tinha saído furada!

Logo no dia em que resolvi deixar as calças de lado é que o sol acabou por ficar escondido, o vento surgiu e o tempo em geral acabou por arrefecer! Uma pessoa evita e depois quando finalmente dá o braço a torcer tudo muda para talvez mostrar que vale mais ficar quieto e usar a perna longa em detrimento dos perna curta!

Água, o bem indispensável!

copo de água.jpg

O calor chegou em força e a pessoa que antes nem bebia assim tanta água, agora anda quase de garrafa atrelada ao longo do dia! O esforço já passou a hábito e nem custou assim tanto!

Primeiro deixei de beber sumos ou outro tipo de bebidas às refeições em casa e no trabalho, deixando ficar os almoços e jantares fora com as bebidas habituais porque uma vez por outra não faz mal a ninguém quebrar a rotina. Depois comecei a tornar rigorosa a ideia de que tinha de beber água ao longo de todo o dia e não somente às refeições e quando a sede apertava mesmo até deixar a garganta seca. Agora bebo pelas horas de trabalho perto de três litros de água, duas garrafas de litro e meio, ainda acrescentando os dois copos ao jantar, a garrafa que me acompanha no ginásio e a da mesa-de-cabeceira que é praticamente consumida na sua totalidade antes de me deitar. 

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários recentes

  • Juca

    Para mim essa é a ideia mais errada... Jesus Crist...

  • Juca

    A base da fé da religião católica é acreditar nos ...

  • Juca

    Tenho a dizer que se na igreja que frequenta não e...

  • Cláudia - Mulher XL

    Tanta coisa que a Igreja podia fazer com toda a fo...

  • Cláudia - Mulher XL

    Ora aí está uma grande questão! É o eterno síndrom...

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________