Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

22
Mar17

Londres e o Mundo, de novo em alerta!


O Informador

londres.jpg

Londres está de novo debaixo de fogo com os terroristas a darem sinais de vida com um novo ataque junto ao parlamento britânico. Cinco mortos e quarenta feridos através de atropelamentos e esfaqueamentos entre a ponte de Westminster e o parlamento. 

Sempre iremos viver com o medo instalado. Outrora volta e meia éramos aterrorizados com atentados de forma espaçada, de anos a anos, e com menos gravidade, mas agora e desde que o 11 de Setembro aconteceu que o Mundo mudou. Consecutivamente somos atingidos com homicidas em série que estudam pormenorizadamente o que fazer para causar o terror com várias mortes num só local para que todos fiquem em alerta.

Estes momentos cada vez mais constantes voltam sempre a colocar o sensor pessoal em alerta, pelo menos é assim que funciono, com estas notícias. Os receios de frequentar locais com uma maior quantidade de pessoas e propícios a que este tipo de atentados aconteçam voltam a surgir e quando tudo parece começar a ficar esquecido lá voltamos a ser confrontados com algo do género.

22
Jul16

Estamos em Guerra!


O Informador

França, Turquia e Alemanha foram alguns dos últimos países a serem alvo de ataques terroristas e com pouco tempo de diferença entre cada movimento terrorista contra a sociedade. Estamos oficialmente em período de guerra sem que os países que estão a ser atacados ou na linha de futuros ataques quererem admitir o que está cada vez mais perante o olhar e pensamento verídico de todos nós?!

30
Mar16

Medo do Terrorismo


O Informador

Com os mais recentes atentados na Europa começo a dar por mim a chegar a locais mais movimentados e a pensar que na verdade não devia ter seguido aquele caminho, devendo sim ter optado por um programa mais pacato e solitário. Das primeiras vezes o medo apareceu mas o pensamento de que poderia chegar junto de nós não existia com tanta densidade porque foram casos mais isolados. Agora as coisas estão a ficar tensas e os mais recentes atentados têm vindo um após outro sem grande espaço de tempo de separação, causando um maior impacto em todos nós. 

Até ao momento Portugal tem estado num cantinho isolado e muitos dizem que os terroristas não se lembrarão de nós por estarmos quietos e pacatos. No entanto não consigo ter tal pensamento e acredito que mais dia menos dia o nosso cantinho será também alvo de algum atentando porque a missão de quem destrói e causa o pânico é só uma... Conquistar e causar o terror entre os povos que não estão do seu lado! Nós podemos não ser uma oposição direta mas também não estamos do mesmo lado da barreira islâmica!

O que acontecerá? Muito provavelmente uns ataques bem planeados em locais de maior movimento da nossa capital. Sei que poderemos estar atentos ao que poderá andar por aí mas também já está provado que por muita atenção que se tenha, o controlo não é total e a tragédia poderá acontecer.

16
Nov15

Continuamos em Paris


O Informador

Neste momento assistir aos principais noticiários que passam pelos canais generalistas torna-se complicado! Os atentados em Paris estão em destaque, como é evidente, e a cada hora que passa novas imagens e pormenores macabros têm sido revelados, recontando a história trágica que pode bater à porta de qualquer um!

Enquanto se toma o pequeno-almoço, almoça ou janta, as noticias vão passando, deixando o garfo estático por uns tempos enquanto se assistem a imagens de luto, ouvem-se histórias macabras do fatídico serão e recontam-se aqueles momentos de várias perspectivas, acrescentando novos pormenores que revelam como tudo aconteceu. Ataques terroristas que podiam apanhar qualquer cidadão comum sem culpa alguma das decisões dos líderes da nação que acabam por mexer com um mundo em reboliço, cada vez com uma maior vontade de ter um pequeno ponto para tocar no inimigo que tantas vezes mora ao lado. 

O que pensar agora sobre frequentar locais públicos onde aglomerados se concentram? Tenho a confessar que com estes recentes atentados penso ao longo do dia-a-dia que uma bomba poderá explodir numa sala de cinema, num centro comercial, supermercado, teatro, sala de espectáculos, casino... onde poderei estar! Estamos seguros em algum lado? Não, para mais quando estamos num país onde a segurança parece existir porque não têm existido acidentes do género. Se os mesmos atracarem em Portugal é bem previsível que não exista uma preparação de acção imediata.

13
Nov15

França


O Informador

image.png

As primeiras notícias surgiram ao final do jantar e agora, quando o dia já estava praticamente terminado e preparava-me para deitar após um pouco de leitura e televisão, eis que os diretos televisivos começaram a surgir sobre o estado de emergência na capital francesa. Ataques em salas de espetáculos, centros comerciais, restaurantes e pelas ruas sucedem-se, causando o pânico e aglomerando mortos e feridos por toda a cidade de Paris. Como tudo pode acontecer de um momento para o outro numa sociedade onde se assistia ao jogo França X Alemanha, uma banda atuava e o cidadãos viviam as suas rotinas como todos nós.

Estou um pouco em choque, lembrando-me neste momento do fatídico 11 de Setembro, quando após o almoço me preparava para sair de casa e fiquei agarrado ao que estava a acontecer ao longe e foi sentido por todo o mundo.

Neste momento os olhos estão postos em França e acredito que estes atentados terroristas tão conectados entre si não se ficarão por aqui, trazendo várias consequências consigo para os próximos tempos para os franceses e para todos os europeus que voltam a ganhar novos medos.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • Cláudia C Silva

    Eu cá gosto quando falas de reality shows e de esc...

  • P. P.

    Apesar de tudo, quero acreditar que algumas crianç...

  • P. P.

    Adorei a imagem escolhida. Penso que tens tudo par...

  • O Informador

    Seja católica ou não, acho que vai praticamente tu...

  • O Informador

    Nada de doces no Natal então...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador