Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

19
Set17

Stress? Eis os alimentos que o combatem!


O Informador

salmão.jpg

As pessoas que sofrem de algum stress acima do normal podem descansar porque surgem notícias com dados comprovados com alguns alimentos que podem ajudar os stressados desta vida!

No dia-a-dia todos estamos sujeitos a situações de stress, quer seja em casa, no trabalho, no trânsito ou até nas compras, mas existem alimentos que podem ajudar a tranquilizar o mais stressado de todos nós. O site Health divulgou a lista com os cinco alimentos que mais apoiam a redução do stress que se pode manifestar de várias formas emocionais, pelo cansaço e dores corporais. 

As verduras que ao produzirem dopamina, um químico cerebral responsável pelo prazer e que acabam por acalmar os níveis de tensão. O chocolate negro tão bem conhecido por ser um ótimo anti-stress através dos antioxidantes do cacau que ajudam a provocar um efeito relaxante sobre os vasos sanguíneos, ajudando a uma melhor circulação. O salmão por ser um peixe rico em ómega3 com as suas propriedades anti-inflamatórias. O peito de peru por ser rico em triptófano, o aminoácido que ajuda a regular a fome e os sentimentos de bem-estar e felicidade. E o iogurte que apoia a regulação de um possível mal-estar que o stress pode colocar através de dores intestinais. 

18
Mar15

Uma curiosidade pessoal... Rádio do carro


O Informador

Sou complicado com tanta coisa e hoje, pela manhã, enquanto ia em direcção ao emprego reparei em como também gosto de acertar o volume do rádio do carro! Uma simples curiosidade pessoal que mostra mais um pormenor sobre as minhas taras e manias!

Confusão na explicação? Então vamos lá descomplicar este texto... O volume do som do meu carro tem de ir sempre em números múltiplos de cinco (5, 10, 15, 20, 25, 30), não existindo excepções. Já tinha reparado nesta minha teima até com os números que aparecem pelo ecrã do rádio mas agora é que percebi que é mesmo um hábito e se por algum motivo reparo que o volume está fora das coordenadas ideias, lá tenho que alterar para um dos números certos e que são assim os perfeitos para as viagens!

07
Out14

Stress alentejano! O que é isso?


O Informador

As diferenças de região para região pelo nosso país fazem-se notar explicitamente quando nos deixamos ficar vários dias seguidos por outra zona que não é a nossa. Andar pelo Alentejo, fugindo da confusão dos arredores lisboetas, é sempre um bom presságio de descanso e paz de espírito, longe das correrias e complicações do dia-a-dia stressante que todos acabamos por causar em simultâneo.

Pelo Alentejo tudo acontece com tempo, longe das corridas matinais para ir trabalhar, fora dos problemas com os colegas! Não digo que as coisas não existam, mas de outra forma. Parece que por aqui tudo aparece e é resolvido de outra maneira, com tempo e sem grandes alaridos. Pela zona alentejana não encontramos carros a alta velocidade porque a hora para entrar no emprego já está a chegar, não existem pessoas complicadas pelos supermercados e tudo tem o seu momento para acontecer.

Os cafés enchem-se de pessoas, de ano para ano existem novidades pelos estabelecimentos que são renovados num instante e os donos não se deixam ficar com o que têm, trabalhando para servir a comunidade e para terem lucro. Entrar no local onde tive há uns meses e perceber que tudo é novo porque é sempre necessário reformular ajuda a perceber que por aqui tudo está em mudança contínua, existindo sempre tempo e ajudas para tudo poder acontecer a favor da mudança melhorada. 

Pelo Alentejo rural o stress da cidade não existe, reinando a calma e paz onde até trabalhar não deve custar tanto como para nós, que vivemos pelos grandes centros urbanos a correr, chateados com a vida, percebendo que um e outro estão sempre prontos para nos fazerem a folha ao virar da esquina.

A favor da falta de complicações e dos horários corridos mudava-me para aqui! No entanto a falta de vários serviços e o facto de não ter tudo a dez minutos de casa iria acabar por causar-me o caos, numa vida habituada e farta da correria, mas sem querer ficar quase isolado do mundo!

30
Mai14

Pazes tecnológicas feitas


O Informador

Há uns dias contei que não me andava a dar lá muito bem com a tecnologia que alia o computador e a impressora aqui de casa! Agora posso dizer que as pazes já foram feitas e que depois de várias tentativas percebi qual o problema que andava a abusar da minha paciência! Tudo se resumia a um programa de anti-vírus - Yac - que se instalou não sei como pelo portátil e que bloqueava a comunicação entre o programa Adobe Reader e a impressora HP.

Com talvez duas horas ou mais de insistência ao longo de três dias e de algumas asneiras à mistura, lá consegui chegar à conclusão sobre o que se passava, isto depois de ter começado a ver que, quando tentava imprimir algo que tivesse em PDF, aparecia no canto inferior direito do ecrã um aviso de alerta do tal programa anti-vírus que não foi bem-vindo ao computador e que só andava a bloquear os meus mandamentos para com o aparelho.

Imprimi o que queria, já tenho assim as faturas do MEO armazenadas pela pasta física à qual são destinadas e agora só aguardo que os comprovativos dos pagamentos automáticos cheguem por correio.

A tecnologia e eu nem sempre nos damos bem isto porque gosto que tudo esteja ao meu dispor sem atrapalhar e sem rasteiras, quando assim não acontece as coisas já não correm bem e começo logo a ficar sem paciência e com os nervos a darem sinais de existência.

Problema resolvido!

09
Mar13

Os livros e o estado de espiríto


O Informador

Já não é a primeira vez que isto me acontece, mas agora que ando a ler A Vida de Pi, da autoria de Yann Martel, tenho detectado que talvez estes dias não fossem os melhores para ter este livro do meu lado.

Ao ser um livro de pensamento e que remete muito para o que a personagem vai vivendo com os outros, mas principalmente consigo próprio, com o que sente e pensa, esta leitura está a exigir de mim um pouco de sacrifício. Acho que não devia ter lido este livro nestes dias, não ando triste, nem nada disso, mas parece-me que agora queria algo mais rápido, talvez um romance leve, que me fizesse viver a vida de alguém nos momentos em que estou a ler, mas sem ter que pensar e andar no mundo filosófico.

A Vida de Pi não é mesmo o livro que devia estar a ler neste momento. Todos os que o leram e viram o filme só têm coisas boas a dizer, eu, até ao momento, não estou a achar assim nada de especial, podendo dizer que até é muito lento e secante. Tudo tem o seu tempo para acontecer, este não era o momento certo para ter esta leitura entre mãos. Apetece-me deixar isto de lado e pegar em outra coisa, mas não gosto de tomar tal atitude com os livros, por isso agora vou até ao fim e quem sabe um dia, num momento mais espiritual, o volte a ler para o absorver de outra forma.

Sou tão complicado que até mete nervos!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador