Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

21
Jun17

Sensacionalismo por Pedrógão Grande


O Informador

pedrógão grande.png

Nos dias trágicos sobre o acidente de Pedrógão Grande e tudo o que tem surgido depois com uma imensa área territorial a arder, todos os meios de comunicação social viraram sensacionalistas. Acho que não é difícil perceber o que quero dizer já que os factos têm-se refletido pelas reportagens televisivas dos principais canais nacionais e seus parceiros de informação.  

Através da transmissão de imagens chocantes em direto os canais informativos tentaram criar impacto junto do espetador usando e abusando da tragédia de Pedrogão Grande que continua a devastar quilómetros de área onde não é só a mata que fica em cinzas. 

Portugal não está preparado para este tipo de situações e os meios de comunicação social ao apanharem um caso tão forte acabaram por usar e abusar da situação, criando um alarido onde vale tudo para se ser o melhor, para mostrar o que dá audiências, recorrendo a depoimentos de pessoas sensibilizadas e que perderam familiares e os seus bens, optando por mostrar corpos espalhados, feridos a serem socorridos, num autêntico cenário de guerra a ser mostrado em direto nos canais generalistas e informativos nacionais. 

Nos últimos anos assistiu-se a uma alteração no modo de se fazer notícia, tentou-se criar uma informação mais rigorosa que desse outra imagem ao que era feito e transmitido ao espetador, no entanto quando acontecimentos de maior envergadura aparecem, todos acabam por cair no erro do facilitismo com o impacto onde a situação leva a comportamentos controversos e onde os momentos sensíveis, tocantes e polémicos surgem através de profissionais que se desequilibram de um momento para o outro pela pressão de querer ser o melhor e reconhecido nos momentos de aflição. 

20
Set14

Escrita e títulos sensacionalistas


O Informador

O tempo vai passando, as coisas vão sendo alteradas mas tenho que admitir que existem factos que não consigo modificar totalmente! Quando comecei a partilhar assuntos e opiniões pelo mundo da internet, quer tenha sido através de sites, blogues ou fóruns, sempre me disseram que criava títulos e escrevia de forma sensacionalista para chamar as pessoas com a finalidade de lerem o conteúdo do artigo. Agora dizem-me que faço o mesmo, embora de forma mais suave, mas com a mesma força!

Não consigo criar um texto e dar a minha opinião sem fazer uma boa chamada de atenção através do seu título e das primeiras palavras que partilho! Não tirei qualquer curso de jornalismo, não andei em workshops de escrita - até ao momento - e o que fui fazendo nesta área das palavras foi aprendido pela escola e com o tempo. Se partilho algum sensacionalismo através dos artigos de opinião que publico, não tenho culpa de ser assim porque isto é meu, foi assim que fui evoluindo e é assim que acho que tenho que continuar a fazer.

O Informador tem seguido a linha do tempo desta forma, sendo direto ou não com as palavras que deixo fugirem pelo teclado do computador ou pelo ecrã do telemóvel. Se tenho um estilo sensacionalista nos meus textos e se sou criticado por isso, só tenho que respeitar as opiniões que estão do outro lado, no entanto mudar não consigo mudar, só consigo ser como sou!

Sensacionalista ou não eu sou assim e não me irei alterar de forma repentina só porque sou criticado por algo que acho que está correcto! Cada um tem o seu estilo e este é o meu!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • marta-omeucanto

    Em termos de operadora de telemóvel, continuo com ...

  • O Informador

    Até agora estou a gostar da leitura que se torna b...

  • O Informador

    Irão sempre arranjar maneira de não fazerem a devo...

  • O Informador

    Euro a euro conseguirão lá chegar!

  • O Informador

    Não sei se a editora envia para o Brasil, mas pode...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador