Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

11
Set17

Dores de Segunda


O Informador

Não sei que se passará mas sei uma coisa... As Segundas-feiras andam a dar-me algum tormento, tudo porque já é a terceira semana que acordo no primeiro dia da semana de trabalho com dores por todo o corpo que até penso que me terá passado um camião por cima e não terei sentido nada!

Músculos apanhados ao ponto de me custar a andar e com os braços então parece que andei a levantar pesos como se tivesse ido ao ginásio e abusado na dose como na primeira vez. Acordo literalmente partidinho, sem vontade de abrir os olhos e para levantar é um castigo, deixando o despertador tocar mas ficando em espera que o tempo passe devagar para adiar o inevitável. O corpo sente-se no primeiro dia de trabalho da semana e se não fosse saber que até tenho descansado ao fim-de-semana pensaria que tinha de acalmar a «vida louca» dos dias de pausa. 

Parece-me bem que o corpo não gosta nada das Segundas-feiras, mas talvez saiba a razão... Não consigo dormir tanto de Domingo para Segunda porque na noite anterior abuso e prolongo um pouco as horas de cama! Será que a idade tem peso nesta matéria? Não quero acreditar nessa ideia perseguidora que surge na mente de todos consoante os anos vão avançando, mas acaba por ser inevitável!

16
Mar15

Manhãs solarengas


O Informador

Como é bom aproveitar uma manhã de pausa por uma esplanada e um livro como companheiro em tempos de viragem e descrença sobre pensamentos e vontades da vida. Acordar cedo depois de dormir menos do que o desejado, levantar semi bem disposto, tomar o pequeno almoço e sair, pensando que existe uma mesa ao sol em espera, um café bem tirado e uma vontade enorme para descansar. 

09
Mar15

Aproveitar a semana


O Informador

Pare de reclamar.jpeg 

Seria tão bom dizer isto por uma Segunda-feira, mas infelizmente não consigo acordar depois de um Domingo bem passado de descanso e ter tal pensamento! A semana corre sempre da melhor maneira quando é feita longe da normalidade e pressão laboral!

Tudo seria tão bom se pudesse dizer à Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado e Domingo que estou a aproveitar na perfeição a semana!

23
Ago14

Um Sábado em casa... Tão bom!


O Informador

O meu emprego só me deixa ficar um Sábado de seis em seis semanas em casa e posso dizer que estes raros momentos de fim-de-semana alargado sabem tão bem como se fossem umas mini férias!

Acordar um pouco mais tarde a um Sábado, poder passear pela manhã, beber café à beira rio, desfrutar da leitura do jornal diário e do livro e ainda ter tempo para colocar a conversa em dia, jogar pelo telemóvel e tirar algumas fotografias torna sempre as manhãs dos raros Sábados livres que tenho especiais. A maioria das pessoas quando termina o trabalho à Sexta-feira logo fica de fim-de-semana e passa dois dias de descanso a aproveitar a sua pausa, por aqui o Domingo é sempre certo, no entanto o outro dia de paragem laboral ao ser rotativo faz com que só de longe a longe consiga aproveitar uma paragem mais alargada.

Sábado, Domingo e Segunda-feira são os dias longe do trabalho por esta semana e sabem sempre tão bem que nem consigo descrever a sensação de conseguir estar com um verdadeiro fim-de-semana alargado por casa e a poder ir onde quero sem pensar que no dia seguinte já estarei de novo fechado durante mais de oito horas num só local de onde não convém sair. 

Estou de fim-de-semana e a desfrutar do meu Sábado que agora só voltará no início de Outubro!

02
Jun14

As manhãs de segunda-feira


O Informador

Manhã de segunda-feira, aquelas horas que aparecem depois da noite que surgiu após o fim-de-semana, aqueles dias de descanso que são desejados e que passam com uma rapidez incrível. Não, as manhãs do primeiro dia de trabalho não são fáceis por aqui e acredito que para ninguém. Acordar e pensar que estamos prestes a entrar no local de trabalho para mais cinco dias laborais, para oito horas diárias de prisão longe da boa vida ao ar livre e do descanso que se dissipou há poucas horas atrás.

As manhãs de segunda-feira que batem à porta são péssimas! Custa-me adormecer pelo serão de Domingo e depois o acordar é pesado e cheio de vontade de continuar deitado, agarrado a uma baixa almofada que me faz companhia ao longo de todas as noites. Perceber que a claridade exterior já bate nas janelas e que são horas de levantar e pôr-me a mexer para o começo de uma semana é sempre aquele momento que podia perfeitamente ser deixado de lado!

Acordo, abro as janelas, despacho-me e minutos depois entro no local, aquele que me acolhe na maioria dos dias da minha atual vida, penso que é apenas o início de uma semana... Todos estão em modo off porque é de manhã e além disso é segunda-feira! As manhãs são sempre péssimas, mas no final da semana tudo acontece de outra forma, já existem os pensamentos de que faltam poucas horas para aqueles mágicos dias por casa, a dar um passeio à beira-mar ou a aproveitar o sol numa esplanada com um bom livro como companhia!

Não, não quero existir nas segundas-feiras de manhã, quero continuar a dormir até ao almoço, entrar em acção ao final do dia e perceber que no outro dia tudo já passou e que o mau início de semana já não vai acontecer, tendo ficado para trás, não sendo vivido e não sendo pesado!

As manhãs de segunda-feira são feias, mal cheirosas, carregadas de negativismo e embaraçosas! Não, não quero viver estes momentos de terror! Já passou?

14
Abr14

Adormecer ao Domingo


O Informador

E porque ao Sábado deito tarde e ao Domingo fico a dormir até quase à hora de almoço, quando chega o momento de deitar para voltar a acordar na manhã de Segunda-feira tudo se torna complicado! Dou voltas e voltas na escuridão do quarto e o sono não aparece... Conclusão: a pior noite é sempre a primeira da semana!

Tentar adormecer em vão de Domingo para Segunda, saber que vou acordar cedo para ir trabalhar e não conseguir ter as horas a que estou habituado dormir por dia causa-me aflição. Já sei que quando me enfio na cama por obrigação depois de desligar as luzes e os barulhos do quarto não consigo adormecer com a facilidade com que nos outros dias o faço. Rebolo e começo a pensar no dia seguinte, levanto-me e volto a deitar, ligo e desligo as luzes e tudo para passar a hora ou mesmo horas em que fico acordado a desperdiçar o tempo porque quero dormir e não consigo, ficando sem fazer nada com confiança que os olhos se fechem e deixem o corpo descansar.

Na manhã seguinte o acordar é doloroso, estando somente com quatro ou cinco horas de sono e os primeiros momentos, talvez até quase ao almoço, custam a passar. Sim, a noite de Domingo para Segunda-feira é sempre a pior no que toca ao descanso porque aparece após o sono mais longo da semana! Rrrrrr

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Mais Comentados

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________