Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25
Jan18

Noite Viva | Vencedores dos Convites Duplos | 26.01.2018


O Informador

noite viva.jpg

Noite Viva estreou no Teatro Aberto ainda em 2017 e tem mantido em 2018 o interesse do público que assiste ao trabalho da autoria de Conor McPherson que volta assim a marcar presença na programação da sala de espetáculos onde se estreou em 1997 com Água Salgada. Com João Lourenço a encenar e com uma junção de Cine-Teatro da responsabilidade de Vera San Payo de Lemos, esta produção está excelentemente bem composta onde do texto ao elenco tudo parece conjugar para que a junção entre a grande tela e o palco também resulte na perfeição e composição de um texto que se vê assim apoiado por outras histórias. 

Assisti a Noite Viva e lancei pela segunda vez a oportunidade para que todos os leitores pudessem tentar a sua sorte e assistam a este espetáculo interpretado em palco por Anna Eremin, Bruno Bernardo, Filipe Vargas, Rui Mendes a quem se juntam na versão cinematográfica os atores Eurico Lopes, Paulo Oom, Pedro Cardoso, Teresa Faria, Sílvia Filipe, Irene Cruz, Ivo Canelas, Rita Cabaço, João Perry, Patrícia André e Tomás Alves.

24
Jan18

Noite Viva | Convites Duplos | 26.01.2018


O Informador

noite viva.jpg

O dramaturgo Conor McPherson volta a marcar presença na programação do Teatro Aberto após se ter estreado em 1997 com Água Salgada. Com João Lourenço como encenador, o Teatro Aberto apresenta Noite Viva, interpretado por Anna Eremin, Bruno Bernardo, Filipe Vargas, Rui Mendes e Vítor Norte que pela Sala Azul convidam o público a assistir a esta aposta que cruza a solidão com a esperança numa história envolvente que já vi

Apresentando-se como um projeto inovador onde a pesquisa, experimentação, inovação e criação artística têm lugar numa união da linguagem cinematográfica e teatral, Noite Viva é um espetáculo diferente e é por isso e para que todos possam sentir alguma curiosidade sobre este espetáculo, que tenho dez convites duplos destinados à sessão de 26 de Janeiro, Sexta-feira, pelas 21h30, para oferecer aos visitantes do blog. 

25
Dez17

Vencedores dos convites duplos para Noite Viva [27.12.2017]


O Informador

noite viva cartaz vertical.jpg

Encerrando 2017 e para entrar em 2018, o Teatro Aberto estreou Noite Viva, da autoria de Conor McPherson que volta a marcar presença na programação da sala de espétaculos onde se estreou em 1997 com Água Salgada. Com João Lourenço a encenar e com uma junção de Cine-Teatro da responsabilidade de Vera San Payo de Lemos, esta produção está excelentemente bem composta onde do texto ao elenco tudo parece conjugar para que a junção entre a grande tela e o palco também resulte na perfeição e composição de um texto que se vê assim apoiado por outras histórias. 

Assisti a Noite Viva e lancei desde logo a oportunidade para que todos os leitores pudessem tentar a sua sorte para que assistam a este espetáculo interpretado em palco por Anna Eremin, Bruno Bernardo, Filipe Vargas, Rui Mendes a quem se juntam na versão cinematográfica os atores Eurico Lopes, Paulo Oom, Pedro Cardoso, Teresa Faria, Sílvia Filipe, Irene Cruz, Ivo Canelas, Rita Cabaço, João Perry, Patrícia André e Tomás Alves.

Com um lote de dez convites duplos para a sessão de Quarta-feira, 27 de Dezembro, pelas 21h30, eis chegado o momento de revelar o nome dos sorteados através do sistema random.org. Ana Salomé, Tiago Miranda, Ricardo Moreira, Natália Guia, Maria Gonçalves, Cacilda Cabaço, Sérgio Dias, Rodrigo Lopes, Ivo Saavedra e Helena Lopes foram os vencedores dos convites duplos e irão receber email com a informação necessária para levantarem nas melhores condições os seus bilhetes.

25
Dez17

Noite Viva [Teatro Aberto]


O Informador

noite viva cartaz vertical.jpg

Conor Mcpherson criou e João Lourenço e Vera San Payo de Lemos recriaram Noite Viva num espetáculo de Cine-Teatro onde um fantástico texto pensado para os palcos tem como complemento um filme que revela as mesmas personagens por outros contextos e com ligações a pessoas que fazem parte, de forma direta ou indireta, das suas vidas. 

Noite Viva mostra o mundo tanta vez escondido da noite, onde a solidão, a dor e o sofrimento invadem relações e sufocam quem se encontra sozinho, mesmo que esteja rodeado de muitos seres que não passam de companheiros que marcam presença e acabam em vários casos por se tornarem sufocantes. 

Uma noite escura onde um espancamento acontece serve de mote para o início deste espetáculo onde a solidão e o desamparo têm lugar de formas bastante distintas no dia-a-dia de Tomás que separado e longe dos filhos acaba por se refugiar na garagem do seu tio Maurício, vivendo para o trabalho. Já Maurício após ficar viúvo reflete sobre o seu caminhar para a morte, onde poderá encontrar a sua companheira de vida. Doc, com um distúrbio, consegue ver em Tomás um apoio, mas onde nem sempre é bem vindo. Já Ana, que circula entre o mundo da droga e da prostituição, vê-se absolvida por um amor para com Carlos que além de a usar ainda a consegue submeter à tortura física e psicológica a seu belo prazer. Vidas distantes mas com objetivos que nem os próprios conhecem onde um futuro melhor é uma ambição que todos têm de descobrir.

Subitamente e com o espancamento de Ana, a vida da jovem cruza-se com a de Tomás que a leva para o seu pequeno espaço que serve de casa. Maurício refila com o barulho mas ao mesmo tempo percebe que sem o mesmo ainda fica mais sozinho e Doc vê em Ana uma ameaça para com a sua presença, mas tudo vai mudando. O conhecimento e a presença constante na vida uns dos outros são pontos fulcrais para que cada um, com o seu singular modo, perceba que afinal na vida existem pessoas que nos querem bem e que mesmo que surjam de um momento para o outro conseguem alterar a linha que parece pré-definida onde a constante diária é alterada a favor do bem-estar que vai sendo transmitido através de múltiplas alegrias de união. A partilha e os cuidados com cada um são o ponto forte deste texto onde as desilusões também surgem mas o objetivo a dado momento parece ser só um e o encontro com o bem de cada um e posteriormente coletivo é o elemento essencial de Noite Viva onde o encontrar do amor e da estabilidade é fundamental na restauração da harmonia e da união, existindo vontade de dar ao outro o que é recebido e isso é o fundamental da vida. Dar e receber sem exigir!

10
Dez17

Convites duplos para Noite Viva [27.12.2017]


O Informador

noite viva.jpg

O dramaturgo Conor McPherson volta a marcar presença na programação do Teatro Aberto após se ter estreado em 1997 com Água Salgada. De novo com João Lourenço como encenador, eis que para fechar 2017 e entrar em 2018 com um bom espetáculo, o Teatro Aberto apresenta Noite Viva, interpretado por Anna Eremin, Bruno Bernardo, Filipe Vargas, Rui Mendes e Vítor Norte que pela Sala Azul convidam o público a assistir a esta nova aposta a partir de dia 20 de Dezembro. 

Apresentando-se como um projeto inovador onde a pesquisa, experimentação, inovação e criação artística têm lugar numa união da linguagem cinematográfica e teatral, Noite Viva promete ser um espetáculo diferente e é por isso e para que todos possam sentir alguma curiosidade sobre este espetáculo, eis que tenho dez convites duplos destinados à sessão de 27 de Dezembro, pelas 21h30, para oferecer aos visitantes do blog. 

15
Abr16

Ao Vivo e em Directo


O Informador

ao vivo e em directo.jpg

Ao Vivo e em Directo representa o mundo corrupto e do poder numa representação a cargo de um excelente elenco onde o texto de Raúl Malaquias Marques relata o que poderá acontecer em vários locais onde quem tem algo a dizer e tem trunfos na manga consegue chegar-se aos que facilmente são influenciáveis para passar a mensagem. A comunicação social vista por dentro num momento em que a verdade de outros tempos quer ser colocada em cima da mesa para que o esclarecimento social aconteça. 

A corrupção é o verdadeiro ato que desencadeia toda a acção desta obra vencedora do Grande Prémio Teatro Português atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores em 2014. Em Ao Vivo e em Directo o debate marca presença, despindo de preconceitos o que acontece, por exemplo, numa redacção de uma estação de televisão. Conseguirão os profissionais mostrar o que verdadeiramente pensam quando vão contra às ideias de uma direcção que por sua vez tem de mostrar provas junto dos accionistas da empresa? Um novelo onde os mais fracos acabam por agir contra as suas crenças. Os tubarões sociais conseguem mesmo ter os holofotes virados para si quando o pretendem, nem que para isso paguem e deitem quem está ao seu redor abaixo.

Esta produção conta no elenco com Ana Lopes, Dina Félix da Costa, Emanuel Rodrigues, Francisco Pestana, Maria Emília Correia, Paulo Pires, Rui Mendes, Tiago Costa e Vítor d’Andrade numa peça recheada de dinamismo em palco e com a noção dos vários pontos da verdade a serem debatidos «ao vivo e em directo» para com o público presente na Sala Vermelha do Teatro Aberto. Com uma representação eximia e sem qualquer falha, tenho a destacar também o excelente trabalho cénico onde, como já é habitual nesta sala teatral, tudo está em movimento de cena para cena, com um décor a esconder o que se segue com paredes que deslizam enquanto os personagens vão tomando o seu devido lugar no ato que se segue. Sinceramente, só tenho a dizer que o Teatro Aberto consegue sempre surpreender com os seus cenários e que ao entrar na sala logo começo a pensar no que irá mover-se, no que aparecerá de um lado ou do outro. Perfeito!

31
Mar16

Em breve... Ao Vivo e em Directo


O Informador

ao vivo e em direto.jpg

O Teatro Aberto prepara-se para receber no início de Abril um novo espetáculo que já se encontra em ensaios e que conta com nomes conhecidos do grande público no elenco.

Ao Vivo e em Directo, da autoria de Raúl Malaquias Marques e encenação de Fernando Heitor e com Ana Lopes, Dina Félix da Costa, Emanuel Rodrigues, Francisco Pestana, Maria Emília Correia, Paulo Pires, Rui Mendes, Tiago Costa e Vítor d’Andrade no elenco é a peça vencedora da edição 2014 do Grande Prémio de Teatro Português atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores. 

Qualidade em Ao Vivo e em Directo não deve faltar, o elenco tem provas dadas e o troféu fala por si, agora resta somente esperar pela sua estreia para que a opinião final possa ser dada!

Sobre mim

foto do autor

Ganha

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Como era um tema que pensei que pelas palavras usa...

  • Anónimo

    Recebi a notificação deste post e tive que abrir.....

  • O Informador

    Fui também e adorei! Comentário no blog ao longo d...

  • Anónimo

    Adorei! muitos parabéns aos irmãos Feist e restant...

  • O Informador

Mensagens

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador