Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

31
Jul17

Uma questão de moda!


O Informador

Não sei se ando com uns gostos um pouco trocados em relação ao que está na moda, mas na verdade ao entrar emv várias lojas onde costumo comprar peças de roupa consigo deparar-me com um problema... Não encontro nada que satisfaça os meus desejos!

Sinto que deverei andar um pouco esquisito no ato da compra de roupa! Trapos que tapam o tronco ainda vou encontrando um ou outro que me consigam chamar a atenção, mas não como há uns anos. Agora no que toca a calças é que o problema consegue ser bem mais abrangente. Não consigo encontrar um modelo de calças em que olhe e diga «são estas». Não sei se as grandes marcas estão com um grande problema de criação para só lançarem coleções semelhantes umas das outras, com modelos direitos ou então estreitos com ganga elástica. É o chamado oito ou oitenta o que encontro neste momento em lojas como Zara, Pull&Bear, Springfield e por ai fora.

Na verdade todas as lojas destas grandes marcas com estilos semelhantes estão a ficar bem iguais entre si. Modelos praticamente idênticos onde uma risca distância uma camisola da Pull&Bear da Zara, umas calças de ganga elástica onde uma marca faz a diferença entre Springfield e Pull&Bear. Os fornecedores deverão recorrer às mesmas fábricas e depois o que aparece para venda é vira o disco e toca o mesmo, com a moda a ter destaque e a derrubar os modelos talvez mais normais com apontamentos que os vão distinguindo. A moda agora é o elástico apertado ou o modelo direito e quem não gosta não compra nada.

17
Jul17

McDonald's com linha de roupa


O Informador

mc donalds acessórios.jpg

Quem não conhece o McDonald's? A maior e mais conhecida marca de fast food do mundo prepara-se agora para lançar, em parceria com a marca japonesa de fast fashion Beams, uma linha de roupa onde além de t-shirts e bonés existe espaço para acessórios como bolsas, malas e capas para telemóvel.

Pelo que já foi tornado conhecido, este lançamento terá uma edição limitada de trezentos exemplares de cada artigo, o que faz com que quem compre fique com peças raras e que valorizarão rapidamente em todo o mundo. Até ao momento ainda não foram revelados preços nem onde esta coleção estará à venda, no entanto já é sabido que o valor totalmente angariado será dado à instituição de solidariedade Ronald McDonald House Charities. 

12
Jul17

Acessórios essenciais para homem


O Informador

trendhim.png

Hoje em dia, a imagem tem um papel fundamental no nosso dia a dia. Seja no trabalho, relações interpessoais ou como as pessoas olham para nós. É a primeira coisa que as pessoas reparem, na nossa imagem. E muitas vezes, a imagem que temos é associada à confiança com que enfrentamos a vida e se parecemos confiantes com certeza as pessoas vão tratar-nos com um maior respeito. 

Penso que devemos sair de casa sempre como se fossemos conhecer a pessoa dos nossos sonhos. Esta é daquelas dicas que nem sempre valorizamos e sobre a qual estamos a cair em erro. 

Cada vez mais os homens dão importância à sua imagem, porque querem impressionar ou porque querem sentir-se bem. Isto acontece porque somos muito competitivos, queremos ser os melhores em tudo, e porque não também na maneira de vestir? 

Uma boa imagem abre portas e cria novas oportunidades, por isso é muito importante destacar-nos. E haverá melhor maneira de fazer isso do que usar acessórios? 

 

Aqui ficam quatro acessórios essenciais no armário dum homem. 

 

  1. Relógios

O relógio é fundamental no outfit dum homem, e é o mais clássico e intemporal.  

Dependendo da ocasião, usar um mais clássico ou mais informal. Sendo os de couro e de metal mais clássicos e os de plástico e cores mais informais. 

É importante que o relógio tenha boa qualidade pois é um acessório para usar diariamente. Uma cor como o preto ou castanho são uma boa opção pois combina com tudo. 

trendhim relógios.png

 

  1. Carteiras 

A carteira masculina é completamente essencial. O estilo deve ser simples e clássico, na maioria das vezes feita de couro ou camurça. Com uma cor neutra, que combine com os seus sapatos e roupas.  

27
Abr17

Tendências Primavera/Verão


O Informador

As temperaturas sobem e as marcas já apostaram nas suas novas coleções de Primavera/Verão 2017 e existem corta-ventos e sapatos/ténis bem coloridos e agradáveis prontos para serem comprados na tentativa de ajudarem a alegrar os meses que se aproximam. 

Dos sapatos da Nobrand, que tanto conseguem ter um estilo clássico como descontraído, aos corta-vento que sempre nos devem acompanhar porque os serões por vezes convidam a vestir uma manga comprida só por precaução da Caiágua. As novas coleção de ambas as marcas agradam-me bastante e acredito que não serei o único a espreitar os catálogos que já se encontram disponíveis.

04
Fev17

Stradivarius Man já existe!


O Informador

George Alsford é o rosto da Stradivarius Man

Finalmente a Stradivarius Man chegou às lojas físicas e online!

Após meses de especulação, a aposta da marca espanhola numa linha masculina aconteceu e foi tornada real no dia 1 de Fevereiro. Em Portugal esta novidade ainda só se encontra disponível na loja do Centro Comercial Arcada, em Braga e no site da marca, no entanto nos próximos meses todas as Stradivarius irão contar com o espaço Man. 

Destinada a um público alvo entre os 25 e os 35 anos, a marca aposta agora no universo masculino que goste de moda e queira «expressar a sua personalidade na maneira como se vestem. Encaramos o lançamento da nossa linha de roupa masculina com esperança e entusiasmo. Queremos partilhar o nosso amor pela moda com estes homens modernos e inconformados», tal como pode ser lido no comunicado oficial da marca.

22
Jan17

Primark já não é barata!


O Informador

Nos primeiros tempos de Primark em Portugal a loucura para com a marca era incrivel ao longo de todo o ano e principalmente em épocas festivas e de saldos porque os preços baixos existiam sempre e ainda conseguiam estar melhor nas campanhas. Nos dias que correm não vejo a Primark com os mesmos olhos porque os preços não estão assim tão distantes de marcas como Pull & Bear, Springfield e Zara. 

Onde andam os preços bem convidativos na secção de homem nos dias que correm na Primark afinal? Casacos a 49,98€ e calças a 22,98€? Qual a diferença então para a concorrência que se encontrava num nível superior? A qualidade pode ser igual e o preço variar por um ou dois euros, mas o que é isso quando há uns anos a diferença existia realmente e a loucura para se ir à Primark era percetível?

Percebo que no que toca a roupa de crianças e mesmo de mulher os preços continuem baixos, no entanto em termos de moda masculina isso não acontece e não é assim tão mais barato recorrer a artigos desta loja em detrimento da concorrência que, convém dizer, sempre tem modelos mais apetecíveis e com desenhos que marcam a tendência do ano. 

20
Abr16

Abaixo a roupa interior


O Informador

roupa interior no estendal.jpg

Usar roupa interior parece estar fora de moda e ainda poderá provocar alguns problemas de saúde!

Segundo uma especialista norte-americada, Alyssa Dwerck, todos devemos dormir sem roupa interior para que a zona púbica não esteja sempre coberta por tecido. Ou seja, na verdade deveremos dormir completamente nus ou de pijama largo para que as bactérias não encontrem o local ideal para se instalarem.

Ao que parece a roupa interior justa acumula e multiplica bactéricas prejudiciais para a saúde, para mais quando a pessoa tem tendêcia a transpirar demais, podendo até causar problemas de fertilidade nos homens. 

Pessoal, a partir de agora no momento de deitar já sabem... Ou colocam tudo a nu ou então terão de optar por uns pijamitas mais largos para que não exista mal-estar daqui a uns tempos com um germe indesejado a circular pelo vosso corpo!

13
Abr16

O salto da Primark


O Informador

primark.jpg

Chegou de mansinho e logo na primeira abertura causou impacto junto dos consumidores. Os anos passaram e a Primark tem invadido o país e já conta com nove lojas abertas e uma a ser preparada para ser inaugurada brevemente. Sabe-se agora que a Primark ultrapassou o número de vendas da Zara em Portugal, destronando assim a marca de roupa espanhola.

Segundo Breege O'Donoghue, do concelho de administração da Primark, em declarações ao jornal Público, «No ano passado vendemos 405 milhões de pares de meias e mais de 260 milhões de t-shirts». Breege vai mais longe e revela que «Não gastamos dinheiro em patrocínios, fazemos publicidade apenas quando temos abertura de lojas, temos um sistema eficiente de apoio às lojas, [relações de] longevidade com os nossos 700 fornecedores, pagamos a tempo, compramos em volume e com o maior tempo de antecedência possível para dar tempo aos fornecedores de planearem a produção. Compramos o tecido o mais perto possível da fábrica e temos uma margem mais pequena do que a nossa concorrência. Temos auditorias, em 2015 fizemos 2412 auditorias nas fábricas. Verificamos se os salários são pagos, se as horas de trabalho são contabilizadas, se estão a ser cumpridas todas as condições de segurança laboral e se os trabalhadores têm a idade legal.»

Ou seja, a Primark tem os preços mais baixos dentro do género de lojas espalhadas pelas grandes superfícies comerciais, vende milhões de peças por ano, causa mossa na concorrência e veste os portugueses com artigos iguais e semelhantes a tantos outros apelidados por terem boa qualidade.

09
Out15

Moda Lisboa do bom gosto!


O Informador

Abram os cordões à bolsa, atirem o guarda-roupa para cima da cama e comecem a escolher as melhores fatiotas porque a Moda Lisboa está ai! Meninas e meninos que adoram vestimentas e eventos deste género, a moda das modas está aí e têm de se preparar para não ficarem a fazer figura com aqueles trapos fora de tempo que tantas vezes são usados ano após ano pelo evento. 

De 8 a 11 de Outubro, já começou por sinal, a Moda Lisboa tem ditado as tendências e mostrado que convidados e não só conseguem surpreender com as suas escolhas na visita ao recinto. Quais os looks mais atrevidos deste ano? Quem serão os melhores e piores a vestirem? As cores, conseguirão alguns dos presentes surpreender com tanta aberração junta? Pompons, folhos, rendas, nus, ... tudo é válido em tempo de Moda Lisboa.

Quem vai, quem não vai, quem gostava de ir e não consegue? Tanta gente frustrada por aí em busca de bilhetes que até dói! Qual o gosto mesmo de quererem marcar presença pelo certame onde os mal vestidos conseguem ganhar a corrida entre os melhores? 

06
Ago15

Calças discriminadas


O Informador

Não percebo ou tento não perceber a razão de olharem tanto e de forma descarada quando visto umas calças cor-de-rosa! Avançamos e existe liberdade para todos os gostos e depois quando vestimos uma simples peça de uma cor que parte das pessoas não aprecia num homem, toca a olhar de forma discriminatória!

Se ainda tivesse uma calças todas esfarrapadas ou sujas e olhassem até que percebia, agora aqueles trapos que visto são normalíssimos e só têm uma cor que geralmente os homens não usam por serem olhados de lado. Mete assim tanta confusão nas mentes retrógradas que existem por ai que podemos vestir o que bem nos der na gana e das cores mais berrantes que queremos porque ninguém tem nada haver com isso?

02
Jul15

Roupa de baú


O Informador

Quando os eventos aparecem as pessoas continuam com os pensamentos de que têm de ir todas emproadas e com as suas melhores indumentárias para conseguirem estar bem apresentáveis e ainda serem o centro das atenções. O pior desses momentos é que muitos se esquecessem que o traje escolhido para o dito evento não vê a luz do sol há algum tempo e o cheiro a naftalina que tantas teimam em usar é insuportável.

A roupa saída do baú onde o cheiro é insuportável é desagradável e ponto! Primeiro porque geralmente esse tipo de vestuário já é antigo e não usado nos dias que correm! Em segundo porque os cheiros que tanto adoram colocar dentro dos móveis para proteger de traças e seus primos não ajudam à festa! Em terceiro, será que o ser que se sente bem vestido não percebe o desagrado que o seu lindo conjunto espalha para si e perante os outros?

19
Jun15

Faltam casacos no Algarve


O Informador

Tenho andado a constatar um facto nestas férias! Visitam-se centros comerciais, visitam-se lojas e não existem casacos, sejam eles de que estação forem, à venda!

Nos primeiros dias da semana estava um pouco fresco há noite! Como só trouxe um casaquito e três camisolas de manga comprida, passei por dois centros comerciais para fazer as compras alimentares e aproveitei para espreitar algumas lojas em busca de um casaco assim mais para o fino mas que desse para o fresco que se fazia sentir. Entrei e saí das lojas e não encontrei um único exemplar do que pretendia! Calções e t-shirts, roupa de praia, chinelos e afins andam por todo o lado, agora no que toca a roupa assim mais virada para o tempo fresco nada de nada.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________