Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Maior onda do Mundo elege Nazaré

2015 assinalou o ano de estreia de Portugal nos apelidados de óscares do surf com a atribuição do prémio de maior onda do Mundo. Agora o prémio volta a ser atribuído novamente à Nazaré.

A distinção foi feita nos Estados Unidos da América onde o italiano Francisco Porcella se viu o eleito com uma onda surfada em Fevereiro último. O surfista conseguiu dominar a onda gigante ao longo de trinta segundos e arrecadou assim o troféu que volta a reforçar a Nazaré como um dos mais recentes pontos fortes do surf mundial.

Ia morrendo!

24062015.jpg

É muito bonito ir correr e querer ficar sempre por cima do resultado alcançado no último treino, o pior é o que vem ao longo do percurso!

Após ter feito na Segunda-feira seis quilómetros em trinta e cinco minutos, achei que hoje conseguiria ultrapassar tal valor! Conseguir consegui, o pior foram as paragens, a língua de fora, a sede e as dores que apareceram subitamente pelo pé. 

No final de contas cheguei a casa cansado, mais morto que vivo, mas valeu a pena e ultrapassei o valor que tinha feito anteriormente.

Mais visitas! Obrigado!

Obrigado por estarem a fazer deste mês o melhor do blogue! Todos os resultados anteriores já foram ultrapassados e ainda não chegamos ao final de Maio! Visitantes únicos, número de visitas, páginas, hits e bytes, tudo foi suplantando, existindo logo os primeiros meses deste ano revelaram-se os melhores d' O Informador, estes dias têm conseguido surpreender e desde o dia do trabalhador que os valores têm andado acima da anterior média, elevando os resultados e causando surpresa!

É com orgulho que vejo o blogue a crescer e a ter cada vez mais visitantes a lerem e a partilharem o que escrevo, a comentarem e a falarem sobre as minhas opiniões. Tenho feito tudo com a dedicação que sempre mostro para com este projeto e é assim que prometo continuar. Nada disto seria possível sem quem segue O Informador, por isso mesmo só vos tenho a agradecer o apoio e a ajuda para com este crescimento do blogue.

Agradeço a todos e prometo continuar a fazer o que tenho feito até aqui! Muito, mas mesmo muito obrigado por estarem desse lado!

Reality shows: Anónimos ou Famosos

O nosso país já viu vários reality shows serem transmitidos, seja pelos canais generalistas ou de cabo, e se uns levam os famosos, ou pelos menos conhecidos para dentro de uma casa, uma quinta ou para o deserto, também existem os mesmos formatos mas protagonizados por pessoas até então anónimas e desconhecidas do grande público. Quais os melhores concorrentes e quais as diferenças que famosos e anónimos podem ter para que os programas da vida real resultem melhor ou pior?

A minha escolha em termos de reality show é com anónimos. Nos primeiros dias do programa o público não adere tanto ao seu visionamento por não conhecer os concorrentes e por não existir tanto interesse para saber como a pessoa x ou y vive com os outros, mas aos poucos os programas que transformam pessoas comuns e sem destaque social em famosos começa a ganhar pontos porque este tipo de concorrentes não tem uma reputação a manter, como tal, eles podem discutir, beijarem-se, fazer birras, zangarem-se em alto e bom som porque não são cantores, não são atores e não têm uma carreira de destaque fora do jogo, mas pretendem ser conhecidos e dar nas vistas, como tal, tudo pode valer na prestação de um anónimo ao longo da sua estadia neste tipo de formatos porque não existe nada a esconder e tudo pode ser contado, revelado e ser feito para se ser o melhor.

Pelo contrário, os famosos, embora consigam conquistar mais rapidamente o público para ver o programa nos primeiros dias, depressa caiem no ridículo de não serem eles próprios porque existe uma imagem a manter, aquela que todos têm dessa pessoa até então e que não pode ser manchada com a sua entrada nestes programas. Os famosos não se revelam totalmente e escondem o que sentem e o que querem dizer para não se queimarem, tal como a produção que não passa tudo o que poderia passar porque os contratos assim o exigem. Os conhecidos têm que entrar e sair como estrelas e não podem sair machucados, ao contrário dos outros, onde se mostra tudo o que fazem e dizem.

Eu adoro ver programas da vida real e não escondo isso, como fazem muitos dos portugueses, no entanto, prefiro muito mais ver um reality show protagonizado por anónimos do que por famosos. Parece-me que são muito mais genuínos e não se escondem atrás de máscaras por tanto tempo, porque o que são revela-se rapidamente, ao contrário dos outros que além de mostrarem só um pouco de si, ainda têm a ajuda da produção para a sua protecção de imagem!

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários recentes

  • Anónimo

    Então... e os nossos queridos líderes? Com o défic...

  • O Informador

    O Primetag é superfácil. Uso principalmente o Basi...

  • C.S.

    Obrigada por partilhares esta informação. Eu não f...

  • O Informador

    Muito bom mesmo! Quando a pessoa começa a entrar n...

  • O Informador

    Tens algum caminhos a serem explorados por este ca...

Atual leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________