Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

12
Dez17

Raptos no Reino de Deus


O Informador

o segredo dos deuses.jpg

O início da investigação internacional sobre as adoções de há décadas dos bispos e grandes senhores da Igreja Universal Reino de Deus para com crianças de famílias desfavorecidas começou a ser transmitido e a informação não podia ser mais clara. 

Durante a década de 90, quem sabe se ainda não acontece nos tempos que correm, os grandes senhores da IURD proclamaram que para se atingir um estatuto superior dentro da hierarquia do clã, os homens tinham de fazer uma vasectomia que lhes tirava a possibilidade de terem filhos para que não se distraíssem perante as suas obrigações religiosas. Liderar um grande grupo de cidadãos que se revertiam em seguidores de crenças proferidas pelo bispo Edir Macedo, criador brasileiro desta religião, era o bem necessário para se subir na hierarquia e assim foi. Muitos homens foram operados e até os seus futuros genros o fizeram por um lugar de topo. Tudo mudou nos ditos do senhor Edir quando as suas duas filhas quiseram ser mães e eis que a partir daí passou a ser obrigação para todos os casais sem filhos a de adotarem crianças, mesmo que não o quisessem. Todos tinham que adotar para continuarem a fazer parte do universo tão verdadeiro deste reinado. E foi assim que crianças colocadas num lar ilegal em Portugal, criado pelo seio da Igreja Universal Reino de Deus, começaram a ser levadas para várias partes do Mundo para serem adotadas, após serem afastadas das suas famílias e consequentemente raptadas. O silêncio que surgiu com o medo e com a incapacidade de famílias frágeis atuarem na altura fez com que o escândalo ficasse bem guardado, mas agora, mais de vinte anos depois, descobre-se que além de vários jovens saberem que foram adotados num esquema internacional por bispos e ex-bispos da IURD, também os netos de Edir Macedo, o criador deste marasmo, são portugueses e foram levados enquanto crianças para o seio da sua família, onde cresceram, esquecendo um passado.

A Igreja Universal Reino de Deus raptou crianças portuguesas para alterar a história do que defendia, mostrando que assim as filhas do fundador da IURD podiam ter filhos como forma de apoiar crianças desfavorecidas. Vergonha alheia numa investigação da TVI que já está a dar bastante que falar em Portugal e pelo Mundo sobre o homem forte da Record que até agora, mesmo com muitas investigações internacionais em cima sobre suspeitas de corrupção, continua a ser o homem forte que milhões veneram e a quem dão verdadeiras fortunas para que continue a fazer a sua vida de luxo onde parecem não existir barreiras para o crime organizado. 

30
Abr17

Maior onda do Mundo elege Nazaré


O Informador

2015 assinalou o ano de estreia de Portugal nos apelidados de óscares do surf com a atribuição do prémio de maior onda do Mundo. Agora o prémio volta a ser atribuído novamente à Nazaré.

A distinção foi feita nos Estados Unidos da América onde o italiano Francisco Porcella se viu o eleito com uma onda surfada em Fevereiro último. O surfista conseguiu dominar a onda gigante ao longo de trinta segundos e arrecadou assim o troféu que volta a reforçar a Nazaré como um dos mais recentes pontos fortes do surf mundial.

24
Jun15

Ia morrendo!


O Informador

24062015.jpg

É muito bonito ir correr e querer ficar sempre por cima do resultado alcançado no último treino, o pior é o que vem ao longo do percurso!

Após ter feito na Segunda-feira seis quilómetros em trinta e cinco minutos, achei que hoje conseguiria ultrapassar tal valor! Conseguir consegui, o pior foram as paragens, a língua de fora, a sede e as dores que apareceram subitamente pelo pé. 

No final de contas cheguei a casa cansado, mais morto que vivo, mas valeu a pena e ultrapassei o valor que tinha feito anteriormente.

26
Mai14

Mais visitas! Obrigado!


O Informador

Obrigado por estarem a fazer deste mês o melhor do blogue! Todos os resultados anteriores já foram ultrapassados e ainda não chegamos ao final de Maio! Visitantes únicos, número de visitas, páginas, hits e bytes, tudo foi suplantando, existindo logo os primeiros meses deste ano revelaram-se os melhores d' O Informador, estes dias têm conseguido surpreender e desde o dia do trabalhador que os valores têm andado acima da anterior média, elevando os resultados e causando surpresa!

É com orgulho que vejo o blogue a crescer e a ter cada vez mais visitantes a lerem e a partilharem o que escrevo, a comentarem e a falarem sobre as minhas opiniões. Tenho feito tudo com a dedicação que sempre mostro para com este projeto e é assim que prometo continuar. Nada disto seria possível sem quem segue O Informador, por isso mesmo só vos tenho a agradecer o apoio e a ajuda para com este crescimento do blogue.

Agradeço a todos e prometo continuar a fazer o que tenho feito até aqui! Muito, mas mesmo muito obrigado por estarem desse lado!

14
Jul13

Reality shows: Anónimos ou Famosos


O Informador

O nosso país já viu vários reality shows serem transmitidos, seja pelos canais generalistas ou de cabo, e se uns levam os famosos, ou pelos menos conhecidos para dentro de uma casa, uma quinta ou para o deserto, também existem os mesmos formatos mas protagonizados por pessoas até então anónimas e desconhecidas do grande público. Quais os melhores concorrentes e quais as diferenças que famosos e anónimos podem ter para que os programas da vida real resultem melhor ou pior?

A minha escolha em termos de reality show é com anónimos. Nos primeiros dias do programa o público não adere tanto ao seu visionamento por não conhecer os concorrentes e por não existir tanto interesse para saber como a pessoa x ou y vive com os outros, mas aos poucos os programas que transformam pessoas comuns e sem destaque social em famosos começa a ganhar pontos porque este tipo de concorrentes não tem uma reputação a manter, como tal, eles podem discutir, beijarem-se, fazer birras, zangarem-se em alto e bom som porque não são cantores, não são atores e não têm uma carreira de destaque fora do jogo, mas pretendem ser conhecidos e dar nas vistas, como tal, tudo pode valer na prestação de um anónimo ao longo da sua estadia neste tipo de formatos porque não existe nada a esconder e tudo pode ser contado, revelado e ser feito para se ser o melhor.

Pelo contrário, os famosos, embora consigam conquistar mais rapidamente o público para ver o programa nos primeiros dias, depressa caiem no ridículo de não serem eles próprios porque existe uma imagem a manter, aquela que todos têm dessa pessoa até então e que não pode ser manchada com a sua entrada nestes programas. Os famosos não se revelam totalmente e escondem o que sentem e o que querem dizer para não se queimarem, tal como a produção que não passa tudo o que poderia passar porque os contratos assim o exigem. Os conhecidos têm que entrar e sair como estrelas e não podem sair machucados, ao contrário dos outros, onde se mostra tudo o que fazem e dizem.

Eu adoro ver programas da vida real e não escondo isso, como fazem muitos dos portugueses, no entanto, prefiro muito mais ver um reality show protagonizado por anónimos do que por famosos. Parece-me que são muito mais genuínos e não se escondem atrás de máscaras por tanto tempo, porque o que são revela-se rapidamente, ao contrário dos outros que além de mostrarem só um pouco de si, ainda têm a ajuda da produção para a sua protecção de imagem!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • Cláudia C Silva

    Eu cá gosto quando falas de reality shows e de esc...

  • P. P.

    Apesar de tudo, quero acreditar que algumas crianç...

  • P. P.

    Adorei a imagem escolhida. Penso que tens tudo par...

  • O Informador

    Seja católica ou não, acho que vai praticamente tu...

  • O Informador

    Nada de doces no Natal então...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador