Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

24
Mai17

Cansaço de blogger


O Informador

Existem momentos na vida em que é necessário falar porque ao fim e cabo se não falarmos com os outros acabamos por ir guardando para nós o que sentimos e isso acaba por massacrar e pesar ao longo do tempo.

Há uns dias andei um pouco saturado, talvez não possa dizer bem saturado, mas os bloggers devem compreender que por vezes achamos que o projeto que estamos a fazer já não vale a pena seguir em frente, mesmo que tudo aponte para coisas boas, percebemos que por vezes acabamos por acusar cansaço, mesmo que um blog não seja algo que nos exija permanência, mas sim dedicação consoante a disponibilidade de cada um. 

Foi por sentir que talvez o blog teria de terminar sem existirem verdadeiros motivos para o fazer, bem pelo contrário, que pensei que não valia a pena o esforço de dedicar minutos ou algumas umas horas diárias a este projeto que me dá tanto gozo fazer. 

Falei com uma pessoa que me aconselhou a parar por uns dias para também descansar e tentar refletir para perceber se era mesmo essa a ideia de colocar um ponto final que queria levar em diante. Acabei por nem levar assim tanto tempo por perceber que este blog já faz parte de mim, já convivemos há uns aninhos um com o outro e acaba assim por ser um espelho da pessoa por detrás das letras e imagens que vão sendo publicadas dia após dia. 

Senti que dias não são dias e talvez por agora andar mais disponível que anteriormente e a ideia de que me deveria dedicar um pouco mais ao blog acaba por atrofiar os pensamentos, já que o tempo é mais mas não é por isso que vejo este espaço de escrita e partilha como uma profissão a que tenho de dedicar a maior parte do tempo livre. Nada disso acontece e não é isso que tenciono levar em diante, optando por ter n' O Informador um escape do dia-a-dia.

20
Ago16

Sugestões de Blogs


O Informador

Quero conhecer novos blogs para quem sabe adicionar pelas minhas leituras pelos próximos tempos se os mesmos forem de encontro aos meus gostos pessoais! Como tal e como existem milhares de blogs espalhados por esta nossa plataforma onde muitos acabam por nunca me aparecer pelos feeds, deixo aqui uma dica...

Se tens blog e acabas de ler este texto, então porque não deixas um comentário para que passe pelo teu espaço para o ficar a conhecer e quem sabe começar a seguir? Claro que também podes, se não for ainda o caso, fazer Seguir pela barra lateral d' O Informador e quem sabe se não será um ato reciproco?!

25
Dez15

Uma Recompensa Inesperada


O Informador

Nuno Gomes foi representar o Sport Lisboa e Benfica numa iniciativa que não prometia o que acabou por acontecer através da Fundação Benfica!

Não existem palavras que descrevam os momentos de partilha entre crianças que têm pouco e que sabem usar o que o dinheiro não consegue comprar para partilharem momentos únicos, distribuindo pequenos afectos e sentimentos através de gestos tão simples para nós e que revelam uma enorme transparência humanitária para quem vive sem as condições de que tanto nos queixamos no dia-a-dia. 

24
Out15

Ausente de ideias


O Informador

Sabem que estou para aqui a olhar para o ecrã com a página do blog aberta sem saber ao certo o que devo publicar? Há dias que ando sem ideias e vontade para publicar algo de jeito. Olhando para o que todos vocês andam a partilhar, vejo que o mal é um pouco geral, mas não gosto de me sentir perdido de ideias e ausente de pensamentos que possam ser partilhados através de palavras ou imagens num local de que tanto gosto. 

O que me tem valido pelos últimos dias são os pequenos textos de «última hora» que me vão ocorrendo e os posts agendados que vão ficando para trás como reserva para poderem aparecer nestas alturas de paragem forçada pelo estado do tempo. O mau tempo tem destas coisas nas pessoas e pelos bloggers isso nota-se tão bem!

29
Jun15

Sem rede mas social


O Informador

Será que a análise de felicidade agora mede-se pelo que se publica pelas redes sociais? As pessoas sentem necessidade de verem tudo e mais alguma coisa da vida dos outros pelo Facebook, Instagram, Twitter e seus parceiros!

Se publicamos tudo é porque publicamos tudo e mais alguma coisa, expondo até em demasia a vida que pode ser privada. Se não publicamos nada é porque algo se passa de mal com a vida para não andarmos a espalhar pelos sete ventos o que andamos a fazer.

Pessoal tenham vida e não andem somente em busca do que os outros andam a fazer para conseguirem algum dia atingir a felicidade. 

Publico o que quero e quando quero, não tendo qualquer necessidade de contar por onde ando, com quem e o que faço!

06
Mai15

Leitores do blogue


O Informador

Já passaram mais de dois anos e meio desde que publiquei o primeiro texto no blogue. Com a certeza de andar a fazer o que quero a pensar no futuro e no que desejo realmente para este espaço, existem momentos e comentários que me deixam a pensar na vontade de conhecer as pessoas que estão por detrás de palavras e partilhas pelas redes sociais dos textos que tenho vindo a escrever.

Cada vez mais começo a perceber que existem leitores regulares d' O Informador que comentam, fazem gostos e partilham também alguns dos textos publicados, tendo por vezes aquelas palavras certeiras que colocam pelos posts que são publicados diariamente sobre o que penso, sinto e quero fazer.

Com o tempo sei que vou conhecer alguns dos leitores do blogue, tendo essa vontade, querendo conversar e perceber quem está do outro lado, quem me lê e quem segue o trabalho ao qual me tenho dedicado. Uma coisa é saber e perceber que existem pessoas do outro lado do ecrã, outra é conhecer essas mesmas pessoas e perceber realmente a razão pela qual acompanham os meus textos, podendo partilhar ideias e até ouvir alguns conselhos para conseguir melhorar este pequeno projeto pessoal. 

Já pensei em daqui a algum tempo organizar um jantar ou uma saída com quem alinhar na ideia, tendo também pensado numa ida ao teatro entre O Informador e um convidado que seria eleito através de passatempo. Tenho ideias e há que as colocar em prática porque quero conhecer os leitores deste espaço de outra forma, quero saber quem está por detrás dos ecrãs de tantas casas espalhadas não só por Portugal, mas pelo Mundo.

24
Fev15

Assalto no Metro


O Informador

O vídeo que mostra uma infeliz realidade nacional começou a circular pelas redes sociais há horas atrás para mostrar como viajar pelas linhas de metro ainda não é seguro. O que me revolta neste caso é ver e perceber que várias pessoas estavam por perto do casal de jovens que estava a ser assaltado e ninguém fez praticamente nada, nem mesmo quem estava a filmar se preocupou com a situação à sua frente, nem pensou em esconder o seu telemóvel e dar voz a quem naquele momento não a conseguiu ter, por medo e nervossismo. 

A sociedade fala para o alto em várias situações, no entanto nas horas complicadas para os desconhecidos ninguém acorre, mesmo que se saiba que se der o primeiro passo depois os outros irão ajudar a defender os que estão a ser prejudicados sem nada de mal terem feito. 

14
Jan15

Eles já não fazem nada?!


O Informador

É um facto que o casal tem dois dos blogues mais visitados do país, ganhando parte da sua vida com isso. O que não percebo é como ambos conseguem manter as suas visitas no topo quando passam dias e dias sem nada contar e revelar, não tendo tantas vezes nada de novo a não ser as roupas que estão a vestir no momento e que querem que todos vejam!

Sim, falo da Pipoca e do Arrumadinho! Ambos são dos mais conhecidos deste mundo da blogosfera e gabam-se aos sete ventos disso mesmo. Todos sabemos quem são, todos vamos espreitar o que têm de novo para contar e no final de contas na maioria dos dias acabam por não ter mesmo nada. Dedicam-se tanto ao blogue que nada fazem, ganhando sim destaque graças aos outros afazeres de ambos pela imprensa e presenças nacionais.

Um blogue de sucesso sem rotatividade com os seus textos e imagens acaba por não ter qualquer sentido. Gostaria que alguém me conseguisse esclarecer sobre o facto deles terem tantas visitas sem nada de especial mostrarem, sendo simplesmente conhecidos como os mais lidos. Isso chegará para o futuro onde o trabalho demonstrado não existe?

Ele tem o seu novo projeto, a NiT, e ela é colaboradora da mesma, sendo presença assídua em campanhas e no seu espaço lisboeta, no entanto onde anda o trabalho de blogger que antes foi tão bom e que agora começou a andar pelas ruas da amargura para ambos?

Ah esperem! Como conseguiram a fama esqueceram-se do que os levou até lá! Tenho dito!

28
Dez14

O ano do Facebook


O Informador

«Foi um ano espetacular! Obrigado por fazeres parte dele.» é a mensagem que está nos últimos posts publicados por todos pelo seu perfil de Facebook. A sério mesmo que as altas linhas da rede social lembraram-se desta estúpida ideia e agora querem que todos publiquem o seu vídeo do resumo do ano? Obrigado mas os meus melhores momentos de 2014 não foram passados pelas redes sociais.

Já o ano passado fizeram algo do género com outra frase a chamar a atenção para a publicação que todos acabavam por partilhar com um resumo das suas imagens ao longo dos últimos doze meses. Agora, como não estavam contentes com tal ideia absurda, quiseram mostrar que são espetaculares e arranjaram um vídeo todo piriri com as frases que podem ser as mais partilhadas pela rede social este ano «Foi um ano espetacular! Obrigado por fazeres parte dele.».

Quem é que anda mesmo a partilhar estas coisas pelo seu perfil sem pensar que poderá fazer o seu próprio vídeo, não tendo que seguir as linhas mundiais do Facebook e ter uma ideia igual a todos os outros, com fotos que muitas vezes nem quer ver serem destacadas porque não interessam a ninguém?

Enfim, continuem a partilhar tudo o que eles querem que daqui a uns tempos acabam por controlar tudo e ainda nos andam a tirar imagens diretamente dos computadores ou telemóveis sem qualquer autorização! Aplausos para a ideia e para quem a alimenta!

05
Out14

Já é Crime!


O Informador

Já é Crime1 de Outubro de 2014 simbolizará para sempre um dos passos mais importantes dos animais na sociedade portuguesa! A partir de agora maltratar animais já é crime no nosso país, podendo a pena atingir os dois anos de cadeia!

Quero acreditar que a reformulada lei sobre os maus tratos a animais seja colocada em prática e não esteja simplesmente presente no papel para calar quem sempre lutou por estes direitos dos seres vivos que partilham cada vez mais a sua vida connosco. Terá um juiz coragem para condenar os malfeitores sociais que se esquecem que quando estão a maltratar uma vida está a ser sacrificada?!

Um passo tardio mas que chegou, colocando Portugal ao lado dos países desenvolvidos e que defendem os direitos dos animais!

20
Set14

Escrita e títulos sensacionalistas


O Informador

O tempo vai passando, as coisas vão sendo alteradas mas tenho que admitir que existem factos que não consigo modificar totalmente! Quando comecei a partilhar assuntos e opiniões pelo mundo da internet, quer tenha sido através de sites, blogues ou fóruns, sempre me disseram que criava títulos e escrevia de forma sensacionalista para chamar as pessoas com a finalidade de lerem o conteúdo do artigo. Agora dizem-me que faço o mesmo, embora de forma mais suave, mas com a mesma força!

Não consigo criar um texto e dar a minha opinião sem fazer uma boa chamada de atenção através do seu título e das primeiras palavras que partilho! Não tirei qualquer curso de jornalismo, não andei em workshops de escrita - até ao momento - e o que fui fazendo nesta área das palavras foi aprendido pela escola e com o tempo. Se partilho algum sensacionalismo através dos artigos de opinião que publico, não tenho culpa de ser assim porque isto é meu, foi assim que fui evoluindo e é assim que acho que tenho que continuar a fazer.

O Informador tem seguido a linha do tempo desta forma, sendo direto ou não com as palavras que deixo fugirem pelo teclado do computador ou pelo ecrã do telemóvel. Se tenho um estilo sensacionalista nos meus textos e se sou criticado por isso, só tenho que respeitar as opiniões que estão do outro lado, no entanto mudar não consigo mudar, só consigo ser como sou!

Sensacionalista ou não eu sou assim e não me irei alterar de forma repentina só porque sou criticado por algo que acho que está correcto! Cada um tem o seu estilo e este é o meu!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________