Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

19
Jan18

Novas tardes da SIC!


O Informador

sic.png

A SIC anda há anos atrás dos resultados pela liderança diária e a situação continua complicada em todos os horários. Porém existem formatos que se distinguem por conseguirem atingir números tão baixos que acabam por ser cancelados para serem substituídos por apostas que não lembram a ninguém. 

Com os fracos resultados ao longo das tardes no período semanal, o programa apresentado por João Baião e Rita Ferro Rodrigues, o Juntos à Tarde, irá ter a sua última emissão no próximo dia 23 de Fevereiro e quando se pensava que a direção do canal iria criar algo novo para ocupar a totalidade do horário ocupado pelo talk-show, eis que a surpresa acontece e somente uma das horas irá trazer novidades à grelha do canal.

Anunciado há dias o programa Dr. Saúde para ocupar o horário das 18h00, eis que sabe-se agora que das 16h00 até à chegada do novo formato a opção será repetirem as duas novelas nacionais que são exibidas ao serão. Ou seja, Paixão e Espelho d' Água irão ver os seus episódios do dia anterior serem repetidos pelas tardes, numa suposta tentativa de subirem os horários em que essas repetições acontecem. 

O que me pergunto com esta decisão é se a direção da SIC acredita mesmo em milagres. Se as novelas não conseguem liderar no episódio inédito da noite, ficando atrás da concorrência da TVI, como é que ainda vão apostar na sua repetição? Acredito que a repetição das duas novelas faça igual ou pior do que o Juntos à Tarde tem feito, uma miséria para um canal que luta pela liderança, mas mesmo esse pouco público da tarde poderá pesar ainda mais nos resultados que serão feitos nos episódios da noite. Se agora perdem, com a exibição dupla do mesmo episódio correm o risco de perder um pouco mais.

Já Dr. Saúde não me parece que convença no horário em que vai estrear, acreditando sim que tivesse melhores hipóteses de conseguir ter valores mais elevados se fosse exibido após o Primeiro Jornal, visto não ser um programa sobre doenças e seus derivados o ideal para um formato diário, em que as famílias começam a estar em casa, e ainda sendo antecedido por repetições de novelas, aparecendo como uma quase reabertura de antena no início do final da tarde na grelha do canal. 

Ou seja, a SIC tira do ar um talk-show que nunca conseguiu liderar para colocar a repetição das suas principais novelas da noite. Sai um flop para criarem possivelmente um novo duplo problema, tentando melhorar as tardes, o que não acredito, e correndo o risco de perderem algo à noite. 

22
Fev15

Ambição


O Informador

Ambição.JPG

Poder, paixão e pecado! Os três P's essenciais para o desenrolar de Ambição, o primeiro romance de Lurdes Feio, a jornalista política que tem circulado entre os meandros da liderança nacional e que agora, em tom ficcional, conta o que poderá acontecer a qualquer governante do nosso país. 

Com uma escrita bem acessível e corrida, sem grandes manobras de elaboração textual, Ambição é aquele romance que agarra do início ao fim, sempre com pontas soltas através dos mistérios que vão sendo deixados pelas vidas de várias personagens que percorrem os corredores políticos. Um casal sem já qualquer ligação de amor, uma família desamparada, um cargo importante, o sexo extra conjugal, loucuras do coração, crimes e investigação. Este poderia ser daqueles romances ao estilo Margarida Rebelo Pinto, mas não é, é muito melhor ao conseguir unir vários temas num só campo e tendo sempre algo de novo para contar sobre a vida de ministros corruptos [existem tantos por aí].

Nesta narrativa os meandros da política estão em grande foque sobre negócios fraudulentos e livres, gabinetes recheados de segredos e amores, daqueles arrebatadores e rápidos, que são vividos com intensidade mas de forma descartável. Mas será que isso é sempre assim ou em toda a vida do Homem consegue aparecer alguém que conquista de outra maneira? Uma boa história está contada em Ambição, isso é a verdade, o que para primeiro romance da sua autora é fantástico!

Este é mesmo daqueles livros que se vai lendo com um bom entendedor rápido sem maneirismo de perfeccionismo e complicações mediáticas. O luxo, a traição, a intriga política e o mediatismo de páginas com notícias sem fim sobre vidas como tantas outras. A atracção sobre esta Ambição conquistou-me talvez por todo o meio onde as coisas acontecem e por perceber que de realidade tem tudo, mesmo tudo!

26
Abr14

Mudar repentinamente pela paixão


O Informador

Uma pessoa apaixonada consegue-se moldar aos poucos ao seu parceiro e vai alterando a sua personalidade, forma de estar e de agir ao longo do tempo. Porém existe quem mude radicalmente por amor e quase de um dia para o outro... Será isso possível? Não confio em tais mudanças repentinas!

Como é possível um ser com pensamentos, objetivos e vivências próprias conseguir atirar tudo para trás das costas e começar a mostrar à sociedade uma nova pessoa consoante o que quem tem ao seu lado acha correcto? Ninguém muda através de um clique e se os opostos se atraem, o tempo também faz com que se encaixem e percebam o que tem de ser alterado em ambos para uma melhor sintonia. Agora quando um muda de forma repentina só porque quer ficar bem na imagem que os outros vão ter de si... Perdoem-me, mas nessa não acredito nada!

Quem ama vai mudando com o tempo, agora quem quer disfarçar o seu amor com semelhanças e um equilíbrio perfeito assim de forma rápida, mais cedo ou mais tarde acaba por mostrar que tanto fingimento tem algo por revelar. Mudar repentinamente pela paixão é um erro em que muitos acreditam mas que poucos convencem!

16
Jan14

A imprensa de Fanny


O Informador

Fanny1

Desde que apareceu e se tornou conhecida que Fanny tem sido um alvo fácil da imprensa e todas as semanas surgem notícias fresquinhas da concorrente da Casa dos Segredos. O que não percebo é a falta de pensamento que alguns jornalistas têm por acharem que só os famosos fazem certas coisas em determinados momentos das suas vidas!

É um facto que estes temas alimentam as revistas cor-de-rosa, mas não será demais fazer uma notícia que nem está sequer comprovada, sobre uma falta escolar de um jovem, só porque este tem 16 anos de idade e namora com uma também jovem e famosa? Quem nunca foi adolescente e esteve apaixonado ao ponto de marcar umas faltas nas folhas de ponto da sua escola? Todos passamos por essa fase de cometer erros e de deixar obrigações para trás em busca da felicidade ao lado de alguém.

Quem são estes jornalistas para falarem de um rapaz que está apaixonado e que tem de esconder o seu amor só porque a sua família não aceita Fanny na sua vida? Ele é novo para namorar, segundo as regras sociais, mas se sabe o que quer e estão os dois de acordo no romance, onde está o mal de cometerem deslizes que o fazem faltar uma vez às aulas ou meter-se em transportes públicos para poder ver a sua paixão?

Todos já o fizeram, só que a maioria não tem um famoso por perto... Esta imprensa é tão ridícula que na hora de se escreverem notícias nem pensam que na sua família podem ter naquele exato momento alguém a fazer o mesmo!

29
Nov13

Uma Noite em Nova Iorque


O Informador

Uma noite em nova iorqueUma Noite em Nova Iorque revelou-se o romance esperado... Calmo, preenchido, simples e, embora com uma curta história, agradável para qualquer leitor que procure sentimentos fortes sem grandes complicações na escrita e palavras!

Tiago Rebelo é um dos romancistas nacionais que mais me tem conquistado, tendo já lido vários dos seus livros, no entanto e porque nos últimos tempos tenho andado meio ausente dos lançamentos que tem feito, agora chegou a vez de recuperar o tempo perdido e com a escrita deste homem é sempre bom aproveitar para descansar das elaboradas histórias complexas e que me deixam de cabeça à roda. Com as obras de Rebelo é fácil descomprimir de um mau livro lido anteriormente porque através dos seus romances tudo se torna descomplexado.

Uma Noite em Nova Iorque cruza dois trios amorosos numa única história onde tudo aponta para verdadeiros desgostos de amor em que todos parecem prontos para enfrentarem a solidão só que o final surpreende. Mais de seis vidas são levadas ao longo de quase duzentas páginas com os cruzamentos e desafios que lhes vão sendo impostos, deixando corações despedaçados em detrimento de outros. No final, o casal protagonista, que só se cruza em breves momentos sem nenhuma intenção, percebe que afinal também pode ter «a nossa vida»!

Um romance inspirador que mostra que nunca é tarde para voltar a amar, nem que para isso se tenha que sofrer, errar e viajar para encontrar finalmente um porto seguro que também andou a deambular em busca do verdadeiro amor!

Sinopse: Uma Noite em Nova Iorque é uma complexa história de encontros e desencontros, promessas e desilusões; mas também uma história de descoberta e de esperança, que reflecte o dilema dos protagonistas divididos entre duas forças poderosas: a obrigação de perpetuar uma união que já não lhes traz alegria e a urgência de correr atrás de uma enorme paixão que mais não é do que uma carta fechada. Com uma década de produção literária recheada de êxitos, Tiago Rebelo é um dos escritores portugueses mais lidos e preferidos pelo público, sendo os seus livros presença habitual nos lugares cimeiros das principais tabelas de vendas nacionais. Com títulos disponíveis em diversos países, desde o Brasil a Angola e Moçambique, foi igualmente editado Itália e Argentina. A par da actividade literária, Tiago Rebelo tem já uma longa carreira de jornalista, sendo actualmente editor executivo na TVI, e escrevendo regularmente para a revista do Correio da Manhã. Depois de enormes sucessos como O Último Ano em Luanda e O Tempo dos Amores Perfeitos, Tiago Rebelo regressa com um novo romance de enorme envolvência psicológica. Em Uma Noite em Nova Iorque, o autor descreve com um realismo surpreendente e sem concessões a falsas emoções a complexidade de vidas que se cruzam.

28
Out13

Romeu e Julieta


O Informador

romeo_and_juliet_2_2Romeu e Julieta é um filme inspirado no clássico de William Shakespeare mas a sua produção deixa muito a desejar e ao longo das suas duas partes existiram momentos em que quase adormeci por estar a ver uma história parada e que parecia não andar mais para a frente. Uma história inspirada num sucesso e que não foi bem acarinhada ao longo do seu processo de criação!

Com um elenco muito aquém dos grandes filmes e onde parece ter corrido mal o casting, com cenários ora bons e reais ora feitos e a demonstrarem que assim acontece e com uma imagem bem focada nas personagens, este filme parece ter sido feito porque tinha de ser e não com a vontade e orçamento de uma grande película, como deveria de ter acontecido. Uma vez que a base de Romeu e Julieta inspira muitos apaixonados e muitas histórias de amor dentro e fora do pequeno ecrã este filme é uma autêntica nódoa para os românticos e apreciadores de boas películas!

Se tivesse de dar um valor a este filme, de 1 a 5 deixava-me ficar pelos 2, isto porque o seu final conseguiu tocar-me através da sua intensidade!

Sinopse: Baseado no famoso clássico de William Shakespeare, conta a história apaixonante de duas famílias inimigas e de um amor proibido que acabará em tragédia.

Realização: Carlo Carlei

Actores: Damian Lewis, Douglas Booth, Hailee Steinfeld, Paul Giamatti, Stellan Skarsgård

Rating: M/12

Duração: 118 minutos

03
Jan13

Amor, desilusão e força


O Informador

Cada vez acredito mais que só podemos mesmo confiar em nós próprios porque nos outros a cada passo de vida que se dá, existe sempre alguém que falha e mete o pé na poça dos erros. Não falo, felizmente, de mim, que estou bem do coração!

Nas relações de amor a desilusão acontece mesmo quando não se está à espera e acabamos por sair magoados, mesmo depois de andarmos a lutar contra as marés e contra quem nos rodeia a pensar que estamos a seguir no bom caminho. Somos várias vezes alertados pelos outros que algo está mal, que não devemos seguir tais caminhos, mas não damos ouvidos, porque no amor sabemos sempre tudo e estamos sempre tão apaixonados que nada é mau na outra pessoa. 

As relações de amor não são de todo um mar de rosas sem espinhos, existem sempre os altos e baixos e existem sempre os momentos em que tudo parece estar bem, aos nossos olhos. Um casal é feito a dois e quando ambos se entendem e puxam pelo que têm em comum tudo pode acontecer de forma positiva, quando tal não acontece, mais cedo ou mais tarde, o muro cai e tudo tem que terminar.

Um peão a andar sozinho e com o outro a reboque acaba por se cansar, acaba por perceber que o outro o magoa, que o outro o desilude, que começa a ter tudo contra si, porque todos percebem o que está a acontecer, menos a pessoa que acredita que a outra consegue mudar para o bem dos dois.

O amor é uma arma complicada quando se está mesmo com a paixão no auge, mas não se é correspondido. A desilusão que as pessoas nos dão leva-nos a andar pelos cantos, pensando que tudo está mal, que tudo vai terminar mal e que somos uma merda, mas felizmente que uns tempos depois tudo isso muda e após a desilusão vem a vitória sobre nós próprios que voltamos a sorrir ainda com mais energia e força de vontade para voltarmos a ter tudo à nossa volta e podermos ser felizes sem pensarmos que alguém nos pode andar a fazer mal.

O fim de uma relação é o final de uma etapa e o início de um novo ciclo surge, tendo que se acreditar sempre que nada acontece por acaso e que saímos com maior garra e percepção dos erros que fomos cometendo e deixamos cometer.

O amor é fodido e ponto final!

Sobre mim

foto do autor

Ganha

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Acho que as atividades que acontecem nos dias de s...

  • P. P.

    Eu já tive alunos com toda a tarde de sábado ocupa...

  • Ricardo Trindade

    Duas horas semanais no máximo de catequese achas q...

  • P. P.

    Respeito e gostava de ser portador de tal fé/ espe...

  • O Informador

    Combinado! Quanto ao Catequista diz-te alguma cois...

Mensagens

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador