Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

20
Nov17

MasterChef Júnior sem chorar?!


O Informador

masterchef junior tvi.png

Será possível ver um episódio do MasterChef Júnior sem soltar uma lágrima? Os miúdos cativam e a produção portuguesa, mais uma vez, está tão bem feita que é impossível não chorar um pouco quando os miúdos não passam à fase seguinte e têm de se despedir uns dos outros! Acabou de estrear a segunda edição do MasterChef Júnior e tudo indica que estamos perante uma boa e renovada temporada deste formato de sucesso.

Este é dos melhores programas já feitos na televisão portuguesa, seja em edição normal, com crianças ou famosos! É dos melhores formatos mundiais, por isso também estar já bastante premiado, e Portugal está entre os melhores países a produzirem o MasterChef!

Tem rigor, tem alegria, emoção, verdade e é um excelente programa de entretenimento! Além disso ver a versão Júnior é ao mesmo tempo um misto porque se gosto de ver e fico agarrado ao formato, por vezes sinto vergonha por perceber que crianças de palmo e meio cozinham e sabem truques de culinária que me deixam completamente ko pelas minhas simples habilidades na cozinha!

22
Mai16

MasterChef Júnior


O Informador

mastercheg junior.jpg

Se em 2014 fiquei rendido à primeira edição portuguesa de MasterChef e em 2015 voltei a ver com assiduidade a segunda edição, agora que estreou a versão Júnior não existe volta a dar! Este é um dos melhores programas a que o mundo já assistiu!

Assisto por vezes às versões internacionais de MasterChef, sem seguir uma temporada do início ao fim, e tenho de confessar que a produção portuguesa não se fica nada atrás do que é feito lá por fora! O nosso MasterChef está entre os melhores e agora que a versão infantil estreou não existe volta a dar!

A estreia surpreendeu, mas já estava há espera que isso acontecesse! Agora é ver Domingo após Domingo este programa de culinária que me deixa de boca aberta ao perceber que crianças conseguem elaborar pratos tão complexos que me deixam intimidado e até com alguma vergonha por não conseguir alcançar tanto perfeccionismo!

02
Mar15

MasterChef regressou!


O Informador

MasterChef.jpg

A segunda temporada do programa culinário voltou aos serões de Sábado da TVI com Manuel Luís Goucha, Rui Paula e Miguel Roucha Vieira a continuarem na condução do formato que tanto agradou o ano passado aos espetadores do canal. Agora o regresso aconteceu com uma nova edição e pelo primeiro episódio tudo indica que a fasquia para com os novos concorrentes está bem superior aos que já se tornaram empresários e chefs de cozinha com os seus próprios negócios em apenas um ano!

Embora não tenha gostado do local escolhido para o grande casting deste ano, a produção voltou a surpreender com o nível de qualidade igual ou talvez até um pouco superior à do ano passado. Tudo com imagens de grandes planos de rua, com jurados a interagirem com os futuros concorrentes com um à-vontade enorme, criando empatia junto do público logo para com alguns dos que irão tornar-se chefs daqui a umas semanas. Tocando na vida de alguns dos participantes, levando até a uma lágrima ou outra, o formato volta a mostrar na sua estreia que não veio para ficar atrás do que conseguiu em 2014, sendo um dos melhores programas televisivos dentro do género que já passaram pelo nosso país. 

Adorei esta estreia, já tenho alguns dos pré-seleccionados como favoritos, como é o caso do casal italiano e da jovem modelo, mas também ainda é cedo para se conseguir perceber o que cada um tem para mostrar daqui para a frente. O que é certo é que a produção está de parabéns pela qualidade imprimida no programa, a TVI idem por voltar a apostar no que é bom e não apenas em programas polémicos, existindo ainda este ano uma forte tentativa de interacção junto dos espetadores, com os hashtags para as redes sociais sempre presentes ao longo da emissão, tal como a criação de uma aplicação especial do MasterChef.

17
Mai14

MasterChef


O Informador

MasterChef, o programa do ano! Não é uma novidade para muitos que já assistem há anos às versões internacionais do formato, mas para a maioria a aposta da TVI foi uma estreia, tal como foi para mim que já tinha visto um ou outro momento das versões australianas mas que nunca tinha seguido uma edição do início ao fim. Agora chegou a Portugal, foi excelentemente bem aceite e todos os Sábados lá gravo o episódio do dia para ver ao Domingo, quando tenho mais tempo livre.

Adoro os três jurados, cada um com as suas características, uma tripla bem escolhida e que está em acordo em todas as decisões, não existindo conflitos de preferências pelos pratos que provam. Os concorrentes foram seleccionados num casting realizado a nível nacional, podem não ter sido escolhidos os melhores porque não é com um ou dois pratos que se percebe que a pessoa pode ser o primeiro MasterChef Portugal, no entanto no geral o grupo é forte e com o andar do programa os melhores estão mesmo a prevalecer no jogo, mostrando aprendizagem com as MasterClass que têm obtido e que só estão disponíveis no site do canal, o que não concordo. Não defendo que as aulas com chefs e especialistas de cozinha tivessem que ser encaixadas no programa que é transmitido nos serões de Sábado, no entanto podiam perfeitamente transmitir tais aulas pelo final de tarde do mesmo dia. O programa tem feito sucesso e as aulas iriam também ter impacto junto do público, algo que espero que seja revisto na próxima edição do formato que já está certa acontecer ainda este ano.

Tenho visto todos os programas desde a estreia, nem sempre estou de acordo com certas saídas, porém percebo que os mais fracos têm deixado o jogo, prevalecendo os melhores e os que serão capazes de levar o troféu para casa.

Agora a crítica, não à TVI e à produção, mas sim a quem deixou fugir a informação sobre o nome do vencedor! Então não é que algumas semanas antes da grande final a imprensa já revelou quem se consagrou vencedor do MasterChef, deixando assim a curiosidade de todos desvanecida quando ainda faltam exibir alguns programas?

Sabe-se, revelado por Manuel Luís Goucha no programa Você na Tv!, que jurados, concorrentes e elementos da produção tiveram que assinar um contrato que os proibia de revelar informações sobre as expulsões e o vencedor antes que tais imagem fossem para o ar no ecrã do canal. Agora as revistas fazem destaque de tal informação, mostrando que tal segredo foi quebrado por alguém, deixando assim o suspense e curiosidade desvendados.

Um bom programa mundial, uma excelente edição nacional, jurados de peso e concorrentes que mostram que são os futuros cozinheiros nacionais. O Filipe já anda por Budapeste a estagiar no restaurante do chef Miguel Rocha Vieira, percebendo-se assim que existe talento nas mãos destes concorrentes que já estão a ganhar propostas profissionais para colocarem em prática o gosto pela cozinha.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Mensagens

Posts mais comentados

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador