Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

17
Out17

Recados de Marcelo


O Informador

marcelo rebelo de sousa 2017.jpg

Um dia após o discurso fastiento e vergonhoso de António Costa sobre a tragédia dos incêndios, Marcelo Rebelo de Sousa tem a palavra e serve o chá certo ao Governo e aos que colocarem a carapuça. O Presidente da República falou ao país e meteu todos os pontos nos is para quem os quiser entender.

Deixando um sentido pedido de desculpas e mostrando que o seu mandato ficará manchado pelos incidentes deste ano, Marcelo esclareceu a situação, lembrou as vítimas dos incêndios deste ano, que já alcançaram números bastante elevados com mais de cem mortos contabilizados entre o caos de Pedrógão Grande e os incidentes recentes, e mostrou capacidade de atacar e perceber o que está mal. Claramente que foi anunciado que é necessário olhar para o atual poder político, mostrando desagrado com o que se passou e para com o modo das reações dos últimos dias. Diretamente foram pedidas medidas de mudança, indo mais longe do que declarar publicamente que existem nomes que têm de deixar o seu lugar no poder, conseguindo mostrar que está na Assembleia da República o poder de decisão sobre o atual Governo ter ou não capacidade para mudar e assumir todos os erros cometidos em matéria de proteção social. 

Marcelo falou, mostrou claramente o seu desagrado e o que tinha de ser feito, mostrando que os próximos dias serão marcados por demissões no seio político que está neste momento na sua altura mais frágil desde que assumiram o poder. Marcelo não se encheu de máscaras como Costa, discursou como Homem e como Presidente, comentando a realidade da tragédia tal e qual como todos a interpretamos e agora é tempo de quem percebeu na integra o recado agir porque as palavras foram claras, só quem estiver mesmo agarrado ao tacho e sem capacidade de reação é que permanecerá com tanto erro junto. 

05
Jul17

Marcelo, o Pai da Nação


O Informador

marcelo rebelo de sousa.jpg

Ao longo dos anos Marcelo Rebelo de Sousa foi conquistando Portugal graças à sua presença televisiva com o comentário semanal mais visto ao longo de anos. O professor resolveu candidatar-se ao lugar central da política nacional, venceu com maioria e rapidamente conseguiu conquistar muitos dos que não votaram em si. Hoje, Marcelo é o nosso Presidente da República e com o passar do tempo poderá ser mesmo apelidado como o Pai da Nação.

Qualquer que seja a situação de maior destaque, boa ou má, acontecimentos agendados ou imprevistos, o atual Presidente marca presença. Não existe forma de dar a volta à sua presença porque quando menos se espera e quando se acredita que os compromissos não podem ser adiados, eis que Marcelo aparece num acidente de maior gravidade para se inteirar da situação e apoiar as vitimas. Para o bem e para o mal Marcelo está presente, mostra interesse em saber o que se passa e as medidas imediatas que podem ser tomadas para melhorar qualquer situação menos boa. Isto é um Presidente, bem distinto do que estávamos habituados até aqui ao longo de várias décadas onde rostos importantes lideraram o país mas só tiveram mão e estima pela secretária. Agora não, agora o rosto da nação está nos locais em que é necessário estar, altera os planos a qualquer momento e não deixa nada por fazer ou dizer quando assim tem de ser. Muitos acham que por andar sempre em viagem acaba por não ter tempo para rever as leis e obrigações da sua função, não acredito que Marcelo deixasse isso para trás, acreditando sim numa boa equipa por detrás de um rosto e na forte inteligência de um Homem que sempre estudou para ser o melhor. 

Marcelo Rebelo de Sousa é o melhor Presidente da República que Portugal podia ter nos dias que correm, alterou a forma de estar em Belém, virado para o povo e não para si, aproximando-se das pessoas sem receios, deixando a segurança em apuros mas servindo uma nação que o aceitou de bom grado e se tem rendido à sua perseverança, aos atos, afetos, palavras em momentos certeiros e acima de tudo por ser o líder presente e próximo do que é sentido e vivido no país. 

17
Abr17

Aeronave de Tires e o Presidente Marcelo


O Informador

Uma aeronave incendiou e caiu nas traseiras de um supermercado na zona de Tires. Quem aparece pouco mais de uma hora após o acidente? Marcelo Rebelo de Sousa e a sua equipa. 

O Presidente da República não perde mesmo uma, tendo uma agenda de certo bem facilitada para marcar e desmarcar presenças quando quer, já que todos os dias está num local diferente e ainda tem tempo para aparecer em acontecimentos de última hora. 

Marcelo está a mostrar ser o Presidente que se preocupa com a população, mas por vezes não é preciso tanto. Há que dar espaço aos acontecimentos para ver se é mesmo necessário aparecer quando as suas funções não o obrigam a tal. É bom mas nem sempre se torna uma prioridade. 

01
Fev17

Adeus Cristina!


O Informador

cristina fim.png

Dois anos depois do primeiro número da revista Cristina ter chegado às bancas, eis que o seu fim é anunciado dentro da Masemba, editora responsável pelo projeto até ao momento.

De há uns dias para cá que se vinha a falar sobre o encerramento editorial da revista de Cristina Ferreira e agora está confirmado pela própria que partilhou pelas redes sociais uma imagem sua com a legenda «E se isto acabar? O que vier será melhor», dando a entender que algo está por um fio, ao mesmo tempo que a Masemba anunciou em comunicado o final da parceria. «A revista Cristina foi o projeto editorial com maior sucesso em Portugal nos últimos dois anos, tendo sido seguramente o título mais impactante lançado na última década. Tratou-se de um título rentável desde o número 1. A Masemba agradece à Cristina Ferreira e à equipa da revista Cristina, o empenho, dedicação e paixão que imprimiram ao mesmo», frisam. 

Segundo fontes do projeto, esta decisão foi «por mútuo acordo», tendo ficado decidido o final da «parceria que tinha uma lógica anual», mas que ambas as partes saem felizes do projeto. A última edição será lançada no próximo dia 7 de Fevereiro, podendo a partir daí ficar-se a saber se será mesmo o final da revista Cristina ou se o projeto continuará numa nova editora. Para já a certeza é o final desta parceria, mas o resto ainda é uma incógnita, já que a revista tem mantido as boas vendas desde o seu número 1, com edições de maior saída que outras, como todas. 

Marcelo Rebelo de Sousa, Ricardo Araújo Pereira, Rita Pereira, Manuel Luís Goucha, Sofia Ribeiro, Simone de Oliveira, Santana Lopes, Simão Sabrosa, Mariza, Joana Amaral Dias, Bárbara Guimarães e Quaresma foram alguns dos rostos que protagonizaram as capas das vinte e três edições lançadas da revista que assinala os dois anos com a possível edição de fecho. 

Até ao momento ainda não se sabe quem será a figura central da última Cristina e se esse será mesmo o último número da revista, mas dentro de dias as dúvidas deverão ser desfeitas pela própria Cristina Ferreira que pelas redes sociais ou através do Você na Tv! contará de certo o que irá acontecer a um dos seus desafios fora do pequeno ecrã. 

02
Jan17

A tradição de Marcelo


O Informador

marcelo.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa festejou a primeira passagem de ano como Presidente da República mas nem isso deixou que a sua tradição de ano novo fosse esquecida. O nosso Presidente deu o seu primeiro mergulho na Praia dos Pescadores, em Cascais, tal como faz há mais de 40 anos. 

Para Marcelo este primeiro banho salgado do ano é revigorante e um hábito que pretende manter enquanto puder. Os banhos na praia, quer seja Verão ou Inverno, são um costume do antigo comentador político que em alguns anos pelo primeiro dia de Janeiro chegou a desfrutar da companhia dos seus familiares mais próximos nesta sua tradição que para muitos parece ter um pouco de loucura. 

A água fria e o tempo nublado não tiraram a ideia de Marcelo Rebelo de Sousa que desfrutou assim do seu primeiro banho na praia de Cascais com várias pessoas a assistirem e com a comunicação social a dar-lhe o seu destaque, não fosse Marcelo o Presidente PopStar da nossa nação. 

05
Set16

Rescaldo da Festa do Livro em Belém


O Informador

festa do livro em belém.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa havia anunciado a primeira Festa do Livro em Belém e o evento acabou por concretizar-se, no entanto tenho a dizer que após ter passado um bom bocado da tarde de Domingo pelos Jardins do Palácio de Belém, onde se realizou o evento, fiquei desiludido com o que acabou por ser apresentado ao público apreciador de boa literatura. 

No geral vi bancas das principais editora com pouca oferta, sem qualquer tipo de promoções diárias e com os preços iguais ou mais elevados, em alguns casos, que se fizermos a encomenda via internet ou mesmo se comprarmos pelas grandes cadeias de livrarias nacionais. O espaço poderia ser bem melhor aproveitado, com bancadas mais extensíveis e com um maior número de eventos a decorrer ao mesmo tempo. Não vi a magia dos livros e o encanto que, por exemplo, a Feira do Livro de Lisboa tem. Não pedia que o evento tivesse um peso tão elevado mas pelo menos que existisse uma maior variedade para que conseguissem dar maior destaque a todas as editoras que por vezes nem conseguiam colocar as suas novidades do ano todas à disposição de quem passou pelo evento. 

Olhando para as pessoas e vendo também que o interesse nas bancas de livros não acontecia, já que não existia grande proximidade para com as mesmas e os sacos de compras não eram muitos, percebi que a maioria das pessoas que entraram por estes dias nos Jardins do Palácio agora frequentado por Marcelo Rebelo de Sousa foram mesmo pelo local e para visitarem as proximidades da casa da Presidência Nacional. 

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • O Informador

    Acho que sim, pelo que andei a ver pela internet.....

  • O Informador

    Pensa somente depois que o espaço não é muito gran...

  • Anónimo

    La Redoute vende essa marca,,,.

  • Cláudia C Silva

    Já tinha visto algumas fotos pelo Facebook e adore...

  • O Informador

    Felizmente que não me deixo levar por um partido, ...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador