Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

16
Jun16

De manhã começa o dia!


O Informador

eu de manha 1

O ginásio está aberto a partir das 7h00 dois dias por semana e quem lá vai antes de ir trabalhar por esses dias? O Informador!

O horário matinal permite-me colocar as pernas, braços e tronco a mexer logo após o acordar, fazendo com que pelo final da tarde e assim que saio do trabalho possa logo vir para casa sem passar pelo ginásio antes do jantar. 

Dizem que é de manhã que começa o dia e neste caso não me tenho importado de acordar e levantar mais cedo para antecipar o que mais tarde bateria à porta!

11
Mai16

Ao acordar...


O Informador

Lanço aqui o debate para sabermos quais as primeiras coisas que cada um faz ao acordar! Bloggers e leitores estão convidados a entrarem, comentarem e responderem a este tópico de forma livre! Em três, dois, um...

 

Aqui ficam de forma rápida os meus primeiros momentos matinais!

 

Acordo e rebolo por uns minutos pela cama, levanto e lá vou eu fazer a higiene matinal antes de colocar o pequeno-almoço a ser preparado para me ir vestir numa rapidinha! Depois disso visito as redes sociais e leio um pouco enquanto vou saboreando o pequeno-almoço ao ver as notícias matinais! Quando dou por isso já passaram mais de trinta minutos e lá terei de me calçar porque os dez minutos de viagem esperam-me para oito horas de trabalho!

 

Revelem ao mundo como os primeiros momentos da manhã são passados por ai com um simples comentário!

16
Mar15

Manhãs solarengas


O Informador

Como é bom aproveitar uma manhã de pausa por uma esplanada e um livro como companheiro em tempos de viragem e descrença sobre pensamentos e vontades da vida. Acordar cedo depois de dormir menos do que o desejado, levantar semi bem disposto, tomar o pequeno almoço e sair, pensando que existe uma mesa ao sol em espera, um café bem tirado e uma vontade enorme para descansar. 

18
Nov14

Adeus fim-de-semana prolongado


O Informador

Três dias longe do trabalho, fora das ideias e da busca da perfeição laboral serviram para descansar, dormir, ajustar pequenos pormenores do blogue, colocar séries em dia, ler, estar com amigos e colocar algumas ideias no lugar!

Um descanso curto mas que durou mais que dois dias ajudou a fazer várias coisas, desejando que sempre fosse assim porque além de ser uma necessidade física, sei que psicologicamente quando regresso ao emprego volto melhor, com uma maior paciência para os outros, acordo cedo e bem disposto, sentindo-me preparado para os dias que se seguem.

Não consigo ainda ter mais fins-de-semana livres, podendo estar dois ou três dias em casa como aconteceu desta vez, embora acredite que em breve isso possa acontecer, ficando com uma maior liberdade para poder afirmar que vou descansar dois dias seguidos com uma maior regularidade que o habitual ao longo destes oito anos a trabalhar na mesma empresa.

Preciso de descansar por mais dias seguidos porque um aqui e um acolá ajuda mas não faz a diferença por ser tudo tão rápido que quando se olha para a frente já estou de novo na cama, pronto para dormir e acordar pelas oito da matina do dia seguinte para enfrentar as horas de trabalho ao longo dos cinco dias seguintes, talvez com um descanso pelo meio que não sabe a muito.

Adeus fim-de-semana prolongado, que chegue o próximo rapidamente!

02
Jun14

As manhãs de segunda-feira


O Informador

Manhã de segunda-feira, aquelas horas que aparecem depois da noite que surgiu após o fim-de-semana, aqueles dias de descanso que são desejados e que passam com uma rapidez incrível. Não, as manhãs do primeiro dia de trabalho não são fáceis por aqui e acredito que para ninguém. Acordar e pensar que estamos prestes a entrar no local de trabalho para mais cinco dias laborais, para oito horas diárias de prisão longe da boa vida ao ar livre e do descanso que se dissipou há poucas horas atrás.

As manhãs de segunda-feira que batem à porta são péssimas! Custa-me adormecer pelo serão de Domingo e depois o acordar é pesado e cheio de vontade de continuar deitado, agarrado a uma baixa almofada que me faz companhia ao longo de todas as noites. Perceber que a claridade exterior já bate nas janelas e que são horas de levantar e pôr-me a mexer para o começo de uma semana é sempre aquele momento que podia perfeitamente ser deixado de lado!

Acordo, abro as janelas, despacho-me e minutos depois entro no local, aquele que me acolhe na maioria dos dias da minha atual vida, penso que é apenas o início de uma semana... Todos estão em modo off porque é de manhã e além disso é segunda-feira! As manhãs são sempre péssimas, mas no final da semana tudo acontece de outra forma, já existem os pensamentos de que faltam poucas horas para aqueles mágicos dias por casa, a dar um passeio à beira-mar ou a aproveitar o sol numa esplanada com um bom livro como companhia!

Não, não quero existir nas segundas-feiras de manhã, quero continuar a dormir até ao almoço, entrar em acção ao final do dia e perceber que no outro dia tudo já passou e que o mau início de semana já não vai acontecer, tendo ficado para trás, não sendo vivido e não sendo pesado!

As manhãs de segunda-feira são feias, mal cheirosas, carregadas de negativismo e embaraçosas! Não, não quero viver estes momentos de terror! Já passou?

06
Mar14

Bom dia!


O Informador

1911630_10152017912633107_1003069723_nHey! Está aí alguém? Passei a esta hora bem vespertina da manhã para vos dar os bons dias e desejar que as próximas horas sejam recheadas de muito descanso, paz, amor e tudo o que desejarem!

Oh, que discurso que poderia estar a correr tão bem, mas não me apetece escrever muito mais porque acabei de acordar, estou em modo rápido e com a pós birra do sono! Levem os meus cumprimentos matinais pelas 7h30 e já vão com sorte!

Inté!

13
Dez13

Whisky matinal


O Informador

Deu-me um enjoo assim de repente, que logo fiquei com vontade de me levantar e ir embora do café, isto porque na mesa ao lado, pelas 8h30 da manhã, um homenzinho se sentou com um copo de whisky como bebida de pequeno-almoço.

Sim, ainda era bem cedo e àquela hora, para mim, claro está, é praticamente inconcebível a ingestão de bebidas alcoólicas. O homem dirigiu-se ao balcão, ouvi o seu pedido, a empregada não percebeu à primeira, depois acabou por o servir e o seu copo acabou por ser pousado na mesa ao meu lado.

Com aquele comportamento deu para perceber que aquele ser que adora uma boa bebida com álcool pela manhã, deve terminar o dia num belo estado!

Um whisky matinal é sinal de um comportamento deveras errático! Enfim... Há gostos para tudo!

09
Dez13

Frio


O Informador

0,0Está frio e eu não gosto deste tempo assim, preferindo a chuva a este gelo que cai e me faz andar cheio de camisolas, casacos, luvas e gorros. Esta temperatura de Inverno em pleno Dezembro de 2013 deixa-me furibundo e sem vontade de sair de casa porque até as frieiras me atacaram este ano devido a estes 0,0°c que dão cabo de mim.

De manhã tenho de ir trabalhar e está frio, quase com temperaturas negativas. À tarde e de regresso a casa, o sol já se escondeu e o tempo começa de novo a arrefecer e a tornar o serão gelado. Será que esta geleira que me teima em manter no seu interior não deixa despertar um arzinho mais quente ou mesmo de chuva?

Frio, vai-te embora porque eu não gosto de ti!

15
Nov13

Bom dia senhora!


O Informador

Há alguns meses que mantenho o hábito de antes de ir trabalhar passar uns minutos num café sossegado onde tomo a primeira cafeína do dia e depois levo algo para o segundo pequeno almoço. Os clientes do espaço são mais ou menos sempre os mesmos e agora já passei da fase de dar os bons dias em exclusivo para as empregadas! Uma senhora toda janota que está praticamente sempre sentada no mesmo sítio, à mesma hora e à espera de companhia também já gosta de me dar as boas vindas e receber contributo!

Eu não sou nada fácil nos primeiros momentos da manhã porque gosto de estar no meu mundo, sossegado e sem ter de falar muito para que a preparação para as oito horas de trabalho aconteça da melhor forma. No entanto também sabe sempre bem ouvir os bons dias de pessoas conhecidas ou desconhecidas por ser um sinal de empatia, simpatia e boa educação.

Agora, depois de alguns meses, aquela senhora reformada e toda janota dirige-me a palavra, revelando que já me conhece daquele lugar e que mereço algumas palavras matinais. Neste caso pode-se dizer que por frequentarmos o mesmo local há algum tempo, sempre à mesma hora, tem feito com que de desconhecidos passemos a conhecidos, sem sabermos nada mais além dos hábitos daqueles minutos da manhã que acontecem naquele local onde me sento e o café já vem a caminho, coloco as atualizações das redes sociais com as primeiras notícias a rolarem e aproveito o tempo que me sobra para ler o meu livro do momento. Já no que toca à senhora, depois do seu galão e torrada, chega a leitura do jornal, intercalado com um cigarro ou outro e posteriormente, e porque as amigas começam a chegar, as conversas do dia-a-dia com cada uma!

Agora já dou o «Bom dia!» a uma conhecida de vista só porque sim e porque fica bem! É engraçado como o hábito de ver determinados rostos pelos mesmos locais que frequentamos vai mudando a forma como reagimos perante as pessoas!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________