Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

06
Jun17

Clube dos Clássicos Vivos na Feira do Livro de Lisboa


O Informador

clube dos clássicos vivos.jpg

4 de Junho, quarto dia de Feira do Livro de Lisboa e mais um encontro do Clube dos Clássicos Vivos, o segundo a que vou mas o primeiro em que li a obra seleccionada, Breakfast at Tiffany's - Boneca de Luxo, de Truman Capote. 

Acordar cedo ao Domingo e rumar com A Mulher que Ama Livros até ao centro de Lisboa onde pelo Parque Eduardo VII se encontra mais uma edição da Feira do Livro, a 87ª. Aos poucos os membros que marcaram presença foram chegando e reunimos-nos para conversar e debater a obra numa das várias sombras disponíveis pelo jardim nas traseiras do certame. Conversa puxa conversa - não falei muito, por sinal, sobre a obra - o tema central foi debatido talvez ao longo de uma hora e fiquei com outros pontos de vista acerca da obra que não foquei enquanto leitor deste clássico. Estes encontros além de servirem de convívio entre bloggers e não só, servem também para tocarmos em vários pontos literários que a solo não atingimos e que com a partilha de ideias e formas de entender a escrita de cada autor ajudam cada um a sentir e viver de forma diferente o que está para vir. 

Após a roda do Clube dos Clássicos Vivos, eis o almoço convívio com parte dos membros e visita a todo o recinto da Feira para dar conta das novidades literárias de cada editora, dos livros do dia e das promoções disponíveis. Ia com a ideia de não comprar nada, mas quem é o leitor que resiste a ir a um evento deste tamanho e não gastar uns trocos? Lá comprei o Diz-me Quem Sou, de Julia Navarro, e O Luto de Elias Gro, de João Tordo, ambos em Livro do Dia e assim com um preço menor que o habitual. 

21
Abr14

Estante da Fnac


O Informador

EstanteA Fnac Portugal pegou no que de bom tem pelas suas lojas e partiu à aventura de uma revista literária com publicação trimestral, tendo surgido assim a Estante. Com o custo de 1,5€ a partir do seu número 2, já que a primeira edição está disponível nas lojas de forma gratuita, surgiu assim um produto «para apaixonados por livros». O Informador já conta com a sua aqui por casa!

Valter Hugo Mãe, Mia Couto, José Saramago, João Miguel Tavares, Ricardo Araújo Pereira, Fernando Alvim, Lídia Jorge e João Tordo são apenas alguns dos nomes literários presentes pela primeira Estante da Fnac, sendo as páginas desta revista ainda compostas por artigos sobre a série e obra A Guerra dos Tronos, dando também destaque ao 25 de Abril, entre outros temas.

Da literatura nacional à internacional, dos clássicos aos contemporâneos, dos livros infantis aos que atingem o público sénior, a Estante acaba por ser uma revista publicitária sobre as novidades que podem ser encontradas pelas prateleiras da Fnac, valorizando o trabalho de cada autor e editora e percorrendo a literatura desde os seus primórdios à atualidade.

Com o tema «português» como destaque no número 1 da Estante, a quinta língua mais falada do mundo sai assim valorizada com artigos que mostram o quanto importante é!

A Estante já está na minha Estante e na tua?!

02
Nov13

Leituras de Outubro


O Informador

Outubro resolveu-me presentear com três livros bem diferentes entre si e que tiveram destaques bem diferentes ao longo do tempo em que fui lendo cada um! Se por um lado tive Ilha Teresa e O Livro dos Homens Sem Luz, por outro voltei a ficar surpreendido com a escrita do autor de O Homem de Constantinopla!

Ilha TeresaIlha Teresa

Richard Zimler transporta os leitores através do diário de uma adolescente que de um momento para o outro é levada pelos seus pais para um país diferente e distante do seu, onde tudo lhe é estranho! A revolta instala-se e ao lado do seu novo amigo tenta mudar o futuro que terá de ser vivido naquela terra que não é a sua e onde não gosta de estar! Um dia-a-dia que podia ser muito melhor descrito porque a jovem acaba por ficar para segundo plano devido às suas preocupações com o amigo e com o seu pequeno irmão. Um livro de que não gostei!

Opinião alargada de Ilha Teresa

O Homem deO Homem de Constantinopla

Caloust Gulbenkian é o grande protagonista deste último romance de José Rodrigues dos Santos que resolveu contar a história do homem que enriqueceu a pulso e com a ajuda das suas próprias ambições de querer sempre mais e melhor. Não conhecia a vida deste senhor que anos mais tarde se mudou para Portugal e através desta narrativa biográfica fiquei com curiosidade para querer saber um pouco mais além dos pontos que fui adquirindo com esta leitura. Não posso dizer que O Homem de Constantinopla tenha sido uma surpresa para mim porque o seu autor já me conquistou há muito e em teoria já sabia que com esta aquisição iria estar a ter um bom livro em mãos!

Opinião alargada de O Homem de Constantinopla

O Livro dos Homens Sem LuzO Livro dos Homens Sem Luz

Está bem escrito e para quem me explicou a história é um bom livro! Para mim foi uma completa nódoa porque além de não ter percebido a base e as ligações que as personagens tinham entre si, não consegui perceber o encadeamento com que o livro foi criado. Esta estreia na leitura de João Tordo não me correu nada bem, o que vale é que, e embora este seja um romance que quero riscar da memória, fiquei com a sensação de que o autor tem um bom perfil na literatura e vou querer experimentar uma outra sua obra daqui a uns tempos.

Opinião alargada de O Livro dos Homens Sem Luz

29
Out13

O Livro dos Homens Sem Luz


O Informador

O Livro dos Homens Sem LuzPoderia dizer muita coisa boa sobre O Livro dos Homens Sem Luz, no entanto nesta primeira obra que li da autoria de João Tordo a desilusão é o grande destaque porque este simboliza um dos livros que mais odiei ler. A principal razão... Não consegui entrar na história e li todas as suas 216 páginas sem conseguir encaixar com as suas personagens e locais! Um horror!

A escrita é óptima e corrida mas esta história de personagens que se cruzam e trocam de lugares não entrou na minha cabeça de maneira nenhuma! Pelo modo como tudo é contado e pela forma como Tordo mostra os seus ambientes posso dizer que irei voltar a ler algo da sua autoria porque também percebo que existem alturas em que não nos encontramos tão predispostos para determinadas narrativas e esse facto deverá ter aparecido no meu inconsciente porque logo de início fiquei sem perceber tudo o que se estava a passar. Odiei este livro, embora reconheça que tem pormenores relevantes, tendo ficado com a impressão que existe muita coisa boa para descobrir no universo literário deste autor e é isso que quero desvendar com uma próxima leitura!

Um pormenor... Consegui depois perceber a história porque a mesma me foi contada horas depois de ter terminado a minha leitura, mas posso garantir que este O Livro dos Homens Sem Luz não me convenceu por lado nenhum!

Sinopse: Ao perder tudo, um homem isola-se no silêncio de um apartamento londrino, e a sua vida começa a ser comandada pela voz de um desconhecido ao telefone; um casal fica, de um momento para o outro, soterrado nos escombros de uma casa destruída pela guerra durante o blitz alemão sobre Londres; um estudante vítima de insónia mergulha num mundo de irrealidade permanente, temendo o ameaçador vizinho do quarto contíguo; um médico mórbido constrói uma máquina de tortura num hospital isolado da costa de Brighton.

Os segredos por revelar de todas estas personagens perpassam num romance cheio de enigmas e vozes e criam uma atmosfera de suspense e claustrofobia que faz de cada página um passo expectante na direcção de uma escuridão cada vez maior, de um desenlace ao mesmo tempo macabro e romântico.

Com ecos de Kafka e de Auster e influências do novo conto gótico, O Livro dos Homens sem Luz revisita os clássicos da literatura de mistério – de Wilkie Collins a Edgar Allan Poe -, oferecendo-lhes um espaço peculiar no qual o autor entrega o destino das personagens a si próprias.

18
Out13

Vou ler... O Livro dos Homens sem Luz


O Informador

O Livro dos Homens Sem LuzO Livro dos Homens sem Luz está comigo desde Julho, no entanto, e porque outras obras me conseguiram atrair com uma maior força, o tempo foi passando e a sua leitura adiada. Agora chegou a hora de pegar nesta narrativa de João Tordo e a saborear, tal qual como é pedido!

Lembro-me que encomendei este livro num dia em que a Fnac lançou uma promoção no seu portal com centenas de livros a metade do preço, o que um bom amante literário não pode desperdiçar. O Livro dos Homens sem Luz não foi a minha primeira escolha, sendo que Depois de Morrer Aconteceram-me Muitas Coisas, de Ricardo Adolfo, era o único que queria comprar na altura, mas por consequência e porque teria que fazer um valor mínimo, acabei por também fazer esta escolha e a de O Vendedor de Histórias, de Jostein Gaarder. Tripla encomenda efetuada, livros entregues... Dois já lidos e agora chegou a vez do terceiro. Lá vou eu entrar no mundo de O Livro dos Homens sem Luz!

Sinopse: Ao perder tudo, um homem isola-se no silêncio de um apartamento londrino, e a sua vida começa a ser comandada pela voz de um desconhecido ao telefone; um casal fica, de um momento para o outro, soterrado nos escombros de uma casa destruída pela guerra durante o blitz alemão sobre Londres; um estudante vítima de insónia mergulha num mundo de irrealidade permanente, temendo o ameaçador vizinho do quarto contíguo; um médico mórbido constrói uma máquina de tortura num hospital isolado da costa de Brighton.

Os segredos por revelar de todas estas personagens perpassam num romance cheio de enigmas e vozes e criam uma atmosfera de suspense e claustrofobia que faz de cada página um passo expectante na direcção de uma escuridão cada vez maior, de um desenlace ao mesmo tempo macabro e romântico.

Com ecos de Kafka e de Auster e influências do novo conto gótico, O Livro dos Homens sem Luz revisita os clássicos da literatura de mistério - de Wilkie Collins a Edgar Allan Poe -, oferecendo-lhes um espaço peculiar no qual o autor entrega o destino das personagens a si próprias.

26
Jul13

Já chegou a tripla encomenda!


O Informador

Tripla literáriaA minha tripla encomenda literária feita nas 48 Horas de promoções a 50% da Fnac já chegou à sua nova casa.

Depois de Morrer Aconteceram-me Muitas Coisas, de Ricardo Adolfo, e editado pela AlfaguaraO Livro dos Homens sem Luz, de João Tordo, lançado pela D. Quixote e O Vendedor de Histórias, de Jostein Gaarder, editado em Portugal pela Editorial Presença já estão na minha posse e prontos para daqui a uns tempos serem lidos.

Estes três livros foram comprados por 17,75€, tendo todos um bom desconto, porque se isso não acontecesse não os tinha encomendado por ainda ter uns quantos para ler primeiro e o tempo não ser assim tanto. A par disto ainda posso dizer que já recebi o vale de desconto no valor de 5€ para usar até dia 27 de Agosto numa compra superior a 30€ através do site da Fnac.

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • marta-omeucanto

    Em termos de operadora de telemóvel, continuo com ...

  • O Informador

    Até agora estou a gostar da leitura que se torna b...

  • O Informador

    Irão sempre arranjar maneira de não fazerem a devo...

  • O Informador

    Euro a euro conseguirão lá chegar!

  • O Informador

    Não sei se a editora envia para o Brasil, mas pode...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador