Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

28
Out16

A chegar aos 30!


O Informador

No dia 5 de Novembro chego aos trinta anos e se me perguntarem se isso me causa algum problema só tenho a dizer que nenhum... Nada de nada!

Primeiro não sou de ligar a datas e aniversários, sendo um mero ausente com festejos próprios e tenho a confessar que dos outros também. Depois ano após ano não ligo aos número que vou somando sobre a presença na terra. Vou atingir uma marca! Upa! Upa! Poderia ficar todo feliz ou bastante triste, mas não, será só mais um aniversário que nem pretendo assinalar com festas e jantares porque não gosto, não aprecio e não me sinto inspirado para o fazer. 

Lembro-me da única vez que queria muito fazer anos! Os dezoito, tal como muitos adolescentes vibram por estarem a aproximar-se da marca de atingirem a maioridade! O que mudou nessa altura? Queria tirar a carta e perdi o entusiasmo, só a tendo tirado uns bons meses depois, queria conquistar o mundo e o mundo continua de todos e de igual forma. O que na verdade se alterou? Posso dizer que nada, tendo sido praticamente «uma montanha que pariu um rato». 

Aos trinta não tenho ideias do que deverá mudar para os próximos anos porque vou vivendo sem pensar na idade que poderá começar a pesar ou que fará a diferença no dia de amanhã. Tenho vinte e nove e a partir daquele dia quando me perguntarem a idade terei de dizer que tenho trinta anos sem qualquer problema, para mais quando depois a maioria me diz... «Verdade? Não parece nada!» O ego sobe e a verdade sobre a idade é totalmente colocada de lado nessas situações!

02
Jan15

Primeiro dia bem caseiro


O Informador

Acho que é a primeira vez que passo todo o dia 1 de Janeiro, desde que acordei da noite de passagem de ano até voltar a deitar, em casa. Não sai, pouco comi, aproveitando para ficar pela cama a descansar, com a televisão com as séries do momento e o computador ligado, muitas horas sem perceber com que finalidade.

Por ter ficado em casa neste primeiro dia do ano será que poderei arriscar que os próximos meses simbolizarão que conseguirei ser mais caseiro e poupado? Espero e desejo que isso aconteça mesmo, precisando de passar mais tempo com as minhas coisas, sossegado no meu canto e sem grandes festejos! 

A idade começa a fazer-se sentir e a vontade de acalmar e passar os meus dias livres e frios por casa acaba por saber cada vez melhor! Abençoado primeiro dia de 2015!

02
Nov14

Diferença de idades!


O Informador

Tenho 27 anos e começo a sentir que nem sempre estou disponível para aturar algumas pessoas mais novas, mesmo que a diferença de idades não seja muita! Os hábitos, costumes e conversas do pessoal mais novo já não é o mesmo do da minha geração e por vezes só dá mesmo vontade de virar costas só para não ter que responder menos bem!

A diferença que as gerações com cinco anos a menos têm faz-se notar cada vez mais devido aos trejeitos e parvoíces com que muitos vivem, achando ainda que têm todo o mundo aos seus pés e pronto para lhes servir. Parece que existe aquela falta de maturidade para conseguirem viver em sociedade com os outros que não têm qualquer paciência e obrigação para com os seres insuportáveis da geração seguinte.

Será que também eu já andei pela idade parva e das gracinhas fúteis e maioritariamente incompreendidas pelos outros? Acredito que passei por tal etapa e que não me lembre dela, mas talvez por na altura só existirem dentro do meu circulo pessoas que estavam a passar pelo mesmo e não ter que lidar com seres tão chatos como eu que tenho cada vez menos paciência para os putos com a mania que são gente!

A diferença de idades faz sempre diferença e não venham cá com coisas!

29
Ago14

Há 30 anos!


O Informador

Mãe e PaiNunca vos tinha mostrado qualquer imagem dos meus pais, pois não? Esta é a mais antiga que encontrei dos dois juntos, numa união que fizeram de fotografias individuais de cada um, quando ainda eram solteiros!

Ambas as imagens já têm mais de 30 anos, quando começaram a namorar, num amor que levou mais de cinco anos para se concretizar em casamento e só depois apareci eu! Ah pois é! Por estas imagens deviam ter 20 e poucos anos de idade, estando ambos todos penteadinhos e jeitosos para irem ao fotógrafo porque antes nada acontecia como agora, onde o tempo não pára e os cuidados com estas sessões não acontecem ao pormenor.

Criaram-me com tudo o que sempre me puderam dar, com o amor necessário para ser uma criança feliz e só lhes posso agradecer por isso porque são os meus bons pais, aqueles que lutaram e continuam a fazer tudo por mim, o seu único filho, a criatura que amam e que sempre protegeram dos males do mundo!

Amo-vos, embora seja frio com as palavras e demonstrações de afecto para convosco, sei que sabem que só vos tenho a agradecer por tudo!

16
Jun14

Ganha bilhetes para o espetáculo 40 e Então?


O Informador

40 e entãoHá uns dias fui ver o espetáculo 40 e Então?, em cena no Teatro Tivoli BBVA! Agora, e porque gosto de partilhar bons espetáculos com os leitores do blogue, tenho três bilhetes duplos para poder presentear os comentadores deste texto!

Quem quiser assistir ao espetáculo da UAU interpretado por Maria Henrique, Ana Brito e Cunha e Fernanda Serrano no próximo dia 20, sexta-feira, pelas 21h30, tem aqui a sua oportunidade, só tendo que seguir três passos para que a sua participação seja válida! Copiar a frase que se segue, colocando-a como comentário a este mesmo texto, ser seguidor de O Informador pelo Facebook e partilhar o passatempo pelo seu perfil na rede social.

«40 e Então?, um espetáculo que vou ver com a ajuda d' O Informador!»

Este passatempo começa no dia 16 de Junho, pelas 19h00, terminando a 18, pelas 23h00. Os vencedores do mesmo serão sorteados através do sistema automático random.org, sendo revelados após alguns minutos do término do passatempo num novo texto e contactados também via email, pedindo assim para que os participantes coloquem corretamente os seus dados - nome e email - no comentário para que seja mais fácil a comunicação com os mesmos.

Aguardo as vossas participações e aconselho vivamente esta peça tão bem interpretada por três grandes atrizes, com fantásticos textos de mulheres consagradas no mundo das artes e do espetáculo. Bons comentários e boa sorte!

Deixo de seguida a apresentação de 40 e Então?...

40 e então?

Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano e Maria Henrique regressam ao palco dez anos depois do sucesso de Confissões das Mulheres de 30. Com elas trazem histórias, muitas. São histórias comoventes, histórias divertidas, histórias de afectos, histórias novas, histórias antigas que os anos fazem viver de forma diferente. São histórias contadas por outras mulheres, com vivências diversas, a quem a idade não assusta ou, se calhar, assusta e muito.

Em 40 e então? a vida é assumida sem tabus ou adoçante. A idade é um posto e as actrizes dão voz a textos seus e a autoras como Ana Bola, Helena Sacadura Cabral, Silvia Baptista, Inês Maria Meneses, Rita Ferro, Rute Gil e, sobretudo, a todas as mulheres que já estiveram, estão ou vão entrar na década da ternura.

Direcção Sónia Aragão

Textos Ana Bola, Ana Brito e Cunha, Helena Sacadura Cabral, Inês Maria Meneses, Leonor Xavier, Maria Henrique, Sílvia Baptista, Sónia Aragão, Rita Ferro e Rute Gil

Figurinos Isabel Carmona

Desenho de Luz Luís Duarte

Interpretação Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano e Maria Henrique

M/16Teatro Tivoli BBVA | Estreia 30 Abril5ª a Sábado às 21h30 | Domingos às 16h30Preço entre 10€ e 18€5ªs: 10€ Iniciativa UAU TEATRO 5ªs Feiras 10€  (preço único sem marcação de lugar)6ªs, Sábados e Domingos: entre 12€ e 18€
12
Jun14

40 e Então?


O Informador

40 e entãoAs quarentonas estão retratadas na peça 40 e Então?, em cena no Teatro Tivoli BBVA. Eu, que ganhei um passatempo lançado pelo Guia de Lazer do jornal Público, assisti a este espetáculo com as atrizes Ana Brito e Cunha, Fernanda Serrano e Maria Henrique, conseguindo perceber que existem mulheres que mesmo não tendo tal idade, conseguem atingir os pensamentos dos «40»!

Em palco as três atrizes desfilam personagens e vidas ao longo da interpretação de vários textos escritos por Helena Sacadura Cabral, Rute Gil, Sónia Aragão, Ana Bola, Silvia Baptista, Rita Ferro, Maria Henrique, Leonor Xavier e Inês Maria Menezes, mostrando o que é a vida de uma mulher com quarenta anos! Os desafios da idade, a maternidade, as sogras, as saídas, a bebida, o divórcio, a moda e os mil e um assuntos que conseguem preencher a mente de uma mulher ao longo das suas vinte e quatro horas do dia marcam presença nesta peça.

Um espetáculo divertido, com três atrizes que surpreendem e com um andamento perfeito! Sem intervalo para não perder o ritmo, 40 e Então? mostra os problemas enfrentados quando se passa para a barreira dos «enta» e tudo parece começar a desmoronar. Três amigas em palco numa união e sintonia encruzilhada onde se juntam com tantas «Marias» que andam por aí à procura da felicidade e do bem-estar.

Leve, espontânea, fácil e bem interpretada são quatro dos vários factores positivos que o espetáculo tem para levar a sua plateia aos aplausos e risos ao longo de hora e meia. Gostei e recomendo a qualquer pessoa, principalmente às mulheres que estão prestes ou já passaram a barreira dos 40!

24
Jan14

Teste de Idade Mental


O Informador

IdadeCliquei num daqueles testes da treta que existem por aí e que nos dizem como agir, o que pensar e por aí fora! O que fiz deu-me a idade mental e surpresa... Fiquei com menos três anos!

Tenho 27, só que o tal teste deu-me 24 em média, dando-me uma idade mental abaixo da real (25), e um grau de ingenuidade e de maturidade a fazerem o dobro da realidade (52 e 57). Quanto à velhice, aí tudo me parece adolescente e olhem para aquele 14 ali a brilhar!

Considero-me jovem com 27 e embora não acredite nestes testes da treta é sempre bom ver que as trinta e uma questões a que respondi me forneceram este ego-presente!

24
Jan14

Teste de Idade Mental


O Informador

IdadeCliquei num daqueles testes da treta que existem por aí e que nos dizem como agir, o que pensar e por aí fora! O que fiz deu-me a idade mental e surpresa... Fiquei com menos três anos!

Tenho 27, só que o tal teste deu-me 24 em média, dando-me uma idade mental abaixo da real (25), e um grau de ingenuidade e de maturidade a fazerem o dobro da realidade (52 e 57). Quanto à velhice, aí tudo me parece adolescente e olhem para aquele 14 ali a brilhar!

Considero-me jovem com 27 e embora não acredite nestes testes da treta é sempre bom ver que as trinta e uma questões a que respondi me forneceram este ego-presente!

21
Jan14

A idade dos leitores do blogue


O Informador

[yop_poll id="2"]

Quero descobrir um pouco mais sobre os meus leitores, como tal, abro aqui uma Sondagem que me irá revelar a idade predominante de quem segue O Informador.

Quem puder fazer já a sua opção, revelando através do quadro acima a sua idade, agradeço! Outrora e porque tais dados não podem ser adquiridos de um dia para o outro, irei deixar a votação decorrer ao longo do próximo mês de Fevereiro, revelando os resultados no início de Março.

Qual a média de idades que se irá destacar entre o lote que coloquei a votação? Eu tenho uma ideia, mas quero ter a certeza se estou correto ou se terei uma surpresa no final! Votem, não custa nada e só me poderão ajudar a dirigir os textos e conteúdos do blogue para quem me lê e segue!

21
Jan14

A idade dos leitores do blogue


O Informador

[yop_poll id="2"]

Quero descobrir um pouco mais sobre os meus leitores, como tal, abro aqui uma Sondagem que me irá revelar a idade predominante de quem segue O Informador.

Quem puder fazer já a sua opção, revelando através do quadro acima a sua idade, agradeço! Outrora e porque tais dados não podem ser adquiridos de um dia para o outro, irei deixar a votação decorrer ao longo do próximo mês de Fevereiro, revelando os resultados no início de Março.

Qual a média de idades que se irá destacar entre o lote que coloquei a votação? Eu tenho uma ideia, mas quero ter a certeza se estou correto ou se terei uma surpresa no final! Votem, não custa nada e só me poderão ajudar a dirigir os textos e conteúdos do blogue para quem me lê e segue!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________