Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

26
Jan18

A suspensão de SuperNanny


O Informador

super nanny.jpg

A semana termina e a notícia de que SuperNanny foi suspenso é dada pela SIC! Após dois episódios que geraram polémica entre o público e entidades com responsabilidade social, o Ministério Público fez um pedido urgente à direção do canal para cancelar o programa e assim será!

Dois episódios foram para o ar e chegaram para que o Ministério Público decidisse, num caso raro em Portugal, intervir na programação de um canal televisivo, pedindo a suspensão dos próximos episódios. A SIC seguiu o conselho do tribunal e alterou a sua programação do próximo Domingo, retirando também de todas as plataformas do canal os conteúdos que digam respeito ao formato. 

Neste momento a SIC optou por suspender o programa, no entanto para o voltar a emitir existem condições para tal. Um despacho assinado pela juíza Cláudia Alves, do Tribunal de Lisboa Oeste, permite a continuação em antena de SuperNanny mas com o recurso a filtros de imagem e voz com os menores e os seus progenitores. Ou seja, para transmitirem o programa de novo os rostos e vozes terão de ser desfocados de modo a protegerem os protagonistas mais pequenos de cada episódio para não serem tão facilmente identificados. Uma decisão com a qual os responsáveis pelo canal não concordaram e por isso a opção pela suspensão do polémico programa. Caso neste momento voltem a apostar em SuperNanny, a SIC terá de pagar uma multa de 15 mil euros por cada dia de incumprimento perante o despacho do tribunal. 

13
Nov14

Guerra e Paz lança livros únicos


O Informador

Novembro é o mês em que a editora Guerra e Paz lança para o mercado dois livros únicos e em edições bem especiais! O Bordel das Musas ou as nove donzelas putas, de Claude Le Petit e As Flores do Mal, de Fernando Pessoa, são as duas obras a que me refiro e passo já de seguida a explicar as razões de ambas serem assim tão especiais!


O Bordel das Musas

Claude Le Petit, um libertino francês que acabou por ser queimado na fogueira, em Paris, a 1 de Setembro de 1662, deu a sua alma aos poemas eróticos que lançou e que agora são publicados pelo nosso país através do livro O Bordel das Musas ou as nove donzelas putas. Tendo sido este o livro que o terá condenado à morte, aos 23 anos, o poeta transpôs a sexualidade e o desejo para as palavras e a Guerra e Paz lança agora em Portugal uma edição especial da obra do autor onde dois artistas portugueses, João Cutileiro e Eugénia de Vasconcellos desenharam e traduziram, respectivamente, deram o seu toque especial.

Com belos poemas, acompanhados por desenhos bem irreverentes, este livro de capa dura, de formato 15cm x 21 cm e revestido a tela Brillianta conta com um papel com uma maior densidade que o habitual, transformando-o num lançamento único e numa edição limitada de 1.150 exemplares, todos numerados e com a assinatura digital dos dois portugueses que lhe deram o seu cunho.

ao leitor crítico. Epigrama 

Crítico que julgas ser libertino

Em matéria foditiva, tem tino,

Não te espantes, peço,

Por encontrares a foda no começo.

Preferia morrer de raiva

A ter na minha obra – que eu saiba –

Maliciosamente deixado

Algum mau exemplo a seguir,

Se os antepassados pra vida nos fazer vir

Foda sobre foda encaixaram,

Posso bem começar o meu livro

Por onde eles o mundo começaram.

O Bordel das Musas ou as nove donzelas putas,de Claude Le Petit15x21136 páginas24,00 €Poesia EróticaNas livrarias a 19 de NovembroGuerra e Paz Editores | Três Sinais
 As Flores do Mal 

Os vícios de Fernando Pessoa e seus heterónimos passaram para as palavras. Pela primeira vez, os textos que descrevem tais comportamentos e necessidades estão juntos num só livro, As Flores do Mal - absinto, ópio, tabaco e outros fumos. Aos poemas de Pessoa juntam-se 51 fotografias originais e a preto e branco de Pedro Norton, entrando assim numa comunhão para com a escrita do poeta.

No entanto o que acaba por distinguir esta obra das restantes é a sua capa concebida totalmente em madeira, sendo que esta edição única, pelo menos neste formato, está toda numerada, contando somente com 1.500 exemplares.

Cada capa foi feita numa só folha de madeira, tendo sido a primeira vez que tal foi feito em Portugal. Recorrendo a tecnologia laser deu-se à madeira flexibilidade para fazer a lombada, desenhando-se a imagem da capa e contracapa da mesma forma. Neste livro tão especial são apresentados 32 textos e 51 fotografias, sempre com recurso a materiais luxuosos combinados num formato de 24 cm x 24 cm.

Pouco nos interessa saber se Fernando Pessoa se embebedava, afundava no ópio ou se espetou alguma agulha morfinómana no delicado braço. Neste livro o que conta é a forma como os vícios, as drogas americanas que entontecem, lhe iluminam a escrita. Este é um livro de vícios: pessoal e íntimo.

As Flores do Mal,de Fernando PessoaFotografias de Pedro Norton24x24156 páginas + 5 folhas Pop'set55,00 €Livro de ArteNas livrarias a 19 de NovembroGuerra e Paz Editores | Três Sinais

Dois livros únicos, lançados praticamente em simultâneo e a fazerem história, principalmente junto de quem ficar com um dos exemplares numerados através destas primeiras edições bem especiais de obras cujos seus autores marcaram o seu tempo e que sempre serão recordados pelo mundo literário mundial.

23
Ago14

Nova Casa dos Segredos com interactividade


O Informador

A quinta edição da Casa dos Segredos estreia nos finais de Setembro e desta vez o público será convidado a interagir mais intensamente com os protagonistas do reality show. Como é que isso vai acontecer? Através de uma aplicação de telemóvel onde sugestões, jogos, comentários, questões e vários conteúdos do formato vão ser colocados à disposição de todos!

Na aplicação da Casa dos Segredos os utilizadores irão ter a possibilidade de influenciarem os concorrentes ao longo do percurso do programa, ajudando a criar provas, dando dicas e sugestões à produção para que as mesmas sejam colocadas em prática dentro da casa mais vigiada do país.

Além de interagirem com a produção e concorrentes, os telespetadores irão ainda ter acesso a vários jogos que envolvem o programa, tendo também os vídeos do formato disponíveis na aplicação, tal como vários conteúdos especiais vindos dos patrocinadores do Secret Story. Além de tudo isso várias questões e desafios serão colocados em tempo real ao público do programa, estando o telespetador a interagir com a casa e seus habitantes em várias alturas do dia.

Desta vez os telespetadores vão ajudar a comandar as vidas dentro da moradia do programa da TVI, fazendo deste programa um The Sims televisivo onde os peões vão entrar e não sabem em que mãos se vão enfiar. 

Gostei da ideia e espero que tudo o que tem sido anunciado sobre esta aplicação e sua interacção entre a Casa dos Segredos e os portugueses seja mesmo colocada em prática realmente porque o futuro da caixinha mágica está neste tipo de apostas onde em casa se comanda o que se está a passar do outro lado. Vou ter a aplicação pelo telemóvel e espero ser um dos espetadores mais influentes da vida dos moradores porque assim ainda poderei ganhar alguns prémios!

Quando é que o reality show recomeça mesmo?

13
Jul14

Flop Baião


O Informador

Há uns meses atrás a imprensa começou a noticiar que a direcção da SIC estava em negociações com João Baião para o apresentador da extinta Praça da Alegria, da RTP, voltar a ser um dos rostos do canal onde apresentou o Big Show, seu maior sucesso. Agora e passados os primeiros desafios junto do público, pode-se dizer que as apostas para as quais Júlia Pinheiro e companhia queriam Baião revelam que a sua contratação foi mais um tiro no pé para o canal.

Começando por Sabadabadão, o programa dos serões de Sábado onde João Baião partilha a apresentação com Júlia Pinheiro, pode-se logo começar a adivinhar que algo de mau já deve ter passado pela cabeça de alguém sobre esta contratação supostamente de peso e bons resultados. O programa estreou a perder para a concorrência e desde aí que tem visto os seus valores a caírem ainda mais!

O programa da noite de Sábado está morto e não consegue ressuscitar! Existe formatos que conseguem equilibrar-se quando começam a meio gás e surpreender, o pior é que este começou logo sem respiração suficiente e além de perder para a concorrente direta, leia-se TVI, também já leva tareia da RTP. O que fazer com Sabadabadão? Terminar o programa o mais rapidamente possível porque além de não estar a resultar só anda a prejudicar o canal com as suas médias diárias!

Se ao Sábado corria mal, pela SIC acharam que seria Baião a salvar as tardes de Domingo com o Portugal em Festa! Então o que foi feito? Tiraram a dupla Rita Ferro Rodrigues e José Figueiras que andava a fazer metade do valor que o Somos Portugal tem feito desde que começou e colocaram a nova contratação da estação ao lado de Merche Romero a passear pelo país com a caravana do canal. O que está a acontecer? A nova dupla além de não conseguir subir os valores para se mostrar ser uma forte concorrência ao formato líder no horário, ainda está a conseguir fazer baixar o que já ia mal!

Dois programas, dois horários diferentes e em dias distintos onde João Baião perde à grande para o que passa pelos canais do lado, não conseguindo mostrar ter o público do seu lado quando está a apresentar o seu Sabadabadão e o Portugal em Festa. E agora? Baião foi contratado por seis anos com o estatuto de estrela, tal como Júlia Pinheiro o foi há três anos atrás! A directora de conteúdos da SIC vê agora a sua história ser repetida pelo amigo e ambos conseguem ser apostas negras do canal pelo qual dão a cara!

Um Flop Baião foi o que a SIC roubou à RTP sem perceber que o público do canal quer programas diferentes dos da concorrência e não cópias descaradas do que é bem feito para os telespetadores que optam pela TVI.

28
Jun14

Juntos no Verão


O Informador

Teresa Guilherme quis um programa na TVI além da apresentação de reality shows e a direcção do canal entregou-lhe o novo formato das tardes de Sábado. O que dizer da estreia de Juntos no Verão? Melhor do que os dois formatos anteriores, sem dúvida alguma!

Há uns anos era o cinema que preenchia as tardes de fim-de-semana dos canais generalistas nacionais e de há um tempo para cá têm sido os programas musicais que percorrem o país a preencher os horários das tardes de Sábado e Domingo dos três principais canais. Ao Sábado a TVI tem mantido a liderança, primeiro com o Não Há Bela Sem João com um João Paulo Rodrigues que sempre achou que poderia ser palhaço, uma Marisa Cruz que com tal companheiro de apresentação nada aprendeu e com os convidados vindos directamente da Casa dos Segredos. João Paulo mudou-se para a SIC no final do ano passado e o seu programa teve que terminar, sendo substituido logo depois por alguns especiais dedicados ao reality show e depois pelo Mais Vale à Tarde do que Nunca, formato preparado à pressa e apresentado por Isabel Silva e Nuno Eiró, uma dupla que corre bem, mas que não pode estar muito tempo junta por deixarem descambar as suas conversas.

Agora e mesmo tendo mantido a liderança com a troca de programas, Teresa Guilherme e Isabel Silva são a nova dupla feminina da televisão portuguesa e acabam de estrear o Juntos no Verão, um talk show onde tudo pode acontecer, de jogos com prémios a momentos de conversa, música com convidados bem conhecidos do público e figuras anónimas mas que querem sair com algum troféu do formato.

A dupla correu bem logo na primeira emissão, o programa não é uma continuação dos seus antecessores, mostrando frescura e renovação, a produção esmerou-se para continuar e ainda alargar os bons valores que têm sido feitos ao longo dos últimos dois anos e parece que a posta é positiva.

Adoro a Teresa por ser uma das melhores e mais espontâneas apresentadoras nacionais e vejo a Isabel como o futuro, fazendo bem lembrar a Cristina Ferreira, com o mesmo estilo e vontade de brilhar. Ambas estiveram excelentemente bem e com o à-vontade que as caracteriza, brilharam, animaram, riram, choraram e encheram o ecrã com a sua boa disposição.

Gostei desta estreia e acredito no sucesso do programa para lá do Verão, passando a ser Juntos no Outono, Juntos no Inverno, Juntos na Primavera... Tal como a rainha dos reality show deseja!

Quanto a nós... Estamos Juntos n' O Informador!

16
Jun14

O regresso da Casa dos Segredos


O Informador

Qual a novidade televisiva deste Verão? A abertura dos castings, pela quinta vez, da Casa dos Segredos! Isto era algo esperado, não é verdade?

Praticamente certo estava o regresso do reality show sucesso ao ecrã da TVI, o que andava a demorar era o arranque das inscrições, porque Setembro sem o programa, que todos dizem não gostarem de ver mas que consegue arrancar grandes audiências, não seria a mesma coisa. A Casa dos Segredos está de regresso marcado, com a Teresa Guilherme como apresentadora e com os futuros concorrentes a começarem as primeiras fases de selecção daqui a umas semanas, isto para que a sua estreia volte a ter figuras controversas, com histórias de vida recheadas para a boa imprensa cor-de-rosa do nosso país ter assuntos para destacar pelas suas lindas capas sensacionalistas.

O Secret Story manteve bons valores ao longo das quatro emissões e dos dois especiais que teve, como tal não existiam dúvidas que o programa teria que voltar para que a passagem de ano seja marcada com a final que irá revelar qual o concorrente que acabou por atrair as preferências dos telespetadores do formato.

Eu gosto de ver o programa, perceber que a Voz está sempre com os concorrentes, esperando que nesta quinta temporada façam algumas alterações no formato base, modificando a casa de modo a causar impacto e também de forma a colocar os concorrentes no jogo dos segredos, que tantas vezes tem sido esquecido em detrimento dos amores e ódios que dão que falar pela sua polémica no exterior da residência mais famosa do país ao longo de quatro meses.

A Casa dos Segredos vai voltar à TVI em Setembro! Yes!

29
Set13

Casa dos Segredos [Expectativas]


O Informador

Três edições do Secret Story - Casa dos Segredos já lá vão e hoje estreia a sua quarta temporada, quatro anos depois de Júlia Pinheiro ter dado as boas vindas, ao lado da famosa Voz, aos primeiros concorrentes. Agora e depois das duas anteriores edições deste reality show terem sido apresentadas por Teresa Guilherme, a mestre está de volta, poucos meses depois de ter estado à frente da condução de Big Brother Vip. As minhas expetativas quanto a esta nova temporada do SS? Vai ser mais polémica que as anteriores!

A primeira edição foi a mais calma e a que envolveu mais o jogo que era pretendido neste programa, a da descoberta dos segredos dos vários concorrentes que se tinham que enfrentar para um lugar na final através das suas histórias dentro e fora do programa. Após os primeiros concorrentes, que foram conduzidos por Júlia, Teresa pegou no formato e apresentou a segunda edição e aí surgiu um outro tipo de jogo, o do amor, o da discussão e a polémica aumentou, mas não como aconteceu com a terceira, e até aqui, a última versão do reality show. O terceiro grupo de concorrentes tornou a Casa dos Segredos num jogo recheado de polémica, do início ao fim! Eles amaram-se e odiaram-se, discutiram e brigaram, envolveram-se e beijaram-se e a produção conseguiu mudar o jogo a favor das boas audiências e foi criando jogos que só serviram para apimentar os sentimentos dos jogadores. O SS3 foi ao rubro e como correu bem, agora espera-se algo do género e ainda mais polémico!

A quarta edição do programa está prestes a começar, os concorrentes escolhidos, a casa pronta, apresentadores e equipa preparados e os espetadores à espera! O que falta agora? A hora H acontecer e tudo recomeçar! Eu vou ver esta estreia e acredito que o formato vai ser bem mais puxado que o do ano passado, e se a discussão e não só aconteciam quase diariamente, desta vez os concorrentes foram minuciosamente escolhidos para não terem complexos em criar «barraco» porque é isso que chama o público e traz bons valores ao canal, neste caso à TVI. O SS4 vai subir a fasquia das edições anteriores e agora sim tudo será feito para todos falaram e comentarem o que aqueles concorrentes andam a fazer dentro de quatro paredes... Se a casa não for abaixo, claro está!

Sobre mim

foto do autor

Ganha

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Acho que as atividades que acontecem nos dias de s...

  • P. P.

    Eu já tive alunos com toda a tarde de sábado ocupa...

  • Ricardo Trindade

    Duas horas semanais no máximo de catequese achas q...

  • P. P.

    Respeito e gostava de ser portador de tal fé/ espe...

  • O Informador

    Combinado! Quanto ao Catequista diz-te alguma cois...

Mensagens

Posts mais comentados

Pesquisar

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador