Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

28
Jun17

Salvador Sobral, o Triste


O Informador

«Vou mandar um peido para ver o que acontece». Esta foi a frase proferida por Salvador Sobral durante a sua participação em palco no evento em memória das vítimas dos fatídicos incêndios de Pedrógão Grande quando o público sempre aplaudia tudo o que o cantor fazia e entoava em palco. Se era necessária esta reação? Não, de todo!

Mais uma vez e porque está mais que provado que não sabe lidar com a fama e com os aplausos, Salvador voltou a colocar o pé na argola e só podia sair disparate. Como é que um artista em palco, perante milhares de pessoas que encheram o MEO Arena e os milhões de espetadores que assistiram ao Juntos Por Todos através da televisão consegue descer tão baixo e ser hipócrita a este ponto?

O que aconteceu a meio da atuação do jovem foi daquelas coisas que qualquer artista que se preze e que quer vingar não ousa sequer pensar. Como é que o Salvador voltou a falhar num evento nacional e com todo o à-vontade do mundo? Esta atitude mostra que para além de não saber lidar com o estrelato consegue ainda ser mal intencionado com o público que o tem acarinhado ao longo dos últimos tempos por ter sido o vencedor do Eurovision. 

Assisti em direto a este momento decadente de um jovem que não deverá ter grande futuro pelos principais palcos se continuar a seguir esta sua linha de gostar de fazer tudo à sua maneira, o que até acho bem, mas que depois não consegue lidar com o sucesso que alcançou. Foi um mau momento, por si, pelo público e acima de tudo pelo evento em que aconteceu. Quando ouvi e percebi o riso do público no recinto do espetáculo pensei que não tinham ouvido bem o que tinha sido dito porque deu-me a sensação que a frase até entusiasmou a continuação dos aplausos, mas afinal pelas redes sociais os comentários negativos não se fizeram esperar e em boa hora Portugal caiu em cima de Salvador pelo seu comportamento, que tal como outros artistas, deixa muito a desejar numa pessoa que é o ídolo de milhares de crianças e não só. 

23
Fev17

Figurinhas das redes sociais


O Informador

Existem momentos em que todos conseguimos passar largos minutos a cuscar pelas páginas de perfil alheias nas redes sociais. Não escondo que em várias passagens o faço e não é que descubro com cada figurinha de pessoas que já me estiveram próximas de alguma forma?

Será que as pessoas não conseguem disfarçar um pouco o seu parolismo no que apresentam publicamente e que fica na memória de quem esbarra com imagens e comentários menos próprios? Figuras inusitadas com roupas menores em corpos maiores, celebrações de bradar aos céus onde todos os parolos das redondezas são chamados a aplaudir. Imagens de saídas em locais que mais parecem casas de alterne. Selfies onde mostram mais do que deviam de si e de quem vive consigo, até dos filhos menores. Tudo serve para colocarem pelas redes sociais e uma pessoa, com um pingo de pensamento, logo raciocina... Estas pessoas não percebem a figura ridícula que vão fazendo ao publicarem tudo e mais alguma coisa sem qualquer critério?

23
Dez16

Obrigado aos 3.000!


O Informador

3000.jpg

O Natal bateu à porta e o desejo de terminar o ano com mais de 3.000 seguidores na página de Facebook do blog acabou de ser concretizado! Muito, mas mesmo muito Obrigado a todos os que me têm acompanhado através deste espaço de partilha pessoal. É o blog com a função de Seguir na barra lateral, é o Facebook, é o Twitter, o Pinterest e o Instagram, tudo dentro do universo O Informador à vossa disposição!

02
Set16

Snapgram


O Informador

snapgram.jpg

Meses e meses a resistir à adesão ao Snapchat por continuar a achar que a página de Facebook, do Twitter e do Instagram chegavam e bastavam! Agora que o Instagram passou a ser também Snapgram comecei a testar a nova área da aplicação e não é que estou a ficar viciado nos vídeos rápidos que desaparecem após um dia de exposição?

Tiro as fotografias que acho que devem continuar a ficar eternamente publicadas através do feed do Instagram mas também ando a fazer uns rápidos vídeos com coisas um pouco mais parvas e que não quero que fiquem gravadas para sempre, por não valer a pena de serem tão normais. O Snapgram uso-o um pouco como partilha rápida do dia-a-dia e embora tenha resistido ao Snapchat por achar que não fazia sentido publicar alguma coisa para logo desaparecer, agora percebo que naquele espaço a normalidade acontece, sem terem de existir grandes e elaboradas imagens todas perfeitas. Grava-se, escreve-se, rabisca-se e publica-se para amanhã tudo desaparecer e continuar a ser substituído por novas imagens que aparecem de forma tão rápida como desaparecem.

07
Ago16

Alertas de Aniversário!


O Informador

Ainda sou do tempo em que as datas dos aniversários da família, amigos e conhecidos estavam gravadas mentalmente ou escritas numa agenda para que na data não nos esquecêssemos de enviar um recadito escrito ou fazer uma chamada telefónica a lembrar o dia, caso não tivéssemos oportunidade de estar com a pessoa aniversariante. Nos dias que correm as datas especiais na memória já eram, tudo porque existe um Facebook que nos lembra dia após dia quem está de Parabéns e ainda conseguimos ter a noção da quantidade de anos que as pessoas já enfrentaram! Agendamentos mentais? Já eram!

Isto sim é a evolução do tempo a acontecer e a mostrar que daqui a uns anos todos estamos de mãos atadas pelo recurso à tecnologia que nos torna cada vez mais dependentes para tudo o que vamos fazendo!

A tecnologia está a invadir a nossa vida e ninguém parece importar-te com isso, bem pelo contrário!

07
Jul16

Blogger ativista silenciado


O Informador

Michael Anti.jpg

Já lá vai o ano de 2005 quando Michael Anti virou assunto internacional por ver a Microsoft a desligar o seu blog para que não existissem atritos entre a empresa e o governo de Pequim. Mais tarde a rede social Facebook acabou por apagar a conta ao ativista, tentando silenciar assim este jornalista que partilhava as suas ideias com o Mundo. 

Hoje Michael Anti é um blogger influente e conta com milhares de seguidores, tendo estado na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, onde deu uma conferência sobre a China, mostrando como é controversa a ligação entre a sociedade e as grandes empresas internacionais de tecnologia que não querem atrair utilizadores mas sim capital. 

Na China tudo é levado com base nas regras impostas pelos líderes ocidentais, estando o Baidu a substituir o Google, o Weibo a fazer de Twitter, o Facebook poderá ser apelidado por Renren e o Youtube é na verdade o Youku, seguindo estas plataformas as regras para se poder viver em comunidade entre as novas tecnologias da comunicação e a realidade da nação. 

Mais de uma década passada desde que atingiu o sucesso universal devido à tentativa de ser silenciado, Michael Anti deu uma entrevista à revista Visão que poderá ser vista AQUI

24
Mai16

Censura no Facebook


O Informador

tess holliday.jpg

O Facebook parece ter uma balança com pesos bem diferentes para analisar as imagens que são divulgadas por todos nós! Se celebridades bem conhecidas, com corpos esculturais e que dão que falar podem publicar tudo e mais alguma coisa, já outras acabam por ser censuradas por não mostrarem nada mais que o seu corpo em biquíni!

Tess Holliday é uma modelo que faz campanhas publicitárias para marcas que se preocupam com as pessoas que vestem números maiores. E esta modelo viu a imagem que foi publicada através do mural da organização para a qual dá a cara, a Cherchez la Femme, na rede social a ser eliminada por, segundo os responsáveis pelo Facebook, não estar de acordo com a política de anúncios da empresa. A campanha publicitária pretende promover a positividade da mulher em relação ao corpo que não tem de ser escultural para a pessoa se sentir feliz, mas mesmo assim e sem chocar, a rede social acabou por colocar a censura na ordem do dia justificando a atitude por não cumprir a «política de saúde e fitness da rede social» e também porque mostrava partes do corpo «de maneira indesejável». A sério?

O Facebook foi mais longe e foi divulgado que «Estes anúncios não são permitidos porque fazem com que os utilizadores se sintam mal consigo próprios. Por isso, recomendamos o uso de uma imagem de uma actividade como correr ou andar de bicicleta».

Tess reagiu de imediato nas redes sociais, tal como Jessamy Gleeson, produtora da organização... «Fiquei absolutamente furiosa. Não conseguia compreender. A atitude do Facebook foi realmente horrível e alienante ... As mulheres gordas podem, naturalmente, ser tão desejáveis como as outras.»

Dias depois o Facebook lançou novo comunicado com um pedido de desculpas pelo ato, afirmando que afinal a foto cumpria as directrizes da empresa e que todo o processo de eliminação não tinha passado de um erro. «A nossa equipa processa milhões de imagens publicitárias por semana e pode acontecer a proibição de um anúncio de forma incorrecta. A imagem não viola a nossa política de anúncios. Pedimos desculpa pelo erro.»

No entanto a organização feminista não ficou satisfeita com as desculpas do Facebook e espera que a empresa faça uma revisão das políticas e da forma como analisa imagens e comentários, já que parecem existir diferenças na selecção e censura para com os corpos e patamares da fama. 

21
Set15

Só uma questão... Maria Vieira


O Informador

Quando vejo os comentários que a atriz Maria Vieira partilha pelo seu perfil de Facebook questiono-me se a senhora não tem algum tipo de filtro para barrar certas coisas que deixa escapar. Queixa-se que por vezes não existe trabalho e afins mas depois também critica tudo e todos os meios que lhe podem dar esse mesmo trabalho algum dia!

Quem quererá empregar uma pessoa que só critica e leva tudo pela frente? Talvez se a Maria fosse mais contida ainda se desenrascasse melhor, não sei! Percebe-se que não é de engolir sapos mas existem sempre limites para tudo!

17
Set15

«Não gosto» não vai pegar


O Informador

Não gosto.jpg

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, revelou que a rede social irá, a pedido dos utilizadores, acrescentar o botão de «não gosto» em breve. Ao que parece esta forma de expressão vai começar a ser testada não se sabendo porém em que moldes irá ficar o resultado final. 

Pelo que li este novo modelo que irá surgir pelo Facebook irá colocar os gostos e não gostos de todos a dar que falar. Imagens e frases que sejam publicados poderão receber o carinho de muitos mas um simples contra poderá causar muitos dissabores entre publicadores e comentadores que adorem mostrar o seu dedo gordo para cima e para baixo. 

A situação parece estar a ser avaliada pelos seus responsáveis mas quero ver como este «não gosto» chegará junto dos milhões que têm conta pela rede social mais popular do mundo. Existirá coragem para avaliar com sinceridade as partilhas que são feitas por ai? Até aqui quando não se gosta não se diz nada, ignora-se ou assim, mas com esta nova opção estou a ver várias alminhas conhecidas a fazerem o gosto ao dedo para darem nota negativa a torto e a direito. 

12
Jul15

Só um apontamento social...


O Informador

Para os mais distraídos que aparecem aqui pelo blog, relembro que também ando pelas redes sociais... Ora aí estão os links onde terão que fazer «seguir» para andarem atentos ao que se passa por este blog e não só!

Facebook

Instagram

Twitter

Vamos seguir e começar a acompanhar O Informador por todo o lado onde estou? Parece-me uma boa ideia de Domingo de Verão! Vamos lá!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________