Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

23
Out17

Vencedores dos convites duplos para Na Bagunça do teu Coração [25.10.2017]


O Informador

na bagunça do teu coração.jpg

Os temas inspiradores de Chico Buarque dão o mote para um espetáculo recheado de temas românticos protagonizado em Portugal por Carolina Putel e Ricardo Sá. Na Bagunça do teu Coração é a comédia musical que estreia na próxima Quarta-feira, 25 de Outubro, pelo Teatro Armando Cortez e promete conquistar o público nos serões de Terça e Quarta-feira até 29 de Novembro. 

A Yellow Star Company aposta assim neste espetáculo recheado de canções românticas de um dos maiores artistas e tu tiveste a oportunidade para assistir à primeira sessão de Na Bagunça do Teu Coração. Eis os vencedores dos três convites duplos que estiveram em sorteio. Fátima Andrade, Ana Salomé e Ricardo Luzia foram os sorteados através do sistema random.org e irão receber a informação necessária para que o convite possa ser levantado da melhor maneira. 

18
Out17

Convites duplos para Na Bagunça do teu Coração [25.10.2017]


O Informador

na bagunça do teu coração.jpg

Carolina Putel e Ricardo Sá juntam-se em palco para protagonizarem uma divertida comédia romântica musical contada através das canções de Chico Buarque, Na Bagunça do teu Coração. Com produção da Yellow Star Company, este espetáculo encontrar-se-à em cena todas as Terças e Quartas-feiras, de 25 de Outubro a 29 de Novembro, pelas 21h30.

Um espetáculo que não se deve perder, principalmente para os amantes dos temas de Chico Buarque e que gostam de ver uma boa representação teatral. Para que ninguém perca a oportunidade de assistir a esta produção, tenho três convites duplos para a sessão de dia 25 de Outubro, a de estreia, por sinal.

“Ele & Ela se conhecem, se amam, se casam. Depois se separam e cada um vai tentar a sorte com outros parceiros. Não dão certo, se reencontram, se amam e são felizes para sempre.” (João Máximo) A história conta a vida de um casal no período de um ano, durante o qual passam por vários encontros, desencontros e reencontros até, finalmente, volvidas as quatro estações, o casal revolve também o ciclo dos seus sentimentos e têm então, o inesperado final feliz. Trata da velocidade em que definimos o tempo afetivo e como, por vezes, atropelamos os nossos sentimentos.

11
Set16

Dioguinho a desiludir!


O Informador

Dioguinho, o famoso site que todos nós conhecemos e a que recorremos para saber dos últimos escândalos sobre os concorrentes dos reality shows e não só tem vindo a desiludir pelos últimos dias!

Nos anos anteriores os dias que antecederam a estreia de reality shows eram recheados de notícias sobre os novos e possíveis, alguns certeiros, novos concorrentes, com polémicas a serem desvendadas antes mesmo dos novos pseudo famosos serem conhecidos. Desta vez e em plena semana de estreia da sexta edição do Secret Story nada é contado em primeira mão. Isto admite-se? Nada mesmo!

Anda uma pessoa a tentar saber o que irá acontecer e que concorrentes já conhecidos dos anteriores irão entrar e nada é revelado pelo site mais polémico que surgiu na altura da segunda edição da Casa dos Segredos, graças a Fanny que ficou rapidamente sem o seu Dioguinho através de um amor platónico criado ao longo da presença no programa.

04
Set16

A estreia de A Impostora


O Informador

aimpostora (1).jpg

A TVI estreou nova novela, A Impostora, e se no início do primeiro episódio as coisas poderiam parecer paradas e com uma história onde o arranque estava demorado, ao longo de quase duas horas tudo se adensou e esta nova produção da autoria de António Barreira acabou por ter uma das melhores estreias de sempre de uma novela do canal.

Um texto exemplar, imagem a um nível sem igual até ao momento numa novela portuguesa, interpretações de aplaudir de pé com um elenco de grandes estrelas onde se tem de destacar, sem dúvida alguma, Dalila Carmo que com duas personagens gémeas conseguiu diferenciar tão bem Verónica de Vitória, as duas guerreiras do início desta trama com tanto passado para ser contado e desfiado ao longo dos trezentos episódios já totalmente gravados. 

Uma novela que parte de Portugal para Santiago do Chile, Moçambique e Maputo, numa produção do Mundo e com uma história que tem muito para contar e onde nem foi preciso uma grande movimentação de personagens logo na estreia para que a trama conseguisse cativar!

13
Ago16

As Árvores Morrem de Pé


O Informador

IMG_6720.JPG

Filipe La Féria, Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho sonharam levar a palco uma versão do espetáculo de Alejandro Casanova e o dia 11 de Agosto de 2016 simbolizou o arranque junto do público de um desejo de dois grandes atores e um encenador de excelência no panorama nacional. As Árvores Morrem de Pé é o novo espetáculo de Filipe La Féria para o Teatro Politeama e a estreia não poderia ter corrido melhor!

Com Manuela Maria, que divide a sua personagem com Eunice Muñoz, e Ruy de Carvalho nos comandos de um elenco bem conhecido dos espetáculos de La Féria, esta produção assinala o regresso aos grandes textos teatrais, quebrando o fio que vinha a ser feito através das várias revistas à portuguesa que subiram ao palco pelos últimos anos no Politeama. As Árvores Morrem de Pé é por si só um espetáculo que fala por si mas se lhe colocarmos os grandes da nossa representação a encabeçar o elenco acaba por ser perfeito. 

Plateia esgotada sem existir espaço para mais. Público bastante atento ao que ia ser feito. Encenador confiante. Equipa técnica alegre. O pano sobe e o palco mostra-nos que uma vez mais as Produções Filipe La Féria não falham no cenário e na caracterização dos personagens. O elenco começa a desfilar, uns com maior destaque que outros, como sempre, e rapidamente entra em palco Ruy de Carvalho que recebe os aplausos de um público que sabe perfeitamente a razão de estar naquela sala. A história começa a desenrolar-se e vamos sendo levados por atores que interpretam clandestinos atores até ao grande centro da ação, a casa onde está no momento a avó que poderia ser de todos nós.

Manuela Maria dispensa qualquer tipo de apresentações e confesso que é a grande surpresa desta estreia. Gosto e sempre gostei desta atriz que ao longo da sua vida tem feito história na representação, mas não pensei que estivesse tão bem e me conseguisse levar rapidamente do riso ao choro de forma perfeita e sem que tenha tido tempo para pensar nas alterações repentinas de uma personagem que lhe encaixa na perfeição. Seriedade, serenidade, calma, humana, profissional... Tanta coisa que tinha agora para contar sobre o que senti com a prestação de Manuela Maria pelas tábuas do Politeama. Emoção é acima de tudo o que esta grande atriz, tal como Ruy de Carvalho, conseguem passar para quem assiste a este grande espetáculo que irá ficar certamente em cena durante uma grande temporada. 

O talento em As Árvores Morrem de Pé não se coloca em questão porque dos jovens aos seniores, todos têm e revelam grande experiência. O texto está lá, tendo um grande contraste entre o bem e o mal que se atropela de forma positiva entre si. O cenário perfeito, o guarda-roupa perfeito, a iluminação perfeita. Enfim, tudo perfeito num sucesso que ainda agora começou!

11
Ago16

Estreia hoje... As Árvores Morrem de Pé


O Informador

 As Árvores Morrem de Pé é o novo espetáculo que Filipe La Féria coloca em cena no Teatro Politeama a partir de hoje e com nomes bem sonantes da nossa representação! Eunice Muñoz, Ruy de Carvalho, Manuela Maria, Carlos Paulo, Maria João Abreu, João D’Ávila, Hugo Rendas, Ricardo Castro, Paula Fonseca, Rosa Areia, João Duarte Costa, Patrícia Resende e os jovens actores João Sá Coelho, Pedro Goulão e Francisco Magalhães compõem um elenco que fala por si e que irá brilhar a partir de agora pela sala de espetáculos lisboeta que certamente irá ficar esgotada sessão após sessão de hoje em diante!

Um verdadeiro grupo de grande talento foi reunido por La Féria nesta sua nova aposta que passa também por resultar numa homenagem a Eunice Muñoz, Ruy de Carvalho, Manuela Maria e João D' Ávila que já contam com décadas de palcos com carreiras recheadas de sucessos, aplausos e muito carinho junto do público. 

As Árvores Morrem de Pé, um espetáculo que ninguém deve perder!

4F7A0098T1.jpg

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • PP

    O meu também é assim

  • PP

    Magnífica iniciativa.

  • O Informador

    Geralmente oito horas não consigo, nem ao Sábado e...

  • Moralez

    Acredito pois 😂 😂 😂 eu tenho de dormir 8h00

  • O Informador

    Mesmo quando me deito antes das 00h00 acordar às 0...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador