Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Sesta espanhola

Maldita a hora em que em pleno período de férias nos lembramos de partir uma certa manhã para terras espanholas. Então não é que nos esquecemos que os vizinhos fazem o seu período de sesta prolongada por horas infinitas ao longo da tarde?

Ah pois é! Tinha a ideia que os espanhóis fecham tudo e mais alguma coisa por um período de duas horas e com horários definidos, mas não. Afinal de contas fecham tudo na maioria dos casos das 14h00 às 17h00 e isolam-se dentro de quatro paredes para dormir. Tudo fica encerrado, desde cafés, a lojas, museus, igrejas e qualquer tipo de estabelecimento. A sesta espanhola é tradição no país mas causa uma raiva enorme aos visitantes que percorrem quilómetros para visitar e conhecer o que de bom existe por aquelas paragens e depois a espera tem de ser feita a circular por jardins ou a ficar sentado dentro do carro porque tudo se encontra encerrado. Faz algum sentido tamanha tradição?

Bailando

https://www.youtube.com/watch?v=ApeC2AGENgo

Enrique Iglesias relançou o tema bailando, desta vez ao lado do português Mickael Carreira! Um mês depois de ter estado por Espanha de férias e de ter ouvido este som várias vezes acabo por perceber já em Portugal que está aqui uma ligação luso-espanhola!

Num tema bem romântico os dois cantores uniram-se para lançarem um dos sons do momento nos dois países da Península Ibérica. Já por Torremolinos tinha ouvido várias vezes este tema, tendo ficado com o mesmo no ouvido e cantarolado algumas das suas partes, isto sem ainda existir esta nova versão nas duas línguas.

Bailando é um dos temas do Verão que irá ficar a passar nas rádios pelos próximos meses! Bailando por amor e com paixão por terras portuguesas e espanholas num tema e letra inspiradores!

O preço da literatura

Que em Portugal o preço dos livros é exagerado já não tinha grandes dúvidas, agora perceber que por Espanha o mesmo livro, em versão espanhola, com uma capa praticamente igual e o mesmo tipo de edição, custa menos de metade do valor pedido nas livrarias portuguesas deixou-me de olhos em bico.

Como se conseguem ter preços tão baixos em terras espanholas e depois pelo nosso país a literatura tem valores exorbitantes? Queixam-se que os portugueses não lêem e não têm cultura, mas depois também praticam valores bem acima da média na União Europeia, querem o quê? Milagres? Isso não me parece que aconteça sem a ajuda da grande irmandade!

Compreendo que os custos sejam maiores que os do país vizinho, mas também não percebo como eles têm ordenados acima da nossa média e depois conseguem ter este tipo de produtos com um valor bem melhor que nós.

Assim se percebe que a literatura não é nem nunca será igual para todos, quer seja pelo seu valor monetário ou por questões culturais, políticas e linguísticas! As diferenças existem e mesmo sendo incompreendidas por muitos assim continuarão a permanecer!

O que se pode fazer para ter em Portugal boa literatura e a menores preços? Parece que nada porque tudo irá continuar como está onde a crítica revela que se anda a ler pouco mas depois as editoras não conseguem baixar os valores dos seus lançamentos!

O preço dos livros é uma boa questão que os nossos ministros podiam rever a bem do futuro cultural dos portugueses!

Eu e o final da vida!

Este ano estou mesmo destinado a ter que assistir a acidentes, mortes inesperadas e partidas premeditadas! Voltei a ver alguém morrer, numa praia, e em poucos minutos! Sinto-me triste!

Não conhecia o rapaz que deixou este mundo, só assisti a tudo a poucos metros de distância e percebendo as palavras de aflição dos amigos que o tentaram reanimar quando um ataque de epilepsia o fulminou!

As coisas acontecerem em menos de uma hora, desde a chegada de bicicleta do indivíduo, aos cumprimentos para com os companheiros de praia, uma ida à água e no regresso o acidente natural aconteceu. Os amigos tentaram reanimá-lo, logo as pessoas entendidas no assunto foram em socorro, os bombeiros chamados, mas pouco ou mesmo nada já conseguiram fazer quando chegaram ao local. Do momento em que caiu até os paramédicos darem a morte como certa devem ter passado pouco mais de trinta minutos.

Como tudo pode terminar assim de um momento para o outro na vida de alguém que parecia estar alegre com a sua chegada junto das pessoas de quem gosta?

Como logo o meu pensamento me transportou para outras situações, tendo tido medo naquele momento de ter que assistir a algo do género para com as pessoas que amo?!

Um rápido e triste final de vida que tive de presenciar por Espanha e que irá ficar marcado nas minhas recordações para com a cidade de Torremolinos!

Viagem até Torremolinos

E já cá estou! Escrevo o primeiro texto para O Informador diretamente de Torremolinos, local onde cheguei quase sete horas depois de ter saído de casa. Foi durante a noite que fizemos a viagem para chegarmos de manhã e fugirmos do tempo quente que já se começa a fazer sentir por aqui e que parece querer continuar pelos próximos dias, para nossa felicidade!

Chegamos à cidade, fizemos o reconhecimento do local para procurar o hotel e decidimos ir tomar o pequeno almoço antes de partir até ao areal, fazendo tempo para o chek-in poder ser feito a partir das 14:00.

Até ao momento tudo indica que a cidade é calma, com um bom ambiente e que os próximos dias serão bem passados com o descanso a dar sinais de permanência e o bom tempo a ajudar à festa.

Agora é tempo de repousar e tentar relaxar num serão mais calmo para que o tempo de viagem e a direta da noite anterior possam ser ultrapassados e para que esta semana de férias seja bem aproveitada.

Vou de férias! Até já!

Daqui a pouco, por volta das 00h00, a viagem para Torremolinos, cidade no Sul de Espanha, começa e esperam-nos mais de oito horas a conduzir, com várias paragens pelo caminho até a chegada ao destino acontecer. Estou a fazer a contagem para poder sair de Portugal, chegar ao hotel e descansar, ter uma semana de completo repouso, sem nada para me preocupar e sem ter de andar a pensar em trabalho e coisas que não me alegram assim muito.

Preciso mesmo destes dias e irei querer desfrutar dos mesmos da melhor maneira porque dias assim depois só lá para Outubro. Tudo indica que o tempo vai estar bom para a praia, que as noites irão estar agradáveis e já tenho os mapas, roteiros e principais locais da cidade anotados para não perdermos nada nestes dias por terras espanholas.

Quanto ao blogue, desse não tiro férias por completo! Se do trabalho não quero nem me lembrar, por aqui as coisas mudam de figura, tendo deixado vários textos agendados para serem publicados automaticamente pelos próximos dias e querendo também contar, caso seja possível ter condições para o fazer, como estão a correr as férias, revelando e mostrando pormenores da cidade por aqui e também pelas redes sociais.

Pessoal, só voltarei dia 31 a Portugal, mas até lá nada pára e continuará tudo a circular e a aparecer no sítio do costume, por isso não fujam por uma semana porque eu também não o farei! Até já e boas férias!

Espanhóis apoiam o que os portugueses não querem

Primeiro foi Kátia Aveiro, que tem triunfado em Espanha ao entrar no programa Sobreviventes - Survivor -, ao ter conquistado os cidadãos do país vizinho com os teus temas musicais. Agora é a vez de Daniela Pimenta, a espécie de cantora que entrou na segunda edição nacional de Secret Story - Casa dos Segredos a receber os aplausos espanhóis. O que se pode dizer com isto? Eles recebem de braços abertos o que os portugueses abominam!

Kátia Aveiro ainda entendo e até comentei tal facto por achar que com várias tentativas ela consegue lá chegar. É certo que só conseguiu dar nas vistas por ser irmã de quem é, no entanto, existe pinta e como até simpatizo com a família Aveiro, aceito o sucesso da mana mais nova do clã e acho-o normal. Agora a Pimenta, a loura que diz que entrar no reality show em que ela participou só devia ser possível para pessoas com talento, não consigo perceber. Primeiro acha que entrou no programa da TVI pelo seu talento e não pelo seu corpo e por ter um romance mais para lá do que para cá, com barracadas à mistura pela noite, agora como em Portugal o seu sucesso como cantora começou a fraquejar por não ter o público desejado do seu lado, Espanha foi a ambição e parece estar a conseguir conquistar o que quer.

Por quanto tempo Daniela andará a dar nas vistas por terras de «nuestros hermanos»? Acredito que se continuar a mostrar o que vale no mundo da música e que dê nas vistas pela imprensa ainda consiga entrar num novo programa da vida real e ganhar uns bons trocos com isso, não pelo seu talento, mas sim porque tem conseguido aparecer por outras situações pela imprensa nacional, conseguindo também se quiser fazer o mesmo pelo país do lado. 

O que os portugueses não aceitem na música os espanhóis veneram. Se nuns casos é compreensível, já noutros... Quem será o próximo a conquistar Espanha? Zé Cabra ao poder! Já!

Faltam poucos dias!

Já faltam poucos dias para entrar de férias e o meu pensamento só me diz que já estou de descanso e que não apetece fazer muito pelo trabalho. Infelizmente tenho que manter o ritmo do costume por existirem coisas para fazer e saber que assim tem de ser, mas mentalmente as ideias andam todas trocadas e com a sensação que as férias já começaram.

Dia 17 entro de férias, isto depois de ter um fim-de-semana prolongado a 12, 13 e 14, tendo que trabalhar depois mais dois dias e ficando logo no descanso na verdadeira ascensão da palavra. Pelos primeiros dias ficarei por aqui, talvez dê um pulinho até à praia com os amigos ou pais, esperando que dia 24 apareça para partir para terras espanholas, onde passarei uma semana a aproveitar para não fazer rigorosamente nada.

Por Torremolinos vou estar simplesmente a desfrutar do hotel, da sua comida, piscina, jacuzzi, sauna, bares, aproveitando também para conhecer a cidade, as suas praias e a noite torremolina. 

Quero mesmo muito entrar de férias porque já me sinto cansado e preciso de me afastar por uns bons dias daqui para conseguir voltar com a energia suficiente para agarrar o trabalho que fica em stand by para Agosto. Dia 17 é mesmo quando?

Férias marcadas

Pelos últimos anos tenho passado as férias de Verão pelo Algarve e costa alentejana, agora será por Espanha que irei desfrutar de alguns dias de pausa, num local onde não terei que fazer nada, só a pensar no descanso e bem estar! Acabei por marcar as férias de Julho através da agência de viagens Besttravel!

Este ano será para Torremolinos, no sul do país vizinho, que irei passar os meus dias de descanso do trabalho. Estadia completa, hotel com serviço de refeições, bar, sauna, jacuzzi e piscina. Vou com o pensamento de que o calor vai ser o companheiro ideal da última semana do próximo mês e que irei desfrutar de uma boa estadia em terras de nossos hermanos.

Férias vão ser estas! Sem ter que cozinhar, ir ao supermercado, pensar no que comprar, sem horários para voltar a casa e ter algo para fazer! Agora sim, vou conseguir estar uns dias a desfrutar sem pensamentos negativos nenhuns!

Quando é que chega o dia 24 de Julho?

Onde ir de férias?

Costumo tirar férias em Junho, este ano, como tenho compromissos importantes - uma despedida de solteiros e um casamento - nas datas em questão, os dias de descanso tiveram que ser adiados para o final de Julho. Agora ando em busca do local e dos preços perfeitos e a coisa não está assim tão fácil!

O que se consegue fazer pelo mês de Junho por um preço, trinta dias depois mais que triplica, isto falando de locais em Portugal ou Espanha com a praia como destino. Os preços sobem em flecha pelos dois meses quentes do ano e não estou habituado a tal inflação! Gosto de ir de férias mas também gosto de desfrutar de um sítio agradável, onde possa estar descansado, divertir-me, apanhar uns bons dias de sol na praia ou na piscina e sem ter de desembolsar muito dinheiro, agora como este ano a escolha recaiu numa altura fora do normal já acho tudo mais caro, isto porque também ainda não pensei que vou para o meio da confusão, o que não costuma acontecer!

Vou apanhar mais pessoas pelas praias, nos supermercados, nas esplanadas, pela noite e os hotéis estão com preços mirabolantes no mau sentido da palavra! As férias de Verão este ano estão a ser marcadas mais em cima do dia da partida do que é normal, o que já é mau por sinal e com o susto que levo de cada vez que tento ver os preços dos hotéis até os quentes arrepios se fazem sentir!

Onde ir de férias para um local agradável, com praia e com bons preços? Preciso de ajuda!

O Rei de Espanha abdicou

Juan Carlos percebeu que estava na altura de deixar o trono pela idade e pelos escândalos que têm sido tornados públicos nos últimos tempos à sua volta. Para muitos o rei abdicar do seu cargo não é aceitável, para mim, defensor de que nada é eterno, Juan fez o que tinha a fazer ao longo dos seus anos de reinado e está na altura certa para a nova geração assumir de vez as funções que lhe estão destinadas.

Tendo sido o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, a anunciar publicamente tal decisão do ainda Rei, Juan Carlos está «convencido de que este é o melhor momento para produzir esta mudança», cedendo assim a coroa a Felipe de Borbón, que reinará como Felipe VI assim que a transição for aceite pelo parlamento do país.

Com o pretexto de poder «abrir caminho à nova geração», Juan Carlos, figura histórica, torna-se assim o primeiro Rei espanhol a abdicar do seu cargo em democracia por perceber que além de já não estar nas suas plenas condições para continuar o projeto a que sempre se dedicou, também já não tem o apoio como antes da sociedade que o tem relegado para segundo plano, a favor do futuro. 

Concordo com estas saídas dos cargos por vontade própria quando as pessoas percebem que já não conseguem fazer mais e que tudo deram à sua função, deixando o lugar vago para quem o consegue assumir. Concordei com a renúncia do Papa Bento XVI do seu lugar na igreja católica e aplaudo agora a decisão do monarca espanhol por seguir o mesmo caminho a bem do seu país.

Felipe VI ia ser Rei, mais cedo ou mais tarde, e será com o seu pai ainda vivo, com uma saúde a cambalear e com uma situação política e social controversa. Se vai assumir o lugar numa boa altura? Não, mas também ninguém garante que mais tarde, em situações normais, as coisas pudessem acontecer com uma perfeita sintonia da sociedade para com a passagem de testemunho normal e por morte do Rei.

Juan Carlos sai e Felipe entra! O que vai mudar? Não acredito que alterações de grande envergadura possam acontecer, pelo menos nestes primeiros anos de reinado! Hoje a história de qualquer país onde a monarquia é rainha não consegue ser feita como antes e estar Juan ou Felipe é uma questão social e não tão política. Sim, é verdade que as decisões do país dependem também do seu orientador, no entanto nada depende em exclusivo do Rei que dá a cara por uma casa real, por um país e que é considerado cada vez mais uma figura especial no país, deixando a barreira da monarquia para fazer uma vida cada vez mais normal como os governantes de qualquer país virado para a república.

Felipe tem destaques pela imprensa da atualidade mas é também pela área cor-de-rosa que tem conquistado muitos apoiantes dentro e fora de terras espanholas. Eu, português, aceito esta mudança talvez pensando na forma como a casa real do país vizinho é caracterizada pela nossa imprensa, não estando virado para a questão política como a maioria, onde se inserem os opositores a esta transição.

O Rei de Espanha está cansado e abdicou, agora vai chegar a era do Felipe e pronto! Todos terão que aceitar porque a decisão foi deles e se respeitam a família real como tanto apregoam não existe volta a dar!

Mais sobre mim

foto do autor

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários recentes

  • Juca

    Nada disso...

  • O Informador

    Dentro do estilo e da Editorial Presença tenho em ...

  • P.P.

    Eu estou a acabar Aqueles que Merecem Morrer .Ador...

  • O Informador

    Para os fiéis as coisas boas surgem de Deus e as m...

  • Juca

    Sim... sempre fui educada na fé da religião católi...

Posts mais comentados

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________