Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

06
Mai17

Festa do Cinema com bilhetes a 2,5 euros


O Informador

festa do cinema.png

A Festa do Cinema está de regresso a Portugal pelo terceiro ano consecutivo e com o evento surge a boa notícia dos preços reduzidos de bilhetes de cinema pelos dias 22, 23 e 24 de Maio.

Em todo o país e em qualquer sala de cinema, cinemateca ou auditório os bilhetes vão estar a 2,50€. No total serão mais de dez mil lugares a metade do preço habitual numa clara tentativa de convidar as pessoas a regressarem às salas de cinema. Nas duas edições anteriores, de sucesso, por sinal, foram mais de quatrocentos mil espetadores a aproveitarem o bónus dos dias da Festa do Cinema. 

Lembro ainda que a 15 de Maio acontecerão dois eventos de promoção desta celebração. O debate Como criar mais hábito de consumo na Sétima Arte, no Cineteatro Capitólio, no Parque Mayer, em Lisboa e a apresentação do filme Perdidos, no Cinema São Jorge, do realizador Sérgio Graciano e que conta com os atores Afonso Pimentel, Diogo Amaral, Dalila Carmo, Dânia Neto, Lourenço Ortigão e Catarina Gouveia no elenco. 

04
Set16

A estreia de A Impostora


O Informador

aimpostora (1).jpg

A TVI estreou nova novela, A Impostora, e se no início do primeiro episódio as coisas poderiam parecer paradas e com uma história onde o arranque estava demorado, ao longo de quase duas horas tudo se adensou e esta nova produção da autoria de António Barreira acabou por ter uma das melhores estreias de sempre de uma novela do canal.

Um texto exemplar, imagem a um nível sem igual até ao momento numa novela portuguesa, interpretações de aplaudir de pé com um elenco de grandes estrelas onde se tem de destacar, sem dúvida alguma, Dalila Carmo que com duas personagens gémeas conseguiu diferenciar tão bem Verónica de Vitória, as duas guerreiras do início desta trama com tanto passado para ser contado e desfiado ao longo dos trezentos episódios já totalmente gravados. 

Uma novela que parte de Portugal para Santiago do Chile, Moçambique e Maputo, numa produção do Mundo e com uma história que tem muito para contar e onde nem foi preciso uma grande movimentação de personagens logo na estreia para que a trama conseguisse cativar!

29
Jul16

Aurea em português para A Impostora


O Informador

Aurea canta em português o genérico da novela que a TVI prepara-se para estrear no início de Setembro, A Impostora!

Com Dalila Carmo, Fernanda Serrano e Diogo Infante nos papéis principais, a jovem cantora algarvia dará voz pela primeira vez a um genérico de novela e logo em português!

11
Ago14

A novela da Alice


O Informador

O Beijo do Escorpião é a novela de sucesso da TVI, o enredo que conseguiu dar nas vistas após alguns meses a perder espetadores no horário. Agora, pelos cafés, no talho, supermercado e até no trabalho, consegue-se ouvir falar da «novela da Alice»!

Ah pois é, todos têm andado a comentar a novela que o canal de Queluz transmite logo após o noticiário da noite! Ora porque as suas protagonistas, irmãs na ficção, tiveram nova discussão... Ora porque alguma personagem é alvejada... Ora porque existiu nova cena de sexo... Ora porque se quebram preconceitos... O que é certo é que de um momento para o outro, talvez em pouco mais de dois meses, a trama assinada por António Barreira e João Matos entrou na moda e é mais que motivo de conversa por todo o lado!

Quem não quer ver o episódio do dia, sabendo que tudo pode mudar de um momento para o outro? A novela começou com uma boa história, mas tornou-se meses depois num fenómeno com acontecimentos bomba a acontecerem diariamente e a conseguirem prender os espetadores que têm feito com que a história seja agora a preferida do público noveleiro. 

O que acontecerá hoje na «novela da Alice»? Aposto que muitos estão a comentar neste momento as promoções que estão a passar pelos intervalos e que já aguardam pelas novidades que surgirão no próximo capítulo!

22
Jul14

Moniz chegou, viu e venceu


O Informador

Há poucos meses atrás tornou-se notícia de que José Eduardo Moniz estava de volta à TVI como consultor para a ficção nacional, na altura revelei que este regresso do capitão ao barco que levou a bom porto ia dar os seus frutos. Agora, poucas semanas depois de as novelas em que já colocou as mãos terem sido modificadas com as suas ideias, a direcção do canal só pode estar a bajular o marido de Manuela Moura Guedes.

Tirando o facto de que Belmonte tinha tudo o que podia ser bem feito consigo, estando só entalada entre dois produtos mais fracos, não conseguindo assim dar nas vistas sozinha, esta novela escapou às ideias de Moniz e não teve qualquer alteração na sua história, correndo tal e qual como estava planeada até ao final das gravações e fazendo o seu bom percurso, agora com duas ajudas consistentes do seu lado.

Agora o que se destaca mesmo é o bom trabalho que o ex-diretor geral da estação de Queluz tem feito com a novela O Beijo do Escorpião. Quando a trama protagonizada por Dalila Carmo e Sara Matos arrancou com as suas gravações foi apresentada como a novela que iria mexer com a ficção nacional, tendo tal ficado pela ideia. Não é que não tenha tido uma boa história inicial, no entanto faltou sempre algo na novela que puxasse pelo público, isto até chegar José Eduardo e reunir várias vezes com os seus autores, atores e equipas de produção. Em pouco mais de dois meses depois desde que começou a trabalhar com a equipa da primeira novela da noite da TVI Moniz conseguiu fazer com que a mesma chegasse alguns dias à liderança sobre a novela da SIC, Sol de Inverno, sendo que agora a liderança anda mais pelos lados da trama de Queluz, deixando a novela de Carnaxide, o que há meses não acontecia, para trás. O Beijo do Escorpião precisava de mudanças e de ter assuntos que fizessem com que o público falasse e comentasse entre si os acontecimentos do último episódio e isso tem acontecido, estando agora a novela a liderar a maioria dos dias fase à sua concorrente direta. O que dizer sobre este facto? Moniz chegou, viu e venceu!

Além de Belmonte e O Beijo do Escorpião existe ainda o facto da novela da meia-noite, Mulheres, ter tido desde o início da sua escrita a visualização de Moniz. A novela foge da típica história novelesca, sendo um produto completamente diferente do que se tem feito em Portugal, estando talvez mais ao nível das séries internacionais viradas para o público feminino, onde os dramas das protagonistas persistem e fazem com que a história se aproxime do seu público alvo. Nota-se em Mulheres que existe a mão do consultor de ficção do canal, percebendo-se que o trabalho tem sido bem feito, sendo que a novela tem levantado os valores de um horário que estava a ser perdido desde o final do último reality show. Mais uma vez Moniz percebeu o que era necessário para aquele horário e fez a aposta certa, escolheu o seu elenco perfeito e tem feito sucesso.

Com pouco tempo a colaborar com o canal que relançou e que levou até à liderança há mais de cem meses atrás, José Eduardo Moniz percebe de ficção como ninguém no país e consegue analisar o que é pedido do outro lado do ecrã. O resultado, esse está à vista de todos e a liderança no horário nobre já pertence de novo ao canal que perdeu tal estatuto há uns meses atrás quando se deixou encostar à sombra da bananeira. A TVI nunca perdeu a liderança no total do dia desde que começou a liderar, no entanto ao serão deixou escapar os seus bons trunfos que aos poucos estão a regressar ao canal.

O futuro pertencerá à continuação da novela Jardins Proibidos, que está a ser preparada com todos os cuidados e detalhes para atingir um sucesso que há muito não acontece pelo nosso país, existindo uma outra novela já a ser preparada para fazer brilhar várias estrelas do canal e levar o público a continuar a reapaixonar-se pelas tramas que tão bem são escolhidas pelo homem que sabe fazer televisão em Portugal.

José Eduardo Moniz chegou, viu e venceu! O que pedir agora? Que continue o seu bom trabalho a bem dos bons produtos de ficção nacional!

03
Fev14

O Beijo do Escorpião - Estreia TVI


O Informador

A TVI estreou ontem a sua nova novela da noite, O Beijo do Escorpião, e depois de Belmonte ter chegado há uns meses com uma grande garra logo no primeiro episódio, desta vez a aposta foi feita com calma, estando somente o final do capítulo cheio de cenas que deixaram muita curiosidade para o que poderá acontecer pelos próximos dias.

Da autoria de António Barreira e João Matos e com Dalila Carmo, Margarida Marinho e Sara Matos nos principais papéis, esta nova aposta na ficção da estação de Queluz tem temas polémicas na sua história e poderá conquistar os espetadores a médio prazo. No entanto, o primeiro impacto que teve junto do público deixou algo a desejar no que toca à demonstração do potencial que a trama poderá ter, já que as apresentações das personagens e cenários foi bem feita, a produção está a um bom nível, banda sonora e atores ímpares, só que o desenrolar narrativo pareceu-me demorado e sem grandes cenas carregadas de momentos fortes ao longo de grande parte do episódio.

Nos momentos finais, aí sim, O Beijo do Escorpião espevitou e conseguiu fazer com que quem viu volte a querer saber o que irá acontecer aos ricos casais cheios de artimanhas para atingirem os seus fins, à irmã pobre que descobriu, assim de um momento para o outro, que é herdeira de uma grande fortuna, vinda da sua mãe que morreu por um acidente provocado pela própria filha, querendo-se saber também quem vai andar com quem e os que conseguirão enganar o próximo à custa de tudo, dos sonhos e da glória, de um beijo de amor ou amargo.

Esta produção trata de temas polémicos como a emigração, a homossexualidade, o alcoolismo, o adultério, mas acima de tudo tem um beijo bem provocante e que pode fazer estragos, o do escorpião, que tem mostrado ao longo dos séculos ser um animal bem ruim.

Uma novela que vou ver pelos próximos dias para depois tentar perceber se será mesmo para seguir até ao final ou se ficará pelo caminho no meu amor pelo mundo televisivo! Os primeiros momentos conquistaram, mas poderiam ter sido melhores!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador

Mensagens

Comentários Recentes

Atual Leitura

_________________________________________________________

Parceiros Literários

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Espaço Cultural

_______________________________________________