Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25
Out17

Dobradiça a menos


O Informador

IMG_2419.JPG

Uns dias de pequeno ruído ao abrir e fechar o portátil e sem averiguar de onde tal som surgia e eis que nem após uma semana do início, uma das dobradiças que prendem o ecrã ao restante aparelho se partiu!

Pois, lá se foi o ferro e fiquei com o ecrã pendurado de um dos lados. Por acaso não pensei que este percalço não tivesse solução nem que teria de comprar em breve um novo computador. A primeira ideia foi ver o que se tinha passado realmente e o que poderia ser feito, tendo tentando remediar e ver se encaixando tudo voltava ao normal, mas é claro que não, uma vez que a peça ficou gasta e partiu mesmo. 

Hoje acabei por passar numa loja de arranjos aqui da vila e o rapaz procurou nos seus dois principais fornecedores e disse-me que a peça se encontra esgotada mas que irá procurar e dirá alguma coisa ao longo da semana. Espero que consiga arranjar a dobradiça, ou melhor, o par de dobradiças porque acho que estas coisas também se vendem aos pares. Caso não consiga desenrascar-me naquela loja de reparos terei de recorrer a outra, mas pelo que me explicou a solução é fácil, desde que as peças estejam disponíveis, já que em pouco tempo tudo é substituído.

Confesso que respirei um pouco de alívio, e embora não tenha tido pensamentos negativos sobre a futura substituição do portátil, obter uma resposta positiva ou que dá indicações que a solução existe é sempre bom.

15
Out15

Vazio no tempo


O Informador

Chego a casa sem paciência! Tomo banho, percorro a internet e entretanto são horas de jantar! Com o estômago cheio volto ao quarto, fico por aqui a olhar para o ecrã do computador com a televisão ligada e a pensar que deveria estar a ler mais um pouco de O Pintassilgo, o grande livro que parece não ter fim! Já passei a metade da obra de Donna Tartt, no entanto em período laboral custa muito mais conseguir adiantar cem páginas por dia do livro como tanto gostava! Ao mesmo tempo que penso que deveria ler um pouco, penso também que tenho episódios e mais episódios de séries em atraso, gravados pela box e que bem poderia dedicar-me a ver um ou outro, já que as escolhas são várias neste momento! 

O tempo é mal gasto? Claro que é, para mais quando percebo que estou para aqui a olhar para um ecrã, com páginas em aberto que já vi e revi várias vezes pelos últimos minutos, para não dizer mesmo horas!

21
Dez14

Mais MEO


O Informador

Router Huawei E5372Até aqui tenho mantido internet móvel no telemóvel, pagando €9,99 por 1Gb mensal, usufruindo de um serviço Vodafone que sempre foi útil mas que não estava disponível para quando vou, por exemplo, de férias ou passar uns dias fora e não existe sistema wifi por perto para usar em outras plataformas. Agora e pelo mesmo preço mensal, o meu pacote Meo foi alargado e passo a ter 2Gb à disposição para telemóveis, computadores e tablets estarem ligados em simultâneo ao mesmo router quando não estou por casa.

Pago o mesmo, tenho um maior nível de velocidade e mesmo que passe os Gb disponíveis, não fico sem internet nem terei que pagar mais por isso, ficando com uma velocidade mais reduzida, mas conseguindo fazer as coisas na mesma.

Pelo mesmo preço aumentei a qualidade do serviço, não me preocupo mais com os pagamentos e renovações de pacotes, uma vez que tudo está incluído na fatura mensal e assim posso ter sempre a internet do telemóvel ligada, onde quer que esteja, sem correr o risco de gastar todo o aditivo e ter que adquirir um outro antes do tempo previsto.

Este router Huawei está agora à disposição para onde quer que vá, podendo ser usado em casa, na rua e onde quiser, no telemóvel, computador ou tablet, tudo ao mesmo tempo e sem qualquer guerra.

20
Ago14

Ficar por casa


O Informador

Sinto-me diferente e ao mesmo tempo mais caseiro! Antes andava bem era pela rua e em todos os momentos que tinha livres nos dias ou horas de descanso o pensamento partia logo para o que poderia ir fazer para a rua! Agora é diferente, fico mais por casa, com o computador pela frente e a televisão sempre ligada como antes. A mudança aconteceu, mais ou menos, a partir do momento em que aderi ao plano Meo e coloquei televisão por cabo aqui por casa. A paixão pelo pequeno ecrã é algo antigo e agora que consigo ter um maior leque de escolhas sobre o que quero ver e às horas em que estou disponível, liberto-me dos pensamentos de ter que andar por fora, a passear, no café, biblioteca, sempre a inventar o que fazer fora das paredes onde vivo.

Ficar por casa antes representava momentos de stress por ter de inventar o que fazer e não conseguir controlar os pensamentos sobre o que estaria a elaborar se andasse por outros locais ou sobre o que os outros andavam a fazer. Agora poder desfrutar do que quero e sem ter de sair das quatro paredes onde me sinto bem dá-me uma maior tranquilidade como se pudesse ficar dias e dias fechado sem ter de ouvir e ver ninguém.

Atualmente ficar por casa simboliza que estou calmo e sereno e onde só me apetece descansar e desfrutar dos momentos que gosto de viver sozinho. No meu canto, com o computador, a televisão, a rádio, os livros e comida por perto, estar por casa já consegue significar bons momentos na minha vida.

22
Jun14

«Considere substituir a bateria»


O Informador

Chegou a hora de mudar a bateria do meu portátil. Já ando com este computador há quatro ou cinco anos e depois de há algumas semanas ter aparecido por uns minutos a mensagem «Considere substituir a bateria», agora parece que a mesma veio para ficar!

O computador agora está sempre com o carregador ligado porque se assim não for, os minutos de duração são poucos, tendo que pensar em renovar a bateria, já que uma outra mensagem aparece na área do estado da energia, «A bateria tem um problema, pelo que o computador poderá ser encerrado subitamente», acreditando eu que isso só acontecerá se a luz faltar ou algo do género, já que tenho o portátil sempre ligado à corrente.

Uma despesa extra e o momento de alterar o coração do meu amigo tecnológico estão a chegar! Oh!

Mais sobre mim

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários Recentes

  • Phocaontas

    Olaaa por acaso gosto mesmo muito de ler.. E amo r...

  • PP

    Que assim seja!

  • PP

    O meu também é assim

  • PP

    Magnífica iniciativa.

  • Flávia Hidalgo

    Tenho interesse imenso em comprar. Mas não encontr...

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me...

Facebook ___________________________________________________________ Instagram ___________________________________________________________ Twitter ___________________________________________________________ Pinterest Visita o perfil de O Informador no Pinterest. ___________________________________________________________ Goodreads
Envelhenescer
Três Homens Num Barco
Confissões de Inverno
O Templário Negro
Larga quem não te agarra
As Desaparecidas
Sentir
A Livraria
A Magia do Acaso
Hotel Vendôme
A Química
Não Gosto de Segundas Feiras
___________________________________________________________ BlogsPortugal
___________________________________________________________ Bloglovin Follow _____________________________________________________

 Subscreve O Informador